27/05/2011

RESENHA: Apátrida - Ana Paula Bergamasco

O livro Apátrida, de Ana Paula Bergamasco, é um romance focado na Segunda Guerra Mundial, que nos conta a estória da polonesa Irena, antes, durante e após o domínio de Hitler. Irena foi criada em uma família humilde e simples em Lublin junto com os seus sete irmãos. Logo jovem, se apaixonou pelo judeu Jacob, mas devido Irena ser uma católica ortodoxa, ele se casou com uma moça judia, Ewa, e deste momento em diante, começa o martírio de Irena.


Irena, com o passar do tempo e com a ausência de Jacob, se casa com Rurik, muda-se da Polônia e tem um filho, Jan. A sua vida é pacata e tranquila até o instante em que Hitler começa o massacre. Irena presencia dor, tragédia, discriminação, humilhação, raiva e ódio sem limites.


Ela tenta a todo custo sobreviver e ajudar a todos que ama, mas isso se torna impossível. Ela acaba indo parar em um campo de concentração e é lá que os seus sofrimentos aumentam e ela sente na própria pele do que o ser, que se julga humano, é capaz. O livro vai sendo mesclado com o presente e o passado de Irena e a narrativa acontece em primeira pessoa.



O livro de Ana Paula Bergamasco é profundo e nos revela o que sofreram as vítimas do Holocausto. Atos desumanos e cruéis preenchem a trama, nos revelando o que Hitler e os seus comparsas fizeram com seres inocentes, simplesmente por serem judeus, poloneses, homossexuais, ciganos e motivos afins que eles buscavam como justificativa para esses atos. Impossível  não se emocionar com a estória de Irena e não vê-la como uma heróina. Apesar de todo sofrimento e dor a qual foi exposta, Irena permaneceu com um bondoso coração, sendo capaz, até mesmo, de perdoar os seus algozes.


Chorei de soluçar com Apátrida e por saber, que apesar do livro ser uma ficção, muitas pessoas passaram por isso de verdade em meados de 1939 à 1945. Muitas vidas foram ceifadas, torturadas, expostas ao caos profundo, inclusive crianças, que eram mortas por soldados alemães sem dó e piedade. Recomendo o livro, na certeza de que irão gostar e refletir bastante com a estória de Irena.

5 comentários:

  1. adoro suas resenhas :)

    http://aleitoracassia.blogspot.com/

    http://verdorinvisivel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu estou com ele para ler, mas fico com medo de chorar litros...todo mundo elogia o livro, mas choram...
    Ótima resenha!
    Bjos!!!
    Andréia
    Sentimento nos Livros

    ResponderExcluir
  3. O mais legal desses livros que acontecem em época de guerra é que você pode imaginar como era a vida das pessoas e as superações que elas conseguiram

    http://aleitoracassia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. O livro chamou muito a minha atenção.. até me inscrevi em um book tour.. mas acabei desistindo...
    só por sua descrição já sei que eu iria chorar demais... eu me emociono fácil.. e ainda com esses relatos da 2ª guerra q foi algo horrendo.. + o romance.. pronto acabou comigo. rs

    ResponderExcluir
  5. Querida, tudo bem?

    Muito obrigada pelo carinho e por sua resenha!!!!

    Espero que mais pessoas se emocionem com Apátrida!

    Um grande abraço, Ana

    ResponderExcluir