19/02/2012

Resenha: A Sensitiva - Hannah Howell

Título original: If he's sinful
Gênero: Romance de época
Páginas: 224
Editora: Lua de Papel
Classificação: 4/5
Em A Sensitiva, segundo volume da saga da Família Wherlocke, de Hannah Howell, conhecemos a história da doce Penélope Wherlocke Hutton - Moore, que se passa em Londres de 1788. Penélope acaba de perder a sua mãe e nem tem tempo para prantear o seu luto, já que os seus meio-irmãos, Charles e Clarissa, a obrigam a morar no sótão da casa, para assim tomarem a posse da mansão e dos outros bens da família.

Assim como os demais membros da sua família, Penélope também possui um grande dom: ela consegue se comunicar com espíritos que ainda não partiram para o mundo espiritual, devido a algumas pendências no plano terrestre. Ela também consegue identificar como eles morreram e em quais locais foram assassinados.

Penélope acaba sendo sequestrada e vendida para uma cafetina sem escrúpulos, Sra. Cratchitt, que prontamente a prepara para um cliente em potencial, Lorde Ashton Radmoor. Radmoor está noivo de Clarissa, mas não porque a ama, e sim pelo seu dote, que é a única salvação para tirar a sua família da situação de pobreza que o devasso de seu pai os deixou. O que ele não poderia imaginar era que conheceria a meia-irmã de sua noiva, amarrada em uma cama de bordel, e que se apaixonasse intensamente por ela.

Penélope conta a sua história para Ashton e diz que não está naquele local por livre e espontânea vontade, mas que foi sequestrada e obrigada a atendê-lo. Revela também o seu dom para ele, e diz que uma moça foi assassinada pela Sra. Cratchitt no bordel, e que se comunicou com ela. Ele decide ajudá-la, mesmo sendo cético quanto ao seu dom, e não acreditando que ela pode se comunicar com os mortos.

A atração entre eles é inevitável, e ele decide protegê-la e permanecer do seu lado, ainda mais quando descobre que ela se responsabilizou pela criação dos filhos ilegítimos de sua família, cuidando das crianças com carinho e afinco. Mas não será fácil ficar longe da tentação de tê-la em seus braços, mesmo sendo um homem comprometido com Clarissa... E aprender a lidar com os seus dons e permanecer em segurança também se mostrará uma tarefa deveras complicada...

O livro A Sensitiva já começa de uma forma bem ardente e sedutora, com Penélope semi-vestida e atrelada em uma cama, e Radmoor nu em pelo. Mas ele consegue ouvir o seu apelo, e mesmo estando em um local propício para o ato, reprime os seus desejos. A química entre o casal é intensa e se encaixou de forma uniforme na narrativa de Hannah Howell.

Penélope é uma mulher independente, forte e sobretudo, muito amorosa. O trabalho que ela desempenha com as crianças na Toca Wherlocke é surpreendente e lindo, auxiliando na formação do caráter das mesmas, que são bem maduras e centradas para a sua idade. Os homens tem medo de se relacionar com ela, primeiramente por ela ser uma Wherlocke, e isso por si só os constrange, assim como também pela quantidade de crianças ao seu redor e por ela não possuir nenhum dote pomposo.

Ashton Radmoor ainda não conheceu o amor genuíno, daqueles que te causam impacto profundo e arrebata todo o seu ser. Mas aceitou se casar com Clarissa, com o intuito de salvar a sua família e dar uma vida melhor para sua mãe viúva e seus irmãos, os liberando das dívidas de seu pai moribundo. Ele se vê na obrigação de construir um novo futuro para eles.

O relacionamento de Ashton e Penélope acontece de forma ardente e repleta de desejos. Eu gostei muito do volume anterior da série, A Vidente, mas confesso que em A Sensitiva, a trama é bem mais desenvolvida e rápida, com muito mais desejo e intensidade. A paixão entre o casal é fecunda e promissora e possui momentos arrebatadores, norteados por sensualidade e virilidade. Resumindo: cenas hots imperam do início ao fim no livro.

A diagramação continua com o mesmo probleminha do volume anterior: letras miúdas e páginas sem margem. É uma pena, já que Hannah Howell nos brinda com uma história maravilhosa e que merecia ser expressada com mais afinco e qualidade nas páginas do livro.  Foi realmente um pecado grave cometido pela editora.

No mais, é uma história irresistível, repleta de romance, desejo, intriga e paixão. Conhecemos também até que ponto a ambição desenfreada do ser humano pode o levar, o que é lamentável, mas acontece ainda hoje com muita frequência. Altamente recomendado!

Confira a resenha do volume anterior da série Família Wherlocke:

A VIDENTE

20 comentários:

  1. Letra miuda e falta de margem dificulta a leitura msm! ¬¬

    Gostei da resenha, Van! explicou direitinho o livro e expôs suas impressões sobre ele!

    Ainda não li nada dessa série. Talvez dê uma chance! :)

    Beijos

    Gleice
    @MPessoais
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa puxa eu quero muito começar a ler a Vidente..agora depois da sua resenha do volume 2, quero ler mais ainda!

    Beijos
    Amanda

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro essa série, começando pelas fitinhas que acho um arraso, e depois tb pelas histórias, todos os casais são ótimos, agora amiga se vc gostou dos dois primeiros então Intuitiva vc vai surtar!!!!

    Beijão adorei a resenha

    ResponderExcluir
  4. Hey!

    Ainda não li o primeir volume, protanto pulei a resenha. Não tenho muita vontade de ler esse livro não, mas acho a capa linda (tanto do 1º quanto do 2º)

    Bj;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca tive muita curiosidade com esse livro, mas acho que posso repensar rs..A capa é bem legal.

    :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas por sua resenha esse parece ser melhor do que o livro A vidente.
    *bye*

    loucaporromances.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi querida...
    Nossa amei a resenha, mas ler um livro com letra miúda é ruim... Dificulta muito na hora de ler... Beijos e sucesso sempre!!!

    ResponderExcluir
  8. olá Nessa!

    Estava na dúvida se comprava ou não esses livros! As capas são super charmosas! Mas sua resenha está instigante! É, é essa a palavra! Vou juntar um dindin e comprarei pelo menos o primeiro!
    Um ótimo Carnaval!

    Um beijo,
    Nica

    ResponderExcluir
  9. Ai, sempre que leio uma resenha desse livro, me da muita vontade de ler
    Esse é do tipo de livro que gosto
    E a capa é linda

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa!
    Sou louk para ler esta série. Adoro romaces históricos e ja ouvi muitos comentarios positivos sobre a serie.
    As capas são lindas!!
    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/2012/02/nova-parceria-com-cynthia-franca.html

    ResponderExcluir
  11. Já li "A sensitiva" e amei!
    Parabéns pela resenha!
    Ficou ótima.

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu estou com A Vidente para ler, mas nada de urgência...
    Gostei da sua resenha, me deixou com mais vontade de pegar no livro...
    Beijosss
    Bianca,
    Book mania
    http://bookmaniablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito do livro, mais até do que do primeiro. Achei a trama mais interessante e os personagens super fofos.
    Problema sério essas letrinhas miudas...
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá, parabéns pela resenha. Ficou ótima e me deixou mais ansiosa ainda para ler!
    beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Ainda nao comecei a ler a serie. Acho que o primeiro e' A Vidente. Quero muito ler.
    Sua resenha ficou excelente. Que pena que a diagramacao nao ficou muito boa. Fica cansativo ler com letras miudas.

    bjs.,

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. amiga parabéns pela resenha, tenho o livro aqui e é muito lindo, vem com uma fitinha do lado né, beijos

    ResponderExcluir
  17. Eu li também e adorei é tão bom qto o 1 se não melhor gosto das cenas hots, que são descrita sem vulgaridade!
    Há pessoas que esperam um romance histórico , leem e ficam decepcionadas! rs
    Ótima resenha Bjs

    ResponderExcluir
  18. Amei sua resenha eu li o livro e gostei tanto qto o primeiro, eu gosto do jeito descontraído e sex que a autora descreve a estória e personagens!
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Já vi muitas resenhas dessa série, mas nunca os livros me chamaram a atenção. Mas gostei da resenha, muito bem escrita... A única coisa que me chama a atenção nos livros são as capas, que são muito bonitas.

    HUGS =D!!!
    Joe Silva - Blog EP
    http://escrevendoaospouquinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Acho essa série muito linda e estou doida pra começar a ler, parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir