28/09/2012

Resenha: Heresia - S. J. Parris

Título original: Heresy
Gênero: Romance histórico
Páginas: 368
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
O livro Heresia, de S. J. Parris, se passa na Inglaterra de 1583 e nos conta a história do monge italiano Giordano Bruno. Devido a sua sede pelo conhecimento, sobretudo sua crença pelas teorias que relatam um Universo heliocêntrico, ele é acusado pela Igreja Católica de heresia e foge da Inquisição, se refugiando em Londres. Na terra da rainha, ele é recrutado pelo serviço de espionagem real e enviado a Oxford, para colher detalhes sobre um suposto plano que visa derrubar a rainha Elizabeth, protestante convicta.

Ele é infiltrado em Oxford como participante de um debate sobre as teorias de Copérnico, mas secretamente, deve se infiltrar em um grupo oculto de católicos e descobrir o complô que planejam.  Porém, seu objetivo inicial muda de rumo quando um membro do alto escalão de Oxford é brutalmente assassinado, com requintes de crueldade que imitam um suposto martírio. Enquanto Bruno passa a investigar o assassinato, mais vítimas surgem e dá-se início a uma implacável perseguição, que indica estar sendo desencadeada devido a religião.

No encalço do assassino, Bruno vai parar em locais bem exóticos - desde a famosa e abastecida biblioteca de Oxford, como, até mesmo, livrarias e tabernas ocultas, que jamais julgou existirem. Tudo leva a crer que a estabilidade da Inglaterra está por um fio e cada dia mais ameaçada.

Em um emaranhado de intrigas e traições, Bruno percebe que muitos atos são julgados como heresia por pura falta de conhecimento daqueles que se intitulam os donos da verdade. E, que, para provar suas teorias e embasamentos religiosos, muitos vão longe demais, se dispondo até mesmo a escolher quem deve viver...quem deve morrer...

Heresia é um suspense mirabolante, que tem como pano de fundo a religião e suas vertentes. Narrado em primeira pessoa por Giordano Bruno, é um livro eletrizante, que causa profundo impacto no leitor. Baseado em fatos reais da vida do próprio monge italiano salientado na história, nos traz uma narrativa rica e épica, abordado de forma magistral e ímpar.

Bruno não engole tudo o que a Igreja diz ou alega. Sua fome pelo conhecimento, por entender o que se passa em um universo expandido, fora das quatros paredes que cercam uma igreja, é avassaladora. Como todos sabem, para controlar uma nação é necessário que ela seja alienada - que não pense por si própria, e que muito menos, se rebele contra os moldes predefinidos da sociedade. E quando você tem ânsia pelo saber, se torna um perigo nato para as autoridades. Bruno é acusado de heresia, tendo sido o seu pecado folhear um livro de Erasmo, considerado puro sacrilégio. No auge de sua sabedoria, ele consegue fugir da punição e se estabelecer, com alto custo, na Inglaterra.

Mas, chegando na terra da rainha, descobre que não mudou de cenário, apenas de nomenclatura para muita coisa que acontece na Itália. Na Inglaterra, a religião vigente é o protestantismo, exercido pela própria Rainha Elizabeth, porém, nem todos os súditos estão satisfeitos com esse regime, e fica claro que uma revolta está por vir. Religião se torna motivo para vingança, para sangue ser derramado sem piedade alguma. Algo que deveria elevar o ser humano e deixá-lo perto de Deus, se torna motivo de dor, de retaliação, de humilhação e deturpação. Como explicar tais motivos? Seria esse Deus um ser grandioso que se alimenta de matanças e vidas inocentes, tudo para sua honra e glória? Ou o homem, em sua mais alta escala de egocentrismo e ambição, intitulado leis e regras, em conveniência com o seu bel-prazer, e erigido com seu podre e cego poder, para ter apenas uma forma de pensamento sobre a massa?

São essas as respostas que encontramos no romance de S. J. Parris, que aborda de forma concisa e clara um cenário religioso, vitimado por injustiças, carnificinas e torturas, tudo em nome de Deus. Fica nítido que a a autora mergulhou fundo no tema e fez um trabalho de pesquisa brilhante para compor a obra. Um livro instigante, com uma temática deveras interessante e que irá deixar o leitor vidrado, e até mesmo indignado, perante a tantas barbáries que assolaram a nossa sociedade. Recomendo, com certeza!

29 comentários:

  1. Amei a resenha. Amei! Gostei bastante do assunto abordado no livro também. A religião é realmente algo que consegue destruir muita gente e é algo delicado. Se for demais, se torna algo obsessivo, algo que além de destruir o próximo, é capaz de destruir a própria pessoa. Equilíbrio para que te quero!

    Beijos,
    Jeni.
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Fiquei louca para ler esse livro, tua resenha está ótima! *-*-* Adoro esse tipo de temática, ainda quando é ligada a algo ruim onde a igreja está envolvida. *-* Giordano Bruno é foda!
    http://gabrielathings.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Tema religião sempre me atrai!
    Fiquei curiosa hm*
    Quero ler!

    ResponderExcluir
  4. Adoro esse tipo de livro Nessa, com suspense e envolvendo religião, parece ser bem legal!
    Adorei a resenha.

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa, adoro os títulos da Arqueiro. Fiquei interessada pelo fato de ser baseado em fatos reais, não sei se leria com tanto gosto pois esse tipo de leitura preciso prestar bastante atenção, hehehe
    Ótima resenha, parceira.

    Beijão!
    http://foolishhappy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa!
    Estou com esse livro aqui em casa para ler e já estou doidinha para começar!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  7. Estou com esse livro em casa, mas ainda vai demorar um pouco para lê-lo. Me chamou a tenção porque adoro romances históricos e com a temática religiosa, e também porque me lembra muito o filme "O Nome da Rosa", que aliás é muito bom, se alguém aqui ainda não viu. Além disso, essa é uma época muito interessante para usar de cenário em um livro, seja ele histórico ou pura ficção, porque foi o começo do Humanismo, ou seja, a Igreja já começava a ser questionada e muitas boas ideias que carregamos até hoje surgiram aí.

    http://queridos-sapiens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nessa vc é má muito má, estava fugindo de comprar o livro, mas depois dessa resenha você me convenceu, adoro esse tema quando é abordado.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  9. Esse livro tem uma capa show de bola, estou muito afim de ler esse livro (:

    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa! Quero muito ler Heresia, o tema por si só já é atraente e lendo sua resenha, parece ser uma leitura empolgante.
    Excelente resenha.
    Bjos!
    Cida

    ResponderExcluir
  11. Oi Vanessa!
    Já li o livro e fiz resenha, ele é realmente muito bom. Só achei que o início é muito enrolado. Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Nerd/Rocker Girl

    ResponderExcluir
  12. nossa bateu forte uma vontade de ler a resenha maravilhosa como sempre

    ResponderExcluir
  13. Sua resenha conseguiu me deixar louca pra ler o livro! Adorei a temática, essa coisa toda de religião, e o saber que o personagem principal busca me deixaram bastante curiosas para conhecer melhor o livro. Adorei a resenha!

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde Nessa,

    Esse livro esta na minha lista de favoritos, um dia com certeza irei comprá-lo...parabéns pela resenha....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha! Eu adoro coisas do gênero! Então quando li Heresia curti muito! Como vc disse a autora foi fundo, pesquisou, se aprofundou ao máximo... Resultado, um excelente livro!!! Adorei! Queria ler a continação, porque é uma série...

    ResponderExcluir
  16. Oi Gabi! Nem sabia que é uma série. Confesso que fiquei ainda mais interessada. Obrigada pelo comentário e pela informação! Beijo!

    ResponderExcluir
  17. Oi
    Já acha que esse livro devia ser muuito bom, agora, depois que li em sua resenha "Heresia é um suspense mirabolante" Pronto! Prendeu a minha atenção e gerou aquela curiosidade do tipo: "preciso ler esse livro logo!"
    Ótima resenha

    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  18. Eu já tinha visto esse livro, fiquei curiosa logo de cara, mas sempre deixei de lado as oportunidades, mas gostei muito da sua resenha e ele entrou na minha listinha de novo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha. Esse tipo de tema que fala da Igreja e suas perseguições, principalmente a Inquisição me atrai muito. Talvez pelo fato do exagero que a Igreja impôs ao povo da época, talvez pelo sempre ter alguém que vai contra e desafia as normas imposta pela Igreja. Já está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  20. Muito boa resenha...não me interessei por esse livro a princípio mas a história parece ser muito interessante.......
    Livros que envolvem religião são sempre bem fortes !!! Espero conseguir le-lo em breve!

    ResponderExcluir
  21. Amei a resenha!
    E a capa também!
    Quero ler! Quero ler!

    ResponderExcluir
  22. O livro me chamou a atenção por falar sobre a Inquisição e também sobre Giordano Bruno e sua teoria de que o universo é infinito. Sempre gostei desses assuntos, principalmente fatos relacionados com Ciências e as teorias de antigos filósofos, cientistas e etc.

    ResponderExcluir
  23. Oi Vanessa!
    Adoro livros assim. Principalmente por ser eletrizante e por tratar de um assunto delicado, de certa forma. Preciso muito ler esse livro.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  24. NESSA!
    Época difícil o século XVI e por isso mesmo o livro deve ser interessante porque trata de fatos ligados a igreja católica que começa a querer dominar as pessoas através da religião.
    Fiquei interessadíssima!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  25. Adorei a história do livro,gosto de histórias assim... Quero muito ler esse livro. Parabéns pela resenha e pelo blog. Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Tem um toque de romance investigativo. Me pareceu interessante.

    ResponderExcluir
  27. Nessa,
    Essa capa é linda!
    Amei sua resenha, como sempre!
    Dica anotada!
    Tem resenha lá no blog...
    -Fallen In Me
    Bjão

    ResponderExcluir