28/02/2012

Resenha: Vampiros de Manhattan - Melissa de la Cruz

Título original: Blue Bloods
Gênero: Young Adult/Vampiros
Páginas: 336
Editora: ID
Classificação: 4/5
Comprar: Submarino
O livro Vampiros de Manhattan, primeiro volume da série Blue Bloods, de Melissa de la Cruz, se inicia com o desembarque do Mayflower nos Estados Unidos, em 1620. À bordo do navio estavam homens e mulheres que fugiam de perseguições religiosas e também os Blue Bloods, um clã poderoso, que buscava constituir riquezas no solo norte-americano. Eles conseguiram almejar o seu objetivo e se tornaram um dos grupos de maior status em Nova York.

Na Nova York dos tempos atuais, conhecemos Schuyler Van Alen, uma adolescente de 15 anos. Schuyler foi criada pela sua avó Cordélia, já que sua mãe, Allegra, entrou em coma profundo e vive em estado vegetativo desde o seu nascimento. Ela nunca teve notícias acerca do seu pai, o que é algo intrigante.


O seu vestuário e modo de agir não lhe permitem um entrosamento saudável com os seus colegas de escola, principalmente com Mimi Force e Bliss, que a ignoram completamente. Os seus únicos amigos são Oliver e Dylan, que estão sempre ao seu lado.

Schuyler acaba se encantando por Jack, irmão de Mimi.O relacionamento entre os dois é bem estranho, já que tem momentos em que Jack demonstra interesse por ela, mas depois joga um balde de água fria na coitada da moça. E Schuyler sempre corre atrás dele, buscando explicações e por consequência, levando umas "patadas".

De uns tempos pra cá, ela sente que suas veias azuis acabam se tornando muito salientes sobre sua pele alva. Outras reações adversas também acontecem com Schuyler, como um desejo insaciável por carne crua e algumas visões obscuras do passado.

Manhattan entra em polvorosa quando uma garota do colégio local, Aggie, é encontrada morta e completamente drenada, sem nenhuma gota de sangue presente em seu corpo. Schuyler fica apavorada e não sabe como agir e fica se perguntando se os mitos sobre vampiros são reais. Em sua busca por respostas, ela é auxiliada por Oliver, seu amigo fiel, e Bliss, que sofre uma transformação meteórica. Muitos segredos e mistérios são desvendados, mostrando que as lendas podem se tornar realidade, e que por mais surreais que sejam, podem causar muito terror...

A escrita de Melissa de la Cruz é bem interessante e rica em detalhes. Porém, algumas das descrições achei desnecessárias na história. Nas primeiras 150 páginas do livro, ela cita marcas de grife, points turísticos de Manhattan e outras marcas diversas, incluindo de imã e outros objetos. Isso acabou atrapalhando um pouco a leitura, já que pelo bombardeio de informações, eu tinha que voltar alguns parágrafos, pois me sentia meio que perdida na trama. Não sei se pelo fato de Vampiros de Manhattan ser o primeiro volume de uma série, a autora optou por deixá-lo bem introdutório e com poucas cenas de ação. Acontecem mortes, ataques, mas em uma escala muito mínima, tendo como base o nível do problema que assola a cidade.

O casal protagonista da trama, Jack e Schuyler é muito chatinho. O romance não foi tão bem trabalhando entre os dois, e o Jack se distancia da Schuyler praticamente sem motivo. Eles acabaram sendo ofuscados por Bliss e Dylan, que formaram um casal fofo! A Mimi é uma espécie de vilã no livro, mas não é tão maquiavélica. Seria mais como uma patricinha meio revoltada, por assim dizer. E por mais que não seja uma personagem tão marcante acabou conquistando a minha simpatia.

Os vampiros estão bem saturados na literatura, mas a forma de abordá-los por Melissa de la Cruz, tornou a leitura bastante prazerosa e interessante. Ela intercalou o livro com fragmentos do diário de Catherine Carver, uma das tripulantes do Mayflower, que vai narrando todos os acontecimentos de meados de 1620 que estão interligados com a Nova York dos dias atuais.

A capa do livro é linda e ele possui uma ótima diagramação também. Apesar da história não ter me impactado ao extremo, estou ansiosa para ler o próximo volume, O Baile de Máscaras, e recomendo.

14 comentários:

  1. Confesso que estou um pouco interessado neste livro.
    Mas nada tão desesperador.
    Parabéns pela resenha!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Essa série parece ser beem legal!!! Tem uma adaptação para TV eu acho... Amei a resenha...

    Beijos, Lucas
    http://escondidosnolivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa, apesar da capa desse livro ser linda, tenho que concordar que este estilo literário está saturado, e precisam encontrar uma nova forma de fazê-lo. Adorei sua resenha, apesar de não gostar do estilo. Beijos

    ResponderExcluir
  4. asausuhu Eu desisti da série justamente por que odeio ler um livro com mais marcas de sapatos, roupas e afins, do que fatos!

    Bjs!



    BiahB - Garota Pai D'égua
    www.garotapaidegua.com

    ResponderExcluir
  5. Oi nessa,
    Primeiro acho a capa desse livro linda de morrer...e muito chique...rsrs..porem a historia nao me chama muita atenção talvez por vampiros terão enjoada um pouquinho e você disse que esse livro não tem muita ação e o casal protagonista e meio sem graça ne..então esse livro vai pro fim da minha fila infelizmente..rsrs...
    Bjksss
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa, como eu até havia comentado com você, já li esse livro, mas ele não me "pegou". Porém, assim como vc, vou ler as continuações.
    Adorei a resenha.
    Bjos!!!
    Andréia
    Sentimento nos Livros

    ResponderExcluir
  7. A capa do livro é muito linda! Eu tinha gostado bastante da sinopse, mas algumas coisas na sua resenha me fizeram ficar com o pé atrás! =\
    Concordo que os vampiro estão saturados, mas amo sobrenaturais e você disse que a autora aborda o tema de maneira interessante, então voltei a me empolgar com o livro! ^^

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da capa do livro tb,adoro livros sobre vampiros e a sua resenha foi muito esclarecedora,a sinopse do livro é bem atraente,tirando prós e contras acho que é um bom livro.

    ResponderExcluir
  9. Adoro livro de vampiros, ainda não conhecia esse. Sua resenha me deixou interesssada no livro.

    Passa no meu blog? Tem Promoção Nova:
    http://just-livros.blogspot.com/
    bjos

    ResponderExcluir
  10. Tenho muita vontade de ler o livro, mas nunca tenho a oportunidade de compra-lo.
    A capa é linda e isso da mais vontade ainda de lê-lo.
    Ótima resenha, Vanessa.

    Beijos
    =D

    ResponderExcluir
  11. Adorei sua resenha, me despertou uma grande vontade de ler esse livro, embora esteja cansada do tema de vampiros

    xx carol

    ResponderExcluir
  12. Gostei da sua resenha, não sei se é um livro que eu gostaria de ler, eu gosto de coisas irreais e admiro Manhattan, mas não achei original ela se apaixonar por um homem e na mesma história acontecer um crime, embora não tenha lido muiiiito sobre vampiros, acho que esta bastante saturado, mas levo em consideração sua afirmação sobre ela abordar eles de outra maneira, quem sabe um dia não surge a oportunidade e eu leio? Tenho que tirar minhas conclusões rsrs' Gostei da resenha, parabéns e até mais :D

    Beijão.
    Bruno Herbert.'
    www.vivendolivros.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Nossa, que capa maravilhosa, muito linda!
    Adoro livros de vampiros, e pelo que vc diz apésar de ter empacado o livro é bom! Fiquei com vontade de ler!!

    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Nao conhecia esse livro. Mas achei super interessante a sinopse e, principalmente a sua resenha.

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir