05/04/2012

Resenha: Amores Incertos - Roberta Polito

O livro Amores Incertos, de Roberta Polito, nos conta a história da arteterapeuta Marina, uma mulher dinâmica e prática, e que mesmo com todos os afazeres do seu cotidiano, não perde o romantismo. Ela batalha duro para manter a sua família unida, formada por Eduardo, seu marido, e Pedro, seu filho, ao mesmo tempo em que concilia sua carreira profissional, da qual se dedica com afinco. É pensando justamente em sua profissão que ela acaba ingressando em um curso de artes, em Toscana, na Itália, buscando ainda mais especialização em sua área.


Eduardo sente de forma abrupta a ausência da esposa no Brasil, e acaba tendo problemas sérios com seu emprego. Na Itália, Marina conhece o professor de artes Luca, um homem sedutor e sensível, que a cerca de carinho e atenção, buscando conquistar o seu coração. Porém, Luca não é um dos maiores problemas de Marina, e sim Liz, uma mulher compulsiva e doente, que fará de tudo para que ela se divorcie de Eduardo.

Amores Incertos é um romance maduro e que foca em vários problemas de nossa sociedade, sendo um deles  a temida rotina. No início, o casamento reluz que nem ouro, mas com o passar do tempo, se não for cuidado como deve, acaba se tornando opaco e frio. Apenas um relacionamento mantido por tradição, e muitas vezes, pelos filhos. E a autora soube abordar esse tema com maestria envolvendo Marina e Eduardo. O casamento deles não foi planejado, e sim antecipado, pois Pedro estava prestes a vir ao mundo. Em muitos momentos, nos deparamos com um Eduardo cheio de questionamentos, e repensando se realmente amou ou ainda ama Marina.


Outro tópico abordado no contexto do livro é a independência da mulher no dias atuais. Há muitas décadas atrás, o objetivo da mulher era ficar em casa exercendo sua rotina do lar e zelando pela criação dos filhos, enquanto o marido trabalhava e garantia o sustento de toda sua família. Hoje em dia nos deparamos com uma realidade totalmente diferente, na qual a mulher também arregaça as mangas e auxilia no orçamento familiar. Essa realidade assusta muitos homens, e Eduardo é um deles, principalmente quando os problemas se agravam na empresa em que trabalha e ele teme depender financeiramente de Marina.


Conhecemos também a obsessão e o egoísmo em demasia, na pele da personagem Liz, uma mulher totalmente desestruturada, e capaz de tudo na busca pelos seus objetivos infundados. Apesar de saber que ela é uma pessoa doente, nutri muita antipatia por ela. Pedro é uma criança extrovertida e amorosa, e contribui dando o ar de sua graça no enredo. Um livro maduro, repleto de escolhas e fatos do cotidiano, mesclado com um bom romance. Recomendo!


13 comentários:

  1. Bem pelo que li da tua resenha esse é um livro que despertar todos tipos de sentimento em hem esta lendo ou pelo menos vc sentiu.
    Gosto de livros que envolva nosso contidiano.
    Se o ler te falo como me senti rsrsr
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ótima resenha....
    Deu vontade de ler o livro...!!!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha Nessa.
    Eu já li o livro e adorei. A Roberta nos faz mergulhar no livro e viajar pela Itália...rsrsrs...
    Bjos!!!
    Andréia
    Sentimento nos Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa, adorei a sua resenha! Fiquei interessada pelo fato do romance abordar problemas reais e tratar de sentimentos e situações do cotidiano! Vou procurar por ele!!

    até mais!

    Prólogo da Leitura

    ResponderExcluir
  5. Interessante o livro, ne? Gosto de qd abordam o tema casamento de modo sério e real! E não só mimimimi.

    Gostei da resenha, Van! Parabéns! :)

    Beijooooooooos

    Gleice
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
  6. Ótima resenha.
    O livro parece ser muito bom.
    Deu vontade de ler.

    Beijos
    =D

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa, olha só faz um tempão que li este livro, ganhei ele numa promoção e li assim que chegou, lembro de ter sido uma história muito envolvente e que prendeu a minha atenção....um livro recomendado sem dúvida!

    Vanessa - Balaio

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da resenha Nessa, fiquei curiosa ainda mais por falar de rotina, porque não é só em casamentos que isso acontece em namoro também, gostaria muito de ler o livro.
    Parabéns pela resenha Nessa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Conheço o livro pela capa, porque a Saraiva vive me indicando ele AHAHAH. Chega a encher o saco ;p
    Enfim, parece ser mesmo um livro bem adulto, mas, como sou nova, algumas vezes eu não me sinto incluída, me sinto como se estivesse vendo de fora e não acho isso muito legal quando estou lendo. Por isso, e só por isso, acho que não vou ler por agora, apesar da sua ótima resenha.
    Beijinhos.
    http://amoressobrenaturais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Passei para dar uns beijinhos e desejar uma excelente Páscoa!
    Aproveitei para ler sua resenha e gostei...ainda mais da dica...pq ainda ñ conhecia o livro..

    ResponderExcluir
  11. Parece ser um livro bastante interessante, ainda não havia ouvido falar, mas agora com toda a certeza vou por esse livro em minha listinha! rsrs

    Adorei a resenha, está maravilhosa! Você como sempre arrasando!

    Mil beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa!
    Não sei se é bom ou ruim,mas me vi um pouco em Marina na rotina família e trabalho,já sou casada há 11 anos e manter um casamento realmente não é nada fácil.Acho que assim como eu,muitos se verão no personagem de Marina e de seu esposo.Adorei a resenha.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Parece ser uma leitura interessante. Nunca tinha visto esse livro.
    Amei a resenha!
    Parabéns pela resenha!
    Abraço...

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir