12/05/2012

Resenha: As Bem Resolvidas - Luis Eduardo Matta

O livro As Bem Resolvidas, de Luis Eduardo Matta, nos narra a história de três garotas de 17 anos, Chris, Alê e Isa. Elas são amigas inseparáveis, além de descoladas, bonitas e super populares. Como boas patricinhas que se prezem, elas possuem a vida que todas as garotas gostariam de ter, frequentando os points mais badalados do Rio de Janeiro, vestindo roupas das melhores grifes e estudando em um dos colégios mais conceituados da cidade. Superficialmente falando, elas possuem uma vida perfeita.


Isa é a mais romântica e sensível das amigas. Sonha com o príncipe encantado dia e noite, e defende o amor, acima de tudo e independente de qual situação seja. Ela se apaixona à primeira vista por Rogério, o aluno novato de sua classe. Só que Rogério é um rapaz muito introspectivo e tímido, fazendo com que a aproximação dos dois aconteça lentamente, já que Isa também não é garota mais extrovertida que conhecemos.

Alê possui uma personalidade forte e é extremamente vaidosa. Porém, não consegue não ceder as investidas de PH, seu namorado ioiô. PH é muito ciumento e acaba colocando a namorada em várias enrascadas, e ambos acabam vivendo um relacionamento de idas e vindas. Ele quer que Alê seja sua propriedade, e julga que o apego que tem por ela é amor. Ela já tentou de tudo quanto é forma romper com ele, mas o seu coração não deixa.


Chris é a mais independente e descontraída da turma. Ela não pensa em um envolvimento amoroso no momento, e pretende se casar após os 30 anos. Como boa amiga que é, sempre está aconselhando Isa e Alê em seus conflitos emocionais, usando de carinho e muitas vezes de broncas também para isso. Podemos considerá-la a líder das garotas, já que é ela quem toma as iniciativas sobre festas, esquemas e outras coisas do gênero. 


A aparente vida indefectível das garotas se complica graças a Bu Campello, conhecida popularmente como a  "princesa de piaçava." Bu é uma patricinha chata, arrogante e antipática, que não medirá esforços para atrapalhar as meninas, usando dos piores artifícios possíveis, desde agressão física até provas falsas para incriminá-las. Geralmente eu gosto de vilãs, mas não foi o que aconteceu com a Bu. Ela é uma personagem detestável e totalmente fútil, que conseguiu ganhar o meu desprezo logo de cara.


Muitas confusões acontecem, mas Isa, Alê e Cris não desistem por um segundo que seja de almejar aquilo que realmente querem. Elas são duras na queda e lutarão contra Bu e sua turminha de "piriguetes" para provar quem são as donas do pedaço.


As Bem Resolvidas é um livro super divertido, e que nos mostra muitos sentimentos presentes na juventude, como confusões, amizade, amor e rivalidade, de forma descontraída e cheia de badalação. O autor abordou o universo feminino, principalmente do ponto de vista jovem, de uma forma precisa e bem construída, dotada de sentimentalismo. A narrativa é hilária e me peguei rindo durante a leitura várias vezes. 


Foi uma grande surpresa pra mim ler um chick-lit de Luis Eduardo Matta, autor de thrillers consagradíssimos como O Véu, 120 Horas e O Dia Seguinte. Já li alguns livros de sua autoria, no segmento de suspense, e me encantei com As Bem Resolvidas, que foge bastante do seu estilo de escrita. O autor nos mostra total domínio sobre a literatura, tratando de vários gêneros, com profundidade e maestria, e merece parabéns por tal proeza.


Gostei muito de As Bem Resolvidas e me diverti bastante durante a leitura. A diagramação está ótima, com letras de tamanho ideal, e com uma capa instigante, e que condiz com o enredo do livro. Mal posso esperar para ler a continuação da história, As Bem Resolvidas - Amiga Não Fura Olho, e é lógico que eu recomendo!


21 comentários:

  1. Oi Nessa!
    Quando li aqui no blog a sinopse do livro,tive a certeza de que o livro era descontraído e divertido e a sua resenha e opinião provou isso.Parabéns a vc pela bela resenha e ao autor pelo livro.

    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Já tinha ouvido falar desse livro, quase comprei semana passada... hehehe
    Sua resenha está excelente! Gostei mais dessa frase aqui "O autor abordou o universo feminino, principalmente do ponto de vista jovem, de uma forma precisa e bem construída, dotada de sentimentalismo.". Achei demais o fato de um homem abordar e tratar desse tema de maneira inteligente e hilária. Acho o nosso universo tão complicado... E um homem que se aventura e é bem sucedido nesse mundo, merece minha atenção!
    Um beijo,
    Nica

    ResponderExcluir
  3. Oie Nessa.
    Ainda não conhecia esse livro,mas gostei muito da sinopse, e sua resenha aguçou minha curiosidade.
    Vou adicionar a minha listinha.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Este livro parece ser ótimo. Já o vi antes e fiquei super curioso. Amo livros hilários.
    Espero lê-lo brevemente.
    Amei a resenha!
    Abraço...

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa!
    A resenha está ótima! Nunca li nenhum livro desse autor, mas só pelo que você falou fiquei com vontade.
    Gosto dessas histórias de jovens e seus conflitos. rsrs

    Bjs
    Gabi Lima
    http://livrofilmeecia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro autores nacionais, quase sempre produzem textos de qualidade, mas gênero chick-lit não consigo ler... mesmo os autores lá de fora, tanto é verdade que adoro Meg Cabot, mas nunca li nenhum livro dela desse gênero.
    Obrigada pela resenha, eu particularmente não gosto do gênero mas com certeza mais um para indicar a alguém que goste ou até mesmo presentear uma amiga.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Nessa,

    Mais um livro que conheço aqui no seu blog e pela a sua resenha parece ser muito bom....parabéns...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Vanessa!
    A resenha está ótima! Nunca li nenhum livro mas só pelo que você falou fiquei com vontade de compra-lo .

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa, nossa amei sua resenha, fiquei bem curiosa, ainda mais pelo autor escrever Trillers e agora escrever um chick-lit, deve ser uma mudança radical e interessante, quero muito ler, e gostei muito da capa e da resenha. =]

    Brijão

    ResponderExcluir
  10. Oi Van! Parece um chick lit bacana! =D. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  11. Oie Van ;)
    Quando vi a capa não achei que seria isso tudo, mas pelo que li e tua opinião gostei bastante, gosto de livros assim,,bem vc sabe rsrsr
    Já vai pro m skoob
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Tai um livro que quero ler, me interessei muito e é super bem falado.
    A capa é maravilinda.
    Parabéns pela resenha
    Beijo
    Bruna-Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  13. Adoro romances divertidos.
    Mas não gosto muito desse gênero de romances,.

    Kem sabe um dia me empolgo.

    ResponderExcluir
  14. Adoro esse tipo de livro mal posso esperar para ler *-*

    s2mightygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Nessa,
    Eu amo a capa desse livro *.* Lembro da primeira vez que vi ele numa revista e fiquei louca, mas fui pesquisar um pouco sobre o autor e vi que ele escreve suspenses e fiquei receosa. Mas bom saber que esse é um chick lit divertido - as personagens são fúteis demais? Andei me decepcionando demais nesse sentido ultimamente...
    Ótima resenha!
    Bjs,
    Joana - www.poderosasegirlies.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Joana! As personagens não são fúteis não, muito pelo contrário, foram bem desenvolvidas. Você vai gostar. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Hey Vanessa!
    Parabéns pela resenha! Maravilhosa!
    Nunca tinha lido nada a respeito deste livro, e ainda bem que a sua resenha foi a primeira. Afinal, mais positivo que isso não é possível não é?
    Esse estilo de leitura não é muito minha cara não pra falar a verdade. Gosto mais de fantasia e romances sobrenaturais, mas este livro me parece contar histórias reais, então pretendo ler, afinal quem nunca teve uma Bu na vida?
    Acho que vou gostar muito da Chris. Garota de atitude.
    Um beijo ;*

    Juliana . Oliveira
    http://www.trocandoconceitos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Li somente o 120 horas do autor e depois de confirmar que para thriller ele é muito bom, agora quero conhecer o seu aldo chick lit... hehehe... Muito legal a resenha ^^

    Joe Silva - Blog EP
    http://escrevendoaospouquinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Hum... que resenha hein?
    Livros divertidos e bem escritos podem conquistar praticamente qualquer leitor!
    Fiquei morrendo de vontade de ler!
    Beijos*

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Bem a minha cara, esse livro. Adoro livros teens. Muitas pessoas tem preconceito com esse tipo de livro, mas eu gosto muito, são ótimos pra descontrair e relaxar a mente um pouquinho. Não é obrigação de ninguém ler apenas aqueles livros de 1800 e bote força, né!? Uma leitura mais light de vez em quando faz muito bem RS

    Enfim, to muito afim de ler esse livro. Me parece ser muito bom e é muito a minha cara KKKK Beijos

    ResponderExcluir
  21. Esse livro aprece ser muito bom
    Gosto bastante dessa tematica
    Mas não entendi porque só tem 2 na capa ...

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir