23/06/2019

Resenha: Baía dos Suspiros - Nora Roberts

Título original: Bay of sighs
Gênero: Romance
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Classificação: 4/5
Comprar: Saraiva
Em Baía dos Suspiros, segundo volume da trilogia Os Guardiões, de Nora Roberts - autora com mais de 500 milhões de livros vendidos - conhecemos a história de amor de Sawyer e Annika. Tal como no livro anterior, a parte sobrenatural acabou tirando o brilho do romance da trama e os personagens não foram tão bem desenvolvidos quanto eu gostaria.

Para celebrar o trono de sua nova rainha, as deusas da lua criaram as estrelas de fogo, água e gelo. Mas Nerezza, a deusa da escuridão, enciumada e possessa de inveja, as fez cair do céu, o que põe em risco o destino de todos os mundos. Os seis guardiões, formados respectivamente por três homens e três mulheres, seguem unidos com o propósito de encontrar estas estrelas.

15/06/2019

Resenha: Canção de Ninar - Leïla Slimani

Título original: Chanson douce
Gênero: Thriller/Suspense
Páginas: 192
Editora: Tusquets Editores
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro Canção de Ninar, - best-seller internacional e vencedor do Prêmio Goncourt -  de autoria da franco-marroquina Leïla Slimani, nos traz um suspense interessante, que vai se descortinando num ritmo crescente e se pauta, sobretudo, nos relacionamentos interpessoais. Abordando questões como maternidade, vida profissional e confiança no outro e também em si mesmo, a autora foi muito feliz em construir sua trama, que tem um clima de mistério inebriante, obscuro e com personagens intrinsecamente intrigantes.

Mesmo com a forte oposição do marido, Myriam, mãe de duas crianças pequenas, decide voltar ao mercado de trabalho em um escritório de advocacia. Para tanto, o casal inicia uma rigorosa seleção em busca da babá perfeita e se encanta com Louise, uma mulher discreta, amorosa e educada, longe de qualquer suspeita. Quase que de imediato, ela se dá bem com as crianças, além de manter a casa sempre limpa e ficar até mais tarde no serviço. Entretanto, a relação que parece ser de mútua dependência entre a babá e seus patrões acaba se deteriorando e dando início a pequenas frustrações, que acabam culminando em uma terrível tragédia...

08/06/2019

Resenha: Uma Noiva para Winterborne - Lisa Kleypas

Título original: Marrying Winterborne
Gênero: Romance de Época
Páginas: 336
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
Em Uma Noiva para Winterborne, segundo volume da série Os Ravenels, de Lisa Kleypas, acompanhamos a história de amor de Rhys Winterborne e Helen Ravenel, que se descortinou de uma forma bem exótica no volume anterior da saga, Um Sedutor sem Coração.  Enquanto lady Helen é toda delicada e romântica, Rhys é um homem prático e um tanto agressivo quando precisa lutar pelo que quer e, mesmo sendo opostos de uma mesma moeda, os dois acabam sendo atraídos pela personalidade um do outro e vivendo uma paixão desmedida e intensa.

Graças a sua ambição e determinação, Rhys Winterborne conseguiu uma fortuna pomposa e de grandes proporções. Filho de um comerciante, ele se acostumou desde cedo a conseguir o que sempre almejou - não só nos negócios, mas em todos os campos de sua vida. Quando ele conhece a elegante e sensível aristocrata lady Helen Ravenel, logo se encanta com sua beleza etérea e decide que ela será sua, custe o que custar. Para isso, ele é capaz de até mesmo macular a honra da jovem somente para que ela se torne sua esposa. Apesar de toda a inocência e pureza de Helen, as investidas sedutoras e nada ortodoxas de Rhys acabam lhe atraindo mais do que ela esperava, fazendo com que uma forte e recíproca paixão brote entre eles.

01/06/2019

Resenha: O Jardim das Borboletas - Dot Hutchison

Título original: The butterfly garden
Gênero: Thriller policial
Páginas: 306
Editora: Planeta
Classificação: 5/5
Comprar:
Saraiva
O livro O Jardim das Borboletas, da americana Dot Hutchison, nos traz um suspense policial de primeira linha, repleto de mistério, terror e onde nada é o que realmente parece ser. Dividido entre passado e presente e com uma protagonista que segue uma linha de raciocínio nada confiável, a trama gira em torno de um serial killer obcecado por capturar a beleza de suas vítimas e que vai aos extremos da crueldade e da insanidade humana para isso. Com personagens fortes, intrigantes e repletos de facetas e um enredo ricamente elaborado, o livro se sagrou como um dos melhores thrillers policiais que eu li neste ano de 2019.

Em uma mansão isolada e quieta, circundada por um maravilhoso jardim, repleto de lindas flores e árvores frondosas, se esconde uma coleção de raras borboletas. Essas borboletas nada mais são que belas jovens, sequestradas e mantidas em cárcere privado por um homem brutal e obsessivo, que se autointitula como Jardineiro. Cada uma das moças é codificada por um nome de borboleta e, então, são tatuadas com o seu exótico desenho correspondente.

25/05/2019

Resenha: Dezesseis Luas - Kami Garcia e Margaret Stohl

Título original: Beautiful Creatures
Gênero: Romance/Young Adult
Páginas: 490
Editora: Galera Record
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro Dezesseis Luas, primeiro volume da série Beautiful Creatures, das americanas Kami Garcia e Margaret Stohl, nos traz uma história levemente assustadora, repleta de maldições, feitiços, reencarnação e bruxaria. Com personagens bem arquitetados e desenvolvidos e um pano de fundo incrivelmente gótico, a trama conseguiu me conquistar desde as suas primeiras páginas e se mostrou uma leitura envolvente, interessante e que, mesmo se tratando de um young adult, foge bastante dos estigmas do gênero.

A história se passa em Gatlin, uma cidade puritana, preconceituosa e sem grandes atrativos, além das encenações feitas periodicamente pelos seus moradores sobre a Guerra Civil. O adolescente Ethan Wate acalenta o sonho de deixar a cidade, que julga sem graça e pacata demais, mas se sente preso a ela por causa dos cuidados com o pai, um homem que se tornou totalmente recluso após o falecimento da esposa. Após ser atormentado por sonhos estranhos durante meses com uma certa garota, qual não é a surpresa de Ethan quando ela se materializa em sua sala de aula como a nova aluna do colégio, além de ser a sobrinha de Macon Ravenwood, um homem soturno e antissocial, acusado pelos vizinhos de morar em uma casa mal-assombrada.

19/05/2019

Resenha: Drácula - Bram Stoker

Título original: Dracula
Gênero: Terror
Páginas: 434
Editora: Landmark
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
Escrito em 1897, Drácula, obra-prima do inglês Bram Stoker, é considerado um dos melhores romances de terror de todos os tempos. Permeado por uma atmosfera incrivelmente gótica e narrado de forma epistolar, as confissões e, por conseguinte, os desesperos de seu núcleo de personagens vão dando forma ao perigo, que se inicia na Transilvânia e percorre a Inglaterra - terra esta onde a temida figura do Drácula se dirige com o intuito de conquistar o mundo.

Fazendo alusão ao mundo científico, sobretudo a psicanálise, que é brilhantemente retratada na inteligência e sagacidade do Dr. Van Helsing, a história é recheada de desdobramentos, perigos e conta com personagens fortes e intrinsecamente corajosos, especialmente no que se refere a Mina Harker, uma mulher à frente de seu tempo e que encanta pela sua astúcia e desenvoltura. Uma verdadeira trupe se forma para combater o mal sintetizado na figura do Drácula, onde cada um dos membros dispõe de seus talentos e artimanhas para deter o príncipe das trevas, indo até o limite de suas forças para isso.

12/05/2019

Resenha: Nossa Música - Dani Atkins

Título original: Our song
Gênero: Romance
Páginas: 368
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro Nossa Música, da inglesa Dani Atkins, nos traz um romance comovente, impactante e repleto de dramas familiares. Confesso que esta é a terceira obra que leio da autora e até o momento, este foi o livro que mais conseguiu tocar o meu coração e mexer com as minhas emoções. Com personagens verossímeis, repletos de falhas e acertos e em busca da tão almejada felicidade, acompanhamos uma verdadeira colcha de retalhos formada pelo presente e pelo passado e com um desfecho simplesmente arrebatador e emocionante.

Se David não tivesse entrado em suas vidas, Ally e Charlotte tinham tudo para serem melhores amigas. Depois de ser o primeiro amor da vida de Ally (e também uma de suas maiores desilusões), ele se casou com Charlotte.

05/05/2019

Resenha: A Hora do Lobisomem - Stephen King

Título original: The Cycle of the Werewolf
Gênero: Terror
Páginas: 154
Editora: Suma de Letras
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro A Hora do Lobisomem, do autor Stephen King, nos traz uma história sanguinolenta sobre um ser lupino que aterroriza a pacata cidade de Tarker's Mill. Com um enredo que retrata uma verdadeira carnificina e heróis pouco improváveis, a trama de King é recheada de sarcasmo e ironia e, mais uma vez, impressiona pela criatividade e destreza do autor.

Tarker's Mill é uma cidadela tranquila e de poucos habitantes, onde todo mundo conhece todo mundo. Entretanto, gritos vorazes pela madrugada acabam por dissolver toda a sensação de paz e calmaria do vilarejo. O primeiro grito veio de um trabalhador ferroviário, que teve a garganta dilacerada por um monstro... O segundo partiu de uma mulher, que foi violentamente atacada dentro de seu próprio quarto. Misteriosamente, toda noite de lua cheia, um crime aterrorizante paira pelo local e todos se perguntam quem será a próxima vítima...