22/04/2012

Resenha: Meu Marido foi Embora. E Agora? - Valéria Araujo

O livro Meu Marido foi Embora. E Agora?, de Valéria Araujo, nos conta a história da dona-de-casa Helena. Helena concluiu sua faculdade e sempre sonhou em ser uma mulher independente e  bem-sucedida profissionalmente, mas acabou abrindo mão de sua profissão por insistência de seu marido Rodrigo, que sugeriu que a esposa se dedicasse integralmente a ele e a filha do casal, Marina.

O que Helena não poderia imaginar era que Rodrigo iria pedir o divórcio em um dos momentos mais delicados de sua vida: durante o seu pós-operatório de uma cirurgia um tanto incômoda no intestino.  Ela surta e reluta em acreditar no que está acontecendo, sofrendo demais pelo ocorrido. A sua dor é ainda maior quando toma conhecimento de que não conhecia nem um pouco o homem que conviveu tanto tempo ao seu lado, dividindo o mesmo teto.

Rodrigo se revela um verdadeiro cafajeste, não por ter abandonado a esposa, mas sim pelas suas atitudes egoístas e mesquinhas. Ele retira todos os objetos que foram comprados com o seu dinheiro de dentro de casa, inclusive a televisão que deu de presente para que Marina jogasse videogame, além de encerrar as contas de energia elétrica e telefone. Se torna um ex-marido e também um ex-pai para sua filha, não lhe prestando assistência alguma.

 O sofrimento e a dor de Helena é intensa, e ela passa a viver um verdadeiro drama ao lado de Marina, contando apenas com a ajuda de sua família. Ela precisará reunir forças para prosseguir, e garantir o seu sustento e de sua filha. Sua jornada será árdua, e mais do que tudo, extremamente necessária.

Meu Marido Foi Embora. E Agora?, é uma história dramática, mas que nos é contada com muito humor e desprendimento. A narrativa é feita em primeira pessoa por Helena, e contribui para que nos sensibilizemos ainda mais com a sua vida. Ela mescla fatos do passado, como o dia em que conheceu Rodrigo, com o presente, iniciando a história assim que sai da mesa de cirurgia.

O que Helena passa é tocante e profundo, e não é nem um pouco diferente do que muitas mulheres enfrentam hoje em dia. São convencidas pelo marido a ficarem em casa e abdicarem de sua carreira, em prol da família. E quando menos imaginam, são traídas, descartadas e jogadas em um lamaçal, lutando pela sobrevivência com as últimas forças que lhe restam.

Porém, me decepcionei com Helena em alguns aspectos. Ao longo da história, fica bem claro qual era a verdadeira índole de Rodrigo, e que ele nunca foi uma pessoa amorosa e de confiança, e mesmo assim ela insistiu em um relacionamento turbulento. Mesmo quando ele declarou em alto e bom som que queria a separação, Helena ainda acreditava que ele voltaria ao seio do lar e que tudo continuaria no seu mesmo ritmo. Infelizmente, várias mulheres tem essa mesma posição de Helena, tanto por uma ideia errônea sobre o amor quanto por mero comodismo.

Rodrigo é um cafajeste sem proporções. Da primeira à última página do livro, ele continua sendo um mal-caráter e se tornou um dos personagens mais detestáveis até o momento para mim. Um sujeito sem coração, e desprovido de sentimentos, que só sabe olhar para o próprio umbigo, enfim, um verdadeiro carrasco.

A narrativa de Valéria Araujo é impactante e forte, ao mesmo tempo em que é dotada de muito humor. Ela conseguiu construir uma personagem muito próxima ao real, e que consegue nos despertar muitos sentimentos. Em algumas cenas, tive vontade de dar uns safanões na Helena, mas ao longo do livro, ela se transformou em uma mulher guerreira e objetiva, e me surpreendeu. Gostei muito de Meu Marido Foi Embora. E Agora? e foi uma leitura fluída, rápida e comovente. Recomendo!


15 comentários:

  1. Oi!
    Amei a resenha. Porém, não fiquei tão interessado.
    Abraço...

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  2. Conheço muitas mulheres que passaram por situação como esta. O mais triste é q elas vivem sozinhas até hoje, os filhos cresceram, o marido foi embora e elas não tem auto estima nenhuma. Elas nao tem mais uma vida.
    E mais desesperador ainda, tenho amigas fazendo isso agora! Largando a faculdade pra ter um filho e não tendo um trabalho pra poder cuidar da casa e do marido.
    Ainda bem que a narrativa do livro é divertida, pq eu fico é muito revoltada com esta postura nos casais. uii q ódio! kkkk
    amei a resenha, vou ler este livrinho com certeza!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Existem muitas Helenas e muitos Rodrigos mundo afora, o que é péssimo!
    Caraca é o terceiro livro que vejo ter um RODRIGO vilão! Será mal de nome? rsrs
    Bom, fico muito emocionada com esse tipo de situação, de uma mulher, sofrer drasticamente por um casamento falido e ainda ter esperanças em algo que esta na cara que não vai dar em nada, somente mais dor.
    Bom, gostei da resenha, e espero que este livro acorde as Helenas da vida.
    Parabéns
    Ni
    ciadoleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Já vi esse livro, porém não curti, não é o tipo de livro que eu gosto. Mais parabéns pela resenha beeem feita :)
    Beijos
    Brubs-Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  5. Ahh, eu tenho esse livro mas ainda não li... Agora fiquei super curiosa =/

    Beijoos

    ResponderExcluir
  6. Não tenho estômago para ler livro assim mas gostei de saber que ele existe, pena que normalmente quem precisa não tem o hábito de ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie Nessa.
    Ainda não conhecia esse livro , mas parabéns pela resenha.
    O que mais tem hoje em dia são Helenas e Rodrigos, como a Nizete citou acima.Muitas ''HELENAS'' que submetem a esse tipo de coisa.Sofrendo por um amor errado.E mts ''Rodrigos'' que são desse tipo, que o ,principal,que quando se separam da mulher esquecem que tem filhos.E não ligam mais para nada.Meu pai (só no nome mesmo) faz anos que não o vejo ,nem falo.Ele esqueceu da filha quando se separou da minha mãe.Por sorte minha mãe seguiu em frente é não precisou mais dele....
    Bem, isso é revoltante.E que bom que Helena acordou para a vida.
    Acho que não leria esse livro, porque ficaria muita revoltada, mas ótima resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Não sei porque mais esse livro me lembra em tudo: Marian Keys!

    ResponderExcluir
  9. Nessa gostei muito da resenha, mas não sei se eu leria o livro, fiquei revoltada com o Rodrigo pela resenha, não sei se eu conseguiria ler tudo com detalhes, então quem sabe um dia eu tenha coragem de enfrentá-lo rsrs. Parabéns pela resenha, adorei, agora para e respira não vale se estressar pelo marido dos outros rsrs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa!
    Gostei da resenha Nessa,realmente muitas pessoas podem se colocar no lugar de Helena e Rodrigo.O nome do livro está perfeito,acredito que é exatamente esta a pergunta que as mulheres devem se fazer.

    ResponderExcluir
  11. Oii..

    Bacanaa eem?!

    Seguee ?

    http://osolnasceu.blogspot.com

    Seguuindo voocê...

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa!

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser muito bom. Realmente existe muitas mulheres como Helena, que fazem tudo isso pelo marido e ainda assim largam elas. Fiquei curiosa para lê-lo.

    Beijos!
    Sonhos de Garota

    ResponderExcluir
  13. Oi Nessa*
    Ai, eu to louk para ler este livro, adorei e ele é chick-lit né?!
    Estou tentando parceria com a autora!!

    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que mal caráter... Espero que ela tenha dado a volta por cima... Me interessei pelo livro, gosto de dramas e de ver como as pessoas agem! Excelente resenha!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Vanessa!
    Adorei a resenha e os comentários!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir