25/06/2017

Resenha: Os Tambores do Outono Parte 2 - Diana Gabaldon

Título original: Drums of autumn
Gênero: Romance histórico
Páginas: 496
Editora: Arqueiro
Classificação: 4/5
Comprar: Submarino
Em Os Tambores do Outono Parte 2, segunda parte do quarto volume da série Outlander, de Diana Gabaldon, vislumbramos ainda mais o romance entre Claire e Jamie e conhecemos com riqueza de detalhes os personagens Brianna e Roger. O volume anterior serviu para introduzir Brianna e Roger na história e neste volume os dois personagens têm a sua importância ressaltada dentro da trama de Gabaldon. Como já era de se esperar, o casal jovem não possui o mesmo brilho e encanto de Claire e Jamie, apesar de sua participação ativa no enredo. Alguns detalhes da história infelizmente não me agradaram, porém estou ansiosa para descobrir como a autora irá fechar este ciclo.

Depois de retornar para a Escócia do século XVIII e reencontrar seu grande amor, Jamie Fraser, Claire seguiu com ele rumo ao Novo Mundo. Morando agora na Carolina do Norte, nos Estados Unidos e contando com o apoio da autoritária e misteriosa Jocasta Cameron, tia de Jamie, o highlander escocês aos poucos está se tornando uma pessoa influente. Finalmente, as coisas parecem estar entrando nos eixos para o casal.

21/06/2017

Lançamentos de junho - Editora Planeta

Boa noite pessoal! Confiram os lançamentos de junho da Editora Planeta:

CRASH - NICOLE WILLIAMS
Para a adolescente Lucy, nada é mais importante do que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela.
Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma touca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus...se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados.
Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.

19/06/2017

Resenha: Desejo Concedido - Megan Maxwell

Título original: Deseo concedido
Gênero: Romance de época escocês
Páginas: 464
Editora: Essência
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Desejo Concedido, primeiro volume da trilogia Guerreiras, da espanhola Megan Maxwell, nos traz um romance de época estupendo, tendo como pano de fundo a Escócia. Com personagens bem delineados e apaixonantes e um enredo repleto de ação, romance e sedução e permeado pelas típicas tradições escocesas, a obra de Maxwell conseguiu me conquistar do início ao fim e permitiu que eu fizesse as pazes com a autora, depois de ter me frustrado completamente com sua escrita durante a leitura da trilogia Peça-me O Que Quiser.

Na Inglaterra do século XIV, após a morte dos pais, lady Megan Philiphs,  uma jovem de 20 anos, deseja uma vida tranquila enquanto foca na criação e educação de seus irmãos mais novos, Shelma e Zac. Porém, seus tios obrigam que ela e a irmã se casem em cerimônias arranjadas e para fugirem de tais enlaces, elas decidem se refugiar no castelo de Dunstaffnage, na Escócia, que pertence ao avó materno delas, Angus de Atholl, líder do clã McDougall.

17/06/2017

Resenha: Razão e Sensibilidade - Jane Austen

Título original: Sense and Sensibility
Gênero: Romance
Páginas: 456
Editora: Martin Claret
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Razão e Sensibilidade, da escritora inglesa Jane Austen, foi publicado em 1811 e foi o primeiro romance da autora. Conhecemos a história de Elinor e Marianne Dashwood, duas irmãs que representam uma complexa dualidade entre si. Enquanto Elinor é realista, coerente e aparentemente inabalável, Marianne é extremamente sentimental, romântica e sonhadora. As expectativas vividas pelas duas irmãs ao longo do enredo no que se refere a perda, amor e esperança refletem perfeitamente o panorama das mulheres desta época em meio a uma sociedade rígida, onde tentavam se sobressair em meio a tantas injustiças e regras. Mesmo com temperamentos diferentes, tanto Elinor quanto Marianne acabam traçando um destino infeliz por não possuírem influências e fortuna e são obrigadas a transitarem por um mundo dominado por dinheiro e interesses. Porém, são justamente essas dificuldades que acabam amadurecendo as irmãs e as conduzindo por um processo interno de aprendizagem, mostrando que na busca da felicidade é essencial ter tanto razão quanto sensibilidade.

É visível que por meio das personalidades de Elinor e Marianne, Jane Austen quis traçar um ponto de equilíbrio em sua história e para isso enalteceu de forma ímpar as qualidades e defeitos das duas personagens e os contrastes entre elas foram trabalhados durante toda a elaboração da obra. Os personagens que povoam a trama contribuem e muito para a evolução das irmãs, especialmente Coronel Brandon e todo o seu modo cavalheiresco e comedido.

15/06/2017

Resenha: A Espiã - Paulo Coelho

Edição: 1
Ano: 2016
Gênero: Romance histórico
Páginas: 184
Editora: Paralela
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro A Espiã, do carioca Paulo Coelho, nos conta a história da dançarina exótica Mata Hari, uma figura emblemática e icônica que marcou toda uma época e teve um final extremamente triste. Baseando-se em cartas da própria Mata Hari, Paulo Coelho nos narra sua trajetória da adolescência até os últimos dias, de forma bastante contundente e levemente romântica, retratando com afinco sua personalidade e espírito livre.

Margaretha Zelle, conhecida popularmente pelo vulgo de Mata Hari, foi uma das mulheres mais desejadas na fervilhante Paris da Belle Époque. A bailarina exótica que encantava e chocava as plateias ao se desnudar nos palcos parisienses e que se tornou amante e confidente de homens ricos e extremamente poderosos, despertava o ciúme e a inveja das damas da aristocracia. Mata Hari sempre lutou por sua própria identidade e por uma vida livre dos limites convencionais regidos pela sociedade moralista. Seu desejo de liberdade e de autodomínio próprio nas primeiras décadas do século XX lhe custou muito caro, mas eternizou o seu nome na história, consagrando-a como um símbolo de força e audácia feminina, mesmo após cem anos de sua morte.

11/06/2017

Resenha: O Despertar do Príncipe - Colleen Houck

Título original: Reawakened
Gênero: Young Adult
Páginas: 384
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro O Despertar do Príncipe, primeiro volume da série Deuses do Egito, da americana Colleen Houck, nos traz uma fantasia magistral, repleta de aventura, perigos e muita mitologia egípcia. Sim, é possível notar muitos traços da aclamada série A Maldição do Tigre neste livro, mas isso não tira o brilho da história, sem contar que os personagens foram bem delineados na trama, mesmo com uma pequena semelhança com os protagonistas do enredo indiano.

A jovem Liliana Young, de 17 anos, tem uma vida consideravelmente invejável. Ela mora com os pais em um luxuoso hotel de Nova York, só veste roupas de grife, tem uma mesada pomposa e liberdade total para explorar a cidade. Porém, tem algumas regras que a garota deve seguir: tirar notas altas no colégio, ser bem apresentável nas festas de seus pais e ter amizade apenas com quem eles aprovem.

10/06/2017

Lançamentos de junho - Editora Arqueiro

Boa tarde pessoal! Confiram os lançamentos de junho da Editora Arqueiro. Entre eles, vale destacar Volúpia de Veludo, terceiro volume da série As Modistas, de Loretta Chase.


VOLÚPIA DE VELUDO - LORETTA CHASE
Simon Fairfax, o fatalmente charmoso marquês de Lisburne, acaba de retornar relutantemente a Londres para cumprir uma obrigação familiar.
Ainda assim, ele arranja tempo para seduzir Leonie Noirot, sócia da Maison Noirot. Só que, para a modista, o refinado ateliê vem sempre em primeiro lugar, e ela está mais preocupada com a missão de transformar a deselegante prima do marquês em um lindo cisne do que com assuntos românticos.
Simon, porém, está tão obcecado em conquistá-la que não é capaz de apreciar a inteligência da moça, que tem um talento incrível para inventar curvas - e lucros. Ela resolve então ensinar-lhe uma lição propondo uma aposta que vai mudar a atitude dele de uma vez por todas. Ou será que a maior mudança da temporada acabará acontecendo dentro de Leonie?

07/06/2017

Resenha: Achados & Perdidos - Brooke Davis

Título original: Lost & Found
Gênero: Romance
Páginas: 252
Editora: Record
Classificação: 3/5
Comprar: Saraiva
O livro Achados & Perdidos, da australiana Brooke Davis, nos traz uma história interessante e bem figurativa, que relaciona a infância com a velhice com uma abordagem clara e repleta de elementos. Além de ser o romance de estreia da autora, o livro fez parte de seu doutorado na Curtin University e se tornou um best-seller, com os direitos de publicação vendidos para 26 países. Apesar da forte aclamação pela mídia especializada, infelizmente a história não me envolveu tanto quanto eu gostaria.

Millie Bird é uma garotinha de 7 anos curiosa e muito inteligente. Apesar da pouca idade, ela já tem conhecimento sobre muitas coisas, inclusive sobre a morte, utilizando um caderno intitulado Um Livro das Coisas Mortas onde descreve tudo que já não existe mais, com uma parte em que consta o seu próprio pai. Millie também sabe que as pessoas simplesmente vão embora, tal como sua mãe o fez, ao deixá-la em uma loja de departamentos e prometer voltar...