28/09/2010

DICA DE LIVRO: Sob uma Lua de Sangue - Thiago Fernandes Pereira


Boa noite pessoal! A minha dica de livro de hoje é de Sob Uma Lua de Sangue, do jovem escritor Thiago Fernandes Pereira, que será lançado no primeiro trimestre de 2011.
“John, Klaus e Lyn têm seus destinos traçados quando uma cidade é atingida por uma doença que instiga o ódio nas pessoas, gerando crimes violentos sem razão aparente. Na mesma época, um diretor do Centro de Controle de Doenças é morto e outro está desaparecido. Bioterrorismo? Conspiração? Em quem confiar? Qual a ligação do sobrenatural com isso? Um thriller envolvente, que mistura magia enoquiana, cultos antigos, religião e mitologia, onde caçadores, vampiros, magos e lycans, terão que lutar contra o mesmo mal que assombra a todos: o medo.”

Assim começa a saga ‘Sob uma Lua de Sangue’, que ainda não tem total de livros definidos. A saga completa retrata a história de uma cidade que sofre com a epidemia de um vírus que deixa as pessoas superagressivas, gerando um alto índice de criminalidade. Com o tempo, o clima de paranoia se instaura e a sociedade se divide em dois grupos: os infectados, incapazes de controlar sua raiva, e os não infectados, reclusos e desconfiados de tudo e de todos.



O primeiro livro se chama “A Queda” e mostra os primeiros passos da doença na cidade, além de introduzir os três personagens principais: John, um caçador; Klaus, um vendedor de informações; e Alyne Sullivan, uma cientista do Centro de Controle de Doenças. Nessa primeira parte da história, o livro mostra como a cidade de Hamshire passou de uma vida normal para o caos completo e como seus habitantes reagiram aos primeiros contatos com os infectados, antes de descobrirem a existência do vírus. Em paralelo, o leitor vai conhecer como os acontecimentos na cidade se relacionam com a existência de um culto sobrenatural.


O livro também conta com diversas referências ao ocultismo, mitologia e magia enoquiana. Uma curiosidade sobre o livro é que todos os rituais e magias realizadas são de fatos “reais”, praticados por determinados cultos. As citações em latim e o dialeto enoquiano usado em algumas partes do livro, também são reais.


Para escrever o livro, o autor pesquisou durante um ano sobre rituais, magia e mitologia, além de ter lido trabalhos de traduções de diversos grimórios mágicos do século 12.


A previsão de lançamento é para o primeiro semestre de 2011.




Nenhum comentário:

Postar um comentário