28/02/2012

Resenha: A Floresta de Mãos e Dentes - Carrie Ryan

O livro A Floresta de Mãos e Dentes, de Carrie Ryan, nos conta a estória de Mary. Mary vive em um vilarejo norteado por zumbis, e os moradores são separados dos Esconjurados apenas por uma cerca. Neste vilarejo, as decisões são tomadas pela Irmandade, constituída pelas freiras da região, que alegam saberem o que é melhor para cada um dos habitantes. Existem também os Guardiões, que são os responsáveis por manterem todos da vila em segurança.


Logo no início da estória, os pais de Mary acabam sendo infectados e  uma escolha cruel é feita. De sua família, só restam o seu irmão Jed e sua esposa Beth. Ela acaba sendo levada para a Irmandade e conhece a irmã Tabitha, que lhe incube de cuidar de um rapaz doente e manter voto de silêncio. O rapaz em questão é Travis, por quem Mary é apaixonada. O que Mary não poderia imaginar era que a Irmandade havia planejado o seu casamento com o irmão de Travis, Harry, que a ama, mas nunca foi correspondido. Eles também arquitetaram o enlace de Travis com Cassandra, a melhor amiga de Mary.

Mary não se conforma com o seu destino e não quer, de forma alguma, se casar com alguém por quem não nutre amor. Ela passa a questionar tudo e todos a sua volta e acaba conhecendo alguns segredos a respeito da Irmandade e dos Guardiões. O ambiente ao seu redor possui o cheiro pútrido da morte, cercado por Esconjurados, com os ossos quebrados e famintos por carne. Para sobreviver, ela terá que lutar incessantemente contra a Floresta de Mãos e Dentes. E como se não bastasse a luta pela vida, ela também terá que decidir se abrirá mão do seu grande amor ou se enfrentará todos os embates para ter Travis do seu lado...


Esse é o primeiro livro sobre zumbis que eu tenho a oportunidade de ler, e confesso que é um tema que nunca me chamou muito a atenção. Mas a escrita da Carrie Ryan me surpreendeu, com traços de política, amor, compaixão e batalha apocalíptica. Digo batalha apocalíptica mesmo, pois Mary e seu grupo acabam se tornando minoria em um cenário de luta e horror. Algumas cenas me lembraram do seriado The Walking Dead, apesar dos enredos serem bem diferentes entre si.


Travis foi um dos meus personagens favoritos. Ele é dócil, atencioso, um verdadeiro gentleman.  Mary, como a protagonista principal, não é aquela mocinha melosa e indefesa, e demonstra ter uma personalidade forte e muita garra para sobreviver. O seu sonho de vislumbrar o oceano é tão singelo e sutil em meio aos caos em que eles estão vivendo, que acaba se tornando um sopro de vida entre tanta devastação. Já a Cassandra foi uma personagem que eu não gostei por ser antipática e chatinha. Fica claro que ela sente muito ciúmes de Mary.


Outro personagem que eu amei foi o cachorro Argos, que se mostrou um grande herói, defendendo os personagens com afinco. Há muitos momentos tristes, principalmente quando eles precisam sacrificar as pessoas que amam por elas terem sido mordidas pelos Esconjurados.


Um livro muito interessante, curioso e bem elaborado. O final deixa um gancho para o próximo volume da série, intitulado The Dead Tossed Waves. Vale a pena conferir!


13 comentários:

  1. OMG que livro... QUero muito lê-lo... E se contar que essa capa é muito PERFEITA!!!

    Amei Nessa... Parabéns pela encantadora resenha...
    Lucas - ESCONDIDOS NO LIVRO!

    ResponderExcluir
  2. Essa capa e' muito bonita, nao e'?
    Eu ja queria ler esse livro mas nao sabia que falava sobre zumbis. Depois da sua excelente resenha fiquei com vontade mesmo de ler.
    Deve ter bastante acao e e' o que eu mais gosto em um livro.

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Um lviro sobre zumbis, que interessante, nunca li nenhum! Adorei a resenha, fiquei com vontade de ler o livro. A capa é perfeita *-*

    Bjão.*
    Naty.

    ResponderExcluir
  4. Caramba, que legal, não conhecia, adorei!
    Beijos

    http://kastmaker.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa não vejo a hora de ler esse livro, parabens pela resenha!

    ResponderExcluir
  6. Oi, gostei mto da resenha. Parabens!
    esse livro ja esta na minha lista de compras.
    sucesso no blog.

    bjs parceira!

    ResponderExcluir
  7. Nessa, nunca li um livro do tipo...mas achei tão legal por sua resenha...parabéns querida...gostei, mesmo! Bks

    ResponderExcluir
  8. Gostei da sua resenha Nessa!
    Sempre tive vontade de saber mais sobre este livro, mas essa é a primeira resenha que leio.

    Nunca li nada com o tema, não é assustador? *_*

    Beijos
    Bia | www.livroseatitudes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Beatriz! Eu não cheguei a achar o livro assustador. Pelo contrário, achei ele bem triste. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nessa!!!!! adorei a sinopse e a resenha deu até vontade de ler o livro mesmo zumbis não sendo um tema que eu aprecio muito!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Ótima resenha Nessa.
    Estou secando esse livro faz tempo, mais não consigo comprar nunca, sempre acabo comprando outro no lugar! Mais ainda vou comprar e ler!Zumbi parece ser um tema tão estranho de se tratar, mais estou me surpreendendo com os livros que veem sendo lançados, eles ultrapassam a barreira do "Eu quero o seu cérebro"

    Não sei porque mais a gente sempre gosta mais do livro quando rola um animalzinho nisso tudo! Tipo o cachorro do "Eu sou o numero 4"... Nem vou comentar sobre a transformação dele no fim!



    Bjoo,
    R. S. Pereira - ZaaKar.com

    ResponderExcluir
  12. Nooooooossa! Eu to louca por esse livro, meu Deus! *O*

    ResponderExcluir
  13. Parece ser legal.
    A sua resenha me convenceu.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir