02/01/2012

Editora Arqueiro: A Vida em Tons de Cinza e O Diário de Suzana para Nicolas

Boa tarde pessoal! Recebi hoje como cortesia da Editora Arqueiro, parceira do blog, os livros A Vida em Tons de Cinza, de Ruta Sepetys e O Diário de Suzana para Nicolas, de James Patterson. Ambos os livros parecem ser emocionantes e abordam temas bem interessantes. Em breve, teremos resenha deles no blog. Enquanto isso, conheçam mais um pouco a respeito das obras:


A VIDA EM TONS DE CINZA - RUTA SEPETYS


"Lina Vilkas é uma lituana de 15 anos cheia de sonhos. Dotada de um incrível talento artístico, ela se prepara para estudar artes na capital. No entanto, a noite de 14 de junho de 1941 muda para sempre seus planos.


Por toda a região do Báltico, a polícia secreta soviética está invadindo casas e deportando pessoas. Junto com a mãe e o irmão de 10 anos, Lina é jogada num trem, em condições desumanas, e levada para um gulag, na Sibéria.


Lá, os deportados sofrem maus-tratos e trabalham arduamente para garantir uma ração ínfima de pão. Nada mais lhe resta, exceto o apoio mútuo e a esperança. E é isso que faz com que Lina insista em sua arte, usando seus desenhos para enviar mensagens codificadas ao pai, preso pelos soviéticos.


A Vida em Tons de Cinza conta a história de um povo que perdeu tudo, menos a dignidade, a esperança e o amor. Para construir os personagens de seu romance, Ruta Sepetys foi à Lituânia a fim de ouvir o relato de sobreviventes dos gulags. Este livro descreve uma parte da história muitas vezes esquecida: o extermínio de um terço dos povos do Báltico durante o reinado de horror de Stalin.

Para Estônia, Letônia e Lituânia, essa foi uma guerra feita de crenças. Esses três pequenos países nos ensinaram que a arma mais poderosa que existe é o amor, seja por um amigo, por uma nação, por Deus ou até mesmo pelo inimigo. Somente o amor é capaz de revelar a natureza realmente milagrosa do espírito humano."



O DIÁRIO DE SUZANA PARA NICOLAS - JAMES PATTERSON


"Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente.


Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: 'Diário de Suzana para Nicolas.'


Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha's Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas.


Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida.


O Diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói página por página. Cada mais revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é mais um fio a ligar vidas que o destino entrelaçou."


6 comentários:

  1. O diario é lindo Vanessa !Um dos melhores livros que já li ")

    ResponderExcluir
  2. Ah, A vida em tons de cinza é lindo de morrer. Muito emocionante!

    Beijos,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Os dois parecem ótimos, vou aguardar as resenhas!
    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  4. O primeiro já me chamou muita atenção pelo nome, depois que li a sinopse tive certeza de que TENHO que ler esse livro.Adoro livros assim, que se passam em épocas trágicas da história.
    O segundo também adorei, parece ser muito bom.
    Já estou louca pra ler os dois =D
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler os dois >.<

    Bianca
    http://umuniversofantastico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. O livro que eu li agora, Apátrida também fala do gulag, inclusive vc disse que chorou, pois é nem tem coo não chorar né. É bom quando o autor(a) faz toda uma pesquisa ou viajem, pois mostra seu real comprometimento. O Diário de Suzana para Nicolas parece bem bonito e emocionante.

    :D

    ResponderExcluir