24/09/2011

Resenha: O Mistério do Círculo - Leandro Luzone

O livro O Mistério do Círculo, de Leandro Luzone, já começa com um assassinato cruel, em que a vítima é estripada. A Scotland Yard é chamada para desvendar o caso macabro. Porém, não é só essa morte que eles terão que solucionar: um serial killer intitulado Inquisidor de Londres está matando todas as sacerdotisas de uma antiga ordem celta chamada Círculo, com requintes de crueldade e usando antigos instrumentos da época da Inquisição da Igreja Católica.


No meio de todos esses assassinatos, conhecemos Ayna Fulke, uma médica conceituada do laboratório Life, que atua na pesquisa de células-tronco. Em um determinado dia, Ayna recebe a visita do padre Gianluca Bonera. A principio, ela teme uma represália, já que a Igreja Católica não aprova suas pesquisas, alegando que "criar vidas em laboratório" não seja obra de Deus. Mas ela se surpreende ao perceber que Bonera não tem esse mesmo pensamento pré-concebido e foi até o laboratório para conhecer mais a respeito de seus experimentos e buscar uma cura para a sua mãe que sofre de Mal de Alzheimer.

Ayna e Bonera vão construindo pouco a pouco um forte laço de amizade, e a ligação dos dois se torna mais intensa a medida que os homicídios vão ocorrendo em Londres. A primeira vítima do Inquisidor de Londres, Mary Gorten, era amiga de Ayna e ela fica super abalada ao saber de sua morte. A sua tensão é ainda maior por ela também ser uma sacerdotisa do Círculo e saber que está na mira do serial killer.

Bonera vai se desprendendo pouco a pouco dos dogmas religiosos da Igreja e conhecendo mais a respeito da cultura celta. Ele se encanta com os ensinamentos da Deusa e com a reverência pela natureza, se deixando  levar por essa magia tão sublime e inebriante. Também fica intrigado e se questiona como a Igreja foi capaz de tais atrocidades no passado, torturando e matando pessoas de forma cruel e nefasta sem ao menos conhecerem a sua filosofia de vida. 


A Scotland Yard tenta capturar o assassino, mas se torna uma tarefa árdua e difícil, já que eles não tem pista alguma a não ser os instrumentos da Inquisição que foram utilizados. Muitas mulheres vão sendo assassinadas, e cada vez mais com crueldade e sadismo. Ayna é a próxima vítima e corre grande perigo...


O livro de Leandro Luzone é hiper interessante e rico em história, religião, cultura e ciência. Os fatos são bem  descritos, principalmente sobre a ordem mística celta e a Inquisição da Igreja Católica, ambos norteados com uma ótima e eletrizante ficção. Percebe-se que o autor pesquisou muito sobre o tema e soube traçar com precisão o enredo. Altamente recomendado!


11 comentários:

  1. *-*
    Esse parece um daqueles livro que, por pura necessidade, temos que ler em uma pegada só, estou certa? Fiquei interessada por ele... Será que consigo-o para mim até o final do ano? xD

    Bom fim de semana.
    [;
    vicioempaginas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Legal, parece ser um bom livro ;D

    Bjos;*
    Naty - Just Books !

    ResponderExcluir
  3. Oi Van, parabéns pela resenha! Parece bem interessante o livro!

    ResponderExcluir
  4. oi amiga.
    adorei sua resenha, já tem um tempo que estou de olho nesse livro.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Não gosto muito do gênero e geralmente passo longe de livros assim mas o fato de ter todos elementos históricos me fez ficar em dúvida!

    Aiii e agora???

    ResponderExcluir
  6. Gostei. Esse livro é daqueles que possuem uma história fantástica e que te prende. Quero ler. Sua resenha ficou muito legal!

    ResponderExcluir
  7. Pelo nome, me lembrou Secret Circle, da serie que lançou. Gostei bastante da resenha, ainda mais do gênero!

    xx carol

    ResponderExcluir
  8. Quero ler o mais rapido possivel ele...

    bjos

    Philip Rangel- Entrando Numa Fria

    ResponderExcluir
  9. Amei essa resenha, não conhecia esse livro e estou muito curiosa para ler!!! Muito obrigada pela super dica!!! bjim http://www.camilaprietto.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que capa é esta, linda!!! Belo post...
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir
  11. Gostei do tema do livro, acho que leria...

    teh mais

    ResponderExcluir