27/10/2011

Entrevista: Maurício Gomyde, autor de O Mundo de Vidro

Boa tarde pessoal! O escritor Maurício Gomyde, autor do livro O Mundo de Vidro, concedeu uma entrevista exclusiva para o Nessa News. Confiram!


SOBRE O AUTOR:


Maurício Gomyde nasceu em 1971, em São Paulo. Em 1974 mudou-se para Brasília, onde vive até hoje. Além de escritor, é também músico.


ENTREVISTA:


Como surgiu a ideia de se tornar escritor?Outro dia eu estava pensando sobre isso e não consegui chegar a uma conclusão...rs. Acho que a coisa é sempre meio que "quando você percebe já está escrevendo". Eu acho que qualquer um que escreva alguma coisa já pode ser considerado escritor. Há os que publicam e os que não publicam. Então, eu sou escritor desde pequeno, porque sempre escrevi redações, poemas, pequenas histórias. A ideia de tentar um livro foi meio que pra testar se dava certo. Acho que saiu algo legal. Agora, virou um vício! rs



Qual foi a sua inspiração para escrever O Mundo de Vidro?Eu me inspiro demais nas situações que vivi, nas que meus amigos viveram, nas histórias que me contam. Gosto de falar sobre coisas cotidianas, sobre o ser humano como ele é, com suas angústias, imperfeições, questionamentos. Acho que qualquer situação é passível de entrar num livro. Como O Mundo de Vidro é de premissa simples (homem se apaixona loucamente por mulher), fica mais fácil, porque isso acontece a todo instante, comigo, com todo mundo. rs


Você enfrentou muitas dificuldades para publicar o seu livro?Na verdade, a dificuldade foi apenas de ordem financeira. Digo isso porque publiquei independente. Criei um selo editorial chamado Porto71 e eu mesmo faço tudo sozinho. Hoje em dia, com a maior e mais maravilhosa das ferramentas inventadas pelo homem, que é a internet, ficou tudo mais fácil. Ainda assim é um trabalhão (que qualquer um pode fazer!).


Quais são os seus autores favoritos?Não gosto de citar nenhum especificamente, porque gosto de muita coisa. E hoje eu gosto daquele que amanhã já não terei assim tanta paixão. Mas gosto muito de comédia romântica, tanto no cinema quanto na literatura. Tenho lido tudo o que aparece dos livros do gênero. Gosto do Nick Hornby, que faz muita referência musical. Gosto do Nicholas Sparks, que é um mestre na arte de contar histórias românticas. E Luis Fernando Veríssimo, que capta as emoções das pessoas de uma forma leve e divertida.



Quais são os seus livros prediletos?Hum... pra não ser injusto e esquecer alguns, citarei apenas dois aqui: "Alta Fidelidade", do Nick Hornby; e "O Apanhador no Campo de Centeio", do Salinger.

Você tem alguma influência musical?Cresci no meio musical, porque minha mãe é pianista profissional. Ouvi tudo o que foi música clássica dentro de casa, minha mãe tocando e ensaiando com violinista, flautista, violoncelista, etc. Sou baterista desde os 14 anos, adoro rock and roll. O som de um acorde distorcido na guitarra é bom demais! Só não me coloque uma música que tem que ter dancinha na frente... hahaha. Se a música tem que ter coreografia, eu tô fora...rsrsrs (funk, baiana, sertaneja, religiosa).


Por falar em música, nos conte um pouco sobre a sua bandaTenho uma banda chamada "Superaudio", que é de música autoral, mas que anda um pouco parada. Fizemos um disco em 2005 e outro em 2008. Estamos reavaliando como ficará. Por outro lado, tenho uma banda de covers de rock, chamada "Birinaite". Essa toca toda semana e faz, em média, 80 shows por ano. Hobby puro, bom demais! E tenho um projeto de compositor, um disco chamado "Nove Canções", que lançarei em breve com a cantora Indiana Nomma. Aguardem! Aliás, no meu site (www.mauriciogomyde.com) dá pra escutá-las.


Quais são os seus projetos futuros?Pretendo continuar escrevendo. Se puder, quero lançar um livro por ano. E cada dia mais ter mais contato com os leitores, conhecê-los mais, saber o que pensam, o que acham, buscar boas ideias. O resto, deixo nas mãos do destino...



Deixe um recado para os seguidores do Nessa News.Desejo a seus leitores que continuem prestigiando o Nessa News e todos os blogs de literatura, porque são mantidos por pessoas que têm a arte no sangue, que fazem isso por puro prazer e dedicação à literatura. Os blogs são fundamentais no processo de revigoração da literatura brasileira, um espaço maravilhoso que temos nas mãos. Não busquem apenas os livros que estão na lista dos "melhores" ou "mais vendidos". Há muito livro bom que não está na gôndola principal da loja ou na página principal do site da livraria. 
E pros leitores que quiserem conhecer meu trabalho, tenho um blog (www.mauriciogomyde.com). Pode ser no twitter (@mauriciogomyde) ou no Facebook também: www.facebook.com/MauricioGomydeEscritor.
Obrigado demais a você, Vanessa, e no que precisar, estou aqui. :)



9 comentários:

  1. Muuuito bacana a entrevista hein?
    Ele parece ser uma simpatia de pessoa!
    Entendo bem da parte "dificuldades financeiras" na hora de publicar um livro, rs
    Parabéns Vanessa e Maurício!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Vanessa.
    Adorei a entrevista.
    É muito bom para conhecer melhor os autores.
    Achei o Maurício Gomyde super simpático, ainda não tive a oportunidade de ler O Mundo de Vidro, mas já vi comentários super positivos de seu livro.
    Com certeza vou ler em breve.
    Quanto a parte financeira, tanto independente como através de uma editora realmente os cultos são bem altos para publicar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa!!!
    Muito legal a entrevista!!!
    Super Beijo...espero que venham muito mais!!!

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. OI nessa, quase nao consigo mais comentar, nao sei pq meu blog é maluco, quando vou acessar, diz que nao posso.


    bjos

    ResponderExcluir
  5. é bom saber sobre um escritor brasileiro, adorei a entrevista


    bjao

    ResponderExcluir
  6. haha que legal ") Adorei saber mais sobre ele

    ResponderExcluir
  7. Muito legal a entrevista! Parabéns Nessa!

    ResponderExcluir
  8. O Maurício é muito talentoso, O Mundo de Vidro é um livro muito engraçado e muito romantico. E as músicas dele com a Indiana Nomma são maravilhosas, escuto quase todo dia no ônibus quando estou indo pro trabalho, aí fico o dia inteiro com as músicas na cabeça. (Um dia eu sei em frente ao mar teus olhos vão cruzar os meus num breve olhar vão me dizer que meu lugar é junto ao seu...)Eu já sou fã, estou ansiosa para ler o livro novo.

    ResponderExcluir
  9. ahhhhhhh amei a entrevista... Maurício é bem talentoso... bem capaz de produzir um livro por ano *_*
    beijos
    boa semana flor *_*

    http://thislovebug.net/macchiato

    ResponderExcluir