23/05/2012

Resenha: Em Seu Lugar - Jennifer Weiner

O livro Em Seu Lugar, de Jennifer Weiner, nos conta a história de duas irmãs muito distintas entre si, Maggie e Rose. Maggie é baladeira, só quer saber de curtição e corre de qualquer responsabilidade. Já Rose é advogada em uma empresa bem conceituada e workaholic assumida, tendo um estilo de vida bem regrado. Elas também são diferentes no que concerne a aparência - Maggie é dona de um corpo escultural, deixando os homens enlouquecidos, e usa e abusa do sexo para conseguir os seus intentos; Rose é um pouco gordinha, e prefere usar roupas que disfarcem suas gordurinhas e culotes, além de ser bem criteriosa em seus relacionamentos, sonhando com um homem fiel e íntegro, que a faça feliz para o resto da vida. 


Rose é bem sucedida e mora em um apartamento luxuoso, enquanto Maggie ainda mora na casa do pai, Michael, e da madrasta, Sydelle. Com a sua vida desregrada e regada a bebidas, ela sempre arranja confusões por onde passa, e durante uma noite de bebedeira, acaba sendo expulsa de casa por Sydelle, indo se abrigar na casa de Rose.

Só que o convívio entre as duas não será fácil, devido as inúmeras diferenças. Maggie não quer saber de trabalhar, sonha apenas em ser VJ da MTV e detona com o closet de sapatos da irmã, que por ironia do destino, possui o mesmo número de calçados do que ela. Rose trabalha duro e é uma pessoa organizada e asseada, ao contrário de sua irmã que não se incomoda em viver na bagunça. As brigas entre as duas são contínuas, e depois que Rose pega Maggie na cama com o seu atual namorado, as coisas se complicam ainda mais e ela é expulsa de casa.


Completamente sem rumo, Maggie descobre que sua avó materna, Ella, afastada por tantos anos, está viva. Mesmo sem saber o motivo da separação entre a família, ela resolve procurá-la e pedir abrigo. Ella é uma pessoa especial e amorosa e se afastou das netas desde o falecimento da mãe das garotas,  Caroline, que sofria de distúrbios mentais. O seu genro exigiu que a avó permanecesse longe das garotas, a culpando pela morte de sua mulher e alegando que a sua presença seria prejudicial para as meninas.


Ella trabalha e vive em um centro para idosos, auxiliando e se dedicando com extremo carinho à causa. Quando Maggie a procura, ela fica extremamente feliz, e logo se prontifica a conhecer Rose, sem saber do que ocorreu entre as duas. Ela tem muitas histórias para contar e é a única pessoa que pode unir as irmãs novamente, mesmo com todas as suas diferenças.


Em Seu Lugar é um ótimo chick-lit que nos retrata a trajetória de duas irmãs completamente diferentes, que só possuem em comum o sangue que corre em suas veias e a numeração de sapato. Conhecemos as qualidades e defeitos de ambas, principalmente de Maggie. Não sei se seria certo afirmar que Maggie seja cleptomaníaca, mas ela realiza furtos constantemente, tanto de sua irmã como de seu pai. Apesar de ser uma mulher linda, ela  tem dificuldade para assimilar as coisas, e principalmente, soletrar palavras. Sempre teve muita dificuldade na escola, frequentando aulas de reforço e turmas de estudo especiais. Rose sempre foi inteligente e se destacava por sua sabedoria, sendo a típica nerd. Porém, era desajeitada e nunca conseguiu combinar um look bacana, sendo motivo de piada no colégio por sua aparência e vestuário.


Ao longo dos anos, cada uma colheu o que plantou, com os seus sabores e dissabores. Fica visível que Maggie tem um forte ciúmes da irmã, ou melhor, inveja. Ela quer ter a vida de Rose, o apartamento de Rose, os sapatos de Rose, e até mesmo o namorado de Rose. Não apenas por posse física, mas sim para magoar a irmã. Foi uma personagem que eu detestei ao longo da história, e com a qual eu também me surpreendi. Rose  se dedica ao trabalho como válvula de escape para uma vida que considera monótona. Ela é fissurada em livros de romance, e sonha em ter um mocinho lindo e maravilhoso como o das histórias em sua vida, mas acaba sempre se frustrando. É uma mulher guerreira e de fibra, que conquistou tudo o que possui com muito esforço e trabalho. e torci muito pela sua felicidade ao longo da narrativa.


Com personagens bem construídos, dramas do cotidiano e uma dose de humor, Em Seu Lugar se tornou uma leitura agradável e prazerosa. A trama nos revela muitas surpresas, principalmente no que se refere ao amor. Foi feita uma adaptação cinematográfica da história tendo Cameron Diaz, Toni Collette e Shirley Maclaine no elenco. Assim como o livro, o filme é bem engraçado e estruturado, apesar de não ser totalmente fiel ao enredo, o que é bem típico em se tratando de uma adaptação literária para as telas. Vale a pena conferir o livro e se divertir com uma narrativa bem humorada.


Confiram o trailer do filme de Em Seu Lugar:


16 comentários:

  1. Oie van :)
    Caramba, vi o filme desse livros gostei bastante, não pretendia ler o livropor isso.
    mas agra que falaste que foi adaptado e não é totalmente fiel estou querendo ler, já vai pro meu skoob.
    Espero, que enha gostar, já que teve um livro que li depois do filme e não gostei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!

    Fiquei louca para ler e assistir!!
    A estória lembra muito eu e minha irmã!! LOL
    Nós somos totalmente diferentes, em tudo! E é porque fomos criadas juntas e filhas dos mesmos pais...Todo mundo acha incrível nossas diferenças!

    Vou procurar ambos!


    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag

    http://wordinmybag.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Nessa!!
    Espero poder ler esse livro algum dia. Me parece ser um chick-lit divertido e gostoso de ler. Quero muito poder ver a adaptação para os cinemas, Cameron Diaz!
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  4. Eu já vi o filme e adorei!!!!! E pela tua resenha o livro é melhor que o filme, então mais um para minha listinha.

    ResponderExcluir
  5. Não tenho certeza mas acho que já vi este filme...a história é muito boa mesmo! Creio que o livro seja melhor, essa histórias de famílias sempre rendem bons livros e filmes...sua resenha tá bem legal, o interessante é ver como uma irmã completa a outra, por assim dizer. Como não lembro se já vi irei procurar o filme e verei ele (novamente ou não)...mas quanto ao livro, bem...quem sabe quando tiver um tempo.

    ResponderExcluir
  6. não conhecia ambos e gostei da sua resenha , vou procurar o filme pra baixar !

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Confesso que fiquei interessado no livro. Parece ser uma leitura bem agradável.
    E a sua resenha me deixou super curioso.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Nessa

    D+++++++++++... Sua resenha realmente desperta fome...fome que nos levar querer devorar (LER) o livro aqui apresentando.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha!!! Eu já tinha assistido o filme, mas não fiquei com vontade d eler o livro. Mas com a resenha sim... Nossa, me despertou uma super curiosidade! Entrou pra lista!

    ResponderExcluir
  10. OII VANESSA AMEI O BLOG TA LINDO SEMPRE E AMO ESSA ESTANTE DE LIVROS E CURT MUITO SEU PERFIU..SEMPRE VO ESTAR AQ RESEBENDO NOTICIAS DE LIVROS Q AMO E NOVIDADES !!!!!!!!! <3 ASS:Aline Nogueira Li

    ResponderExcluir
  11. Nossa, adorei sua resenha. Eu assisti esse filme a um bom tempo atrás e adorei muito enraçado. Não sabia da existência desse livro, mas ele parece ser muito bom, pela sua resenha parece ser bem engraçado. Agora estou com vontade de lê-lo, parece ser bem melhor que o filme, e o filme é muito bom. Vou procurar o livro para comprar, depois digo o que achei dele :D

    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa!
    Tb detestei a Maggie e como irmãs como são diferentes.Se não contassem nunca saberíamos,


    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. haha Parece ser um livro bem humorado, essa história legal e interessante.
    Mostrando tanto a parte devastada de uma se contrapondo com a outra. Tenho vontade de ler um livro com esse teor de comédia assim, junto com um aprendizado que ele deve trazer das irmãs aí...
    Bom...

    ResponderExcluir
  14. Nessa amei a resenha, poxa deve ser muito triste esperar os mocinhos que encontramos nos livros, né, ainda mais se frustrar depois. Coitada, espero que ela tenha ficado bem no final do livro, vou procurar o filme pra assisir e quero o livro também.

    Parabéns pela resenha Nessa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Amei sua resenha Nessa.Parabéns!
    Estou louca para ler esse livro e sua resenha só aguçou minha vontade.
    Parabéns amiga.

    ResponderExcluir
  16. Já vi o filme, é muuuuuuuuuito bom. Caron Diaz arrasou demais (como sempre). Nem sabia que tinha o livro, mas com certeza é bem melhor do que o filme.

    ResponderExcluir