20/01/2013

Entrevista: Mirella Ferraz, autora de Sereias

Boa noite pessoal! A escritora Mirella Ferraz, autora do livro Sereias, concedeu uma entrevista exclusiva ao blog Nessa News. Confiram!

SOBRE A AUTORA:
Mirella Ferraz nasceu em São Paulo e desde muito nova teve contato com as artes. Formou-se em balé e também atua como professora de dança do ventre. Tem paixão pela escrita e, ainda criança, já se aventurava na redação de contos e poesias. Aliando seu interesse pela literatura à imensa fascinação que sempre teve pelas sereias, começou a escrever sobre esse tema fantástico. Dedicou-se a esta primeira obra com tanto afinco que se inspirou para lançar um segundo livro, cuja história já está sendo escrita.
Também se formou em Gestão Ambiental e trabalhou como na pesquisa e conservação doe cetáceos em Pernambuco, São Paulo e Bahia. Nesse viés ambiental, sempre foi contundente. É vegetariana desde os oito anos de idade e trava fortes embates para defender os animais. Tem um blog de ativismo animal e outro sobre sereias.
Mulher multifacetada, é ainda empresária na cidade onde vive, Pirassununga, com seu marido e seus doze bichos de estimação.
http://mirellanogueira.blogspot.com.br    http://eusouumasereia.blogspot.com.br


ENTREVISTA:

Quem é a Mirella?

Olá Van e queridos leitores do blog. Eu costumava ter medo dessa pergunta, pois é sempre difícil uma reflexão para nos decifrarmos, mas agora isso já se tornou mais fácil pra mim. Bem, eu sou uma jovem escritora cheia de sonhos e paixões. Sou casada com a minha alma-gêmea (por mais que ele prefira zumbis à sereias... hahaha) e tenho uma família maravilhosa. Meus filhos são meus 12 animais de estimação (5 cães e 7 gatos). A arte, a dança e a escrita estão sempre presentes na minha vida desde que me conheço por gente, e tenho formação em Gestão Ambiental.
Sou também uma garota bem estranha que sempre sentiu que sua casa era o mar, e sempre se revoltou por não ter nascido com uma cauda. Uma garota estranha que enquanto as amigas escreviam cartas para a Xuxa ou para a Mara Maravilha, eu escrevia cartas para a Embaixada Portuguesa pedindo que parassem com a matança de golfinhos no Arquipélago dos Açores. Uma garota estranha que quando as amigas se preocupavam se iriam ganhar a tal Barbie no natal, eu decidia virar vegetariana e comunicava essa decisão à família, com a cabeça erguida no alto de meus 8 aninhos de idade. Ou na época de pré-adolescência, quando as outras garotas queriam ir no clube para socializar com os meninos, eu preferia ficar o dia inteiro sozinha na piscina e nadar de um jeito totalmente estranho para os outros.. Ou quando acabei a faculdade e meus colegas pesquisavam qual empresa ou indústria que daria o salário mais alto para então pedir emprego, eu implorava por um emprego junto aos golfinhos em Fernando de Noronha, sem ganhar quase nada, e ainda dizia para os empregadores que eu iria sim, nem que fosse para lavar banheiro...rs. Sou principalmente uma garota que nunca se importou muito com a opinião dos outros, que nunca teve vergonha de falar o que pensa, de seguir um sonho ou de parecer totalmente fora dos padrões. Sou uma garota também briguenta e imediatista. Teimosa demais, que fala alto, e...sou uma sereia! Uma sereia que teve a infelicidade de nessa vida nascer sem a cauda. Mas que seguindo a teimosia, não aceitou esse destino, e para driblá-lo, hoje faz suas próprias caudas e se sente realizada e feliz! 

Como surgiu a ideia de se tornar escritora?
Eu sempre escrevi, mas eram textos curtos, pensamentos, algumas poesias, contos, enfim. Nunca algo tão complexo quanto um livro. Meu pai é escritor (e um poeta de mão cheia), assim como meu avô também foi, então a escrita foi sempre algo presente e natural em minha vida. Sempre tive a vontade de escrever um livro e o sonho de viver de literatura, mas eu achava que isso seria um processo difícil e talvez não realizável. Até que um dia eu estava bem deprê em casa (porque eu não iria mais pra praia e eu fico bem mal quando isso acontece) e resolvi começar a escrever um conto para extravasar. Mas então, do nada, eu decidi que iria tentar escrever um livro mesmo, mais complexo, com mais conteúdo, enfim. Pedi ajuda para as sereias, sentei, comecei a escrever e não parei mais.

Você enfrentou muitas dificuldades para publicar o seu livro?

 A única dificuldade para publicar foi financeira. Mas outras dificuldades advindo disso, sim. Infelizmente nós sabemos como o autor brasileiro é tratado aqui. Não temos incentivo e crédito das editoras (aliás, são raríssimas as editoras brasileiras que aceitam bancar livros nacionais, a grande maioria é o autor mesmo que tem que custear tudo, o que é um absurdo), os leitores têm preconceito com o que é daqui, preferem muito mais livros estrangeiros. Enfim, é com certeza uma das profissões mais difíceis e ingratas que eu já vi.

Quais são os seus autores favoritos?
Sou apaixonada por Vladimir Nabokov e Marion Zimmer Bradley, e sou fãzona assumida de J.K.Rowling.

Quais são os seus livros favoritos?

Com certeza a série “As Brumas de Avalon” e o polêmico “Lolita”... Ah, e claro, seguindo os autores mencionados, Harry Potter!

Mirella, sabemos que você está escrevendo um novo livro sobre sereias. Conte-nos um pouco mais a respeito.
Esse meu próximo livro, “Liban – A Lenda da Sereia”, é um romance de época com literatura fantástica. É um livro mais adulto que tem vikings, muitas sereias, lutas, paixões e o universo sobrenatural. Não vou dar muitos detalhes pra não estragar a surpresa. Quando eu o terminar e alguma editora se interessar em publicá-lo, eu abro mais o jogo.

Você possui um blog sobre ativismo animal, o Libertação Animal. Fale um pouquinho sobre ele.
 É verdade! É um blog que preciso dar mais atenção. Com a correria do dia-a-dia, ele anda meio esquecido... Esse blog eu comecei acho que cerca de uns 6 anos atrás. E lá eu escrevi alguns textos com pensamentos meus a cerca da exploração animal, então tem posts sobre vegetarianismo, experiências com animais, uma briga minha com a prefeitura de minha cidade que estava negligenciando o canil municipal, etc. Tem um pouco de tudo. Eu sou aquele tipo de pessoa que o pessoal chama de “ecochata”... kkkkkkk... Já arrumei inúmeras brigas e inimizades por causa dos animais. Já briguei com professores, já soquei colegas por estarem querendo judiar de animais, já fiz barraco com delegado de polícia, já fiz um inferno! Hahaha. Pra vocês terem uma ideia, com 5 anos eu denunciei (eu tinha o cartão verde do IBAMA... hahaha) uma multinacional aqui da minha cidade, por causa de um desmatamento, e ainda fui bater boca com a filha do dono dessa empresa.

Você participou de vários programas televisivos nos últimos tempos, incluindo o Fantástico (Rede Globo), mostrando o seu amor pelas sereias. Qual foi a sua sensação? Você teria links e vídeos desses momentos para compartilhar conosco?

Nossa, acabou sendo uma surpresa imensa pra mim! Jamais imaginei! Foi muito bacana. O que mais me alegra nisso é o reconhecimento das crianças. Elas ficam fascinadas com a figura das sereias. Seus olhinhos brilham e eu vejo o quanto elas acreditam na magia. Isso é fantástico. É impagável.
Tenho alguns links para mostrar sim, claro! :D
A matéria linda do Fantástico está nesse link aqui http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1681844-15605,00-LADY+GAGA+E+KATY+PERRY+REFORCAM+A+SEREIAMANIA.html
A matéria da Record (Programa da Tarde, da Ana Hickmann e do Brito Jr.) está aqui: http://entretenimento.r7.com/programa-da-tarde/video/nicole-bahls-vira-sereia-e-nada-com-tubaroes-no-aquario-do-guaruja-509bf864b61c810c8aa7bacc/
A participação que eu fiz para a Band ainda não foi para o ar, mas essa semana saiu a chamada para uma matéria que uma revista inglesa especializada em sereias fez comigo. Parece que depois será televisionada também, mas para verem a foto-chamada, cliquem aqui: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=578787658804155&set=a.578780718804849.151453.217261174956807&type=1&relevant_count=1 Ou no site da revista: http://www.thefaeshop.com/shop/mermaids-mythology-magazine-issue-6/


Quais são os seus projetos futuros?
Bem, estou terminando meu livro agora e espero publicá-lo ainda esse ano, e fora isso, no mês de junho estará saindo do forno uma antologia de contos em que eu faço parte. Será um livro com 15 contos de amor, de 15 autores brasileiros. É um projeto em que estamos acreditando e batalhando bastante.

Deixe um recado para os leitores do Nessa News.
Quero mandar um beijo à todos e dizer que amei a entrevista! Que todos vocês tenham um 2013 maravilhoso. Que nunca deixem de acreditar na magia e nas sereias... hehe. Afinal, elas existem e estão entre nós desde nossa existência. Eu gostaria de dizer para as pessoas seguirem seus sonhos e não se preocuparem com questões pequenas. Procurem a felicidade e a liberdade de pensamento e não se limitem por medo de ousar ou de parecer diferente. Sejam justos e protetores em suas atitudes com os animais e sejam conscientes com o meio-ambiente que é a nossa casa. E amem o mar que é o nosso berço, o berço de toda a vida. E que esse amor venha carregado de fantasia para vocês sempre acreditarem no sobrenatural. Porque assim, vocês serão capazes de ampliar as emoções e quem sabe até mesmo escutar um canto vindo das ondas... um canto de sereia.














12 comentários:

  1. Adorei a entrevista, e realmente autor brasileiro no Brasil não é tratado com devido respeito, mas acho que o preconceito das editoras é derivado do preconceito dos leitores.

    Interessei muito pelo futuro livro da autora, medieval, muito interessante.

    Desejo que consiga uma editora para publicá-lo pois tem leitores como eu estão doidas para ler.

    Maravilhosa a entrevista e foi um prazer conhecer a autora.

    ResponderExcluir
  2. Oie amiga.
    Parabéns pela entrevista.
    Adorei a participação dela no Fantástico e no Programa da Tarde.
    A Mirella é uma fofa.Adorei as respostas dela.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nessa!
    Adorei a entrevista e conhecer mais a Mirella.
    Depois vou voltar aqui para dar uma conferida em suas participações nos programas de televisão.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista e a Mirella.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a entrevista!!! Sempre bom conhecer mais de um autor! Ainda mais se for autor nacional!! Temos muito talentos por aí escondidos! Como a Paros falou... Muito preconceito, principalmente dos leitores! Nós blogueiros temos de nos unir e focar em divulgação de literatura nacional de qualidade! Parabéns a autora!

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa!
    Como a maioria, conheci a Mirella através do Fantástico, mas a verdade é que já tinha visto o título 'Sereias' antes, mas nunca realmente interessado! Eu adorei o misticismo da jovem e a forma como ela trata o ser mitológico com tanta veemência como se o mesmo fosse real, e estivesse acoplado a ela!
    Quero ler o livro para conhecer finalmente esta autora maravilhosa fora das câmeras televisivas!
    Beijos,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro a capa do livro dela, eu sempre tenho que dizer isso, adoro conhecer um pouco mais das autoras, e achei o trabalho dela bem legal, já coloquei o livro na minha lista de desejados e assim que sobrar um dinheirinho pretendo comprar!

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  8. Estou louca para ler o livro da Mirella, amo sereias gente!! Queria ser uma seria também, mas não consigo ficar 5 segundos sem respirar debaixo d'água HAHAH. Amei a entrevista.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Nessa,

    Gostei bastante da entrevista, é bom saber um pouco mais sobre os autores e suas influências....parabéns...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ótima entrevista!
    Apesar das dificuldades em publicar no Brasil quero pelo menos acreditar que a situação está melhorando, estão sendo lançadas mais obras que á dois anos atrás. Ainda tem muito que melhorar, mas é um começo!
    Gostei muito da autora :)

    Beijos
    Marta
    As Palavras Fugiram

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Que legal a entrevista, adorei o jeito de ser da Mirella Ferraz, sem dúvidas uma mulher bastante especial! A mensagem que ela deixou aos leitores também é linda, e me ajudou a refletir um pouco em algumas áreas da minha vida.

    Beijos, Joyce.
    http://rosa-amarelo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa!
    Adorei a entrevista com a Mirella.
    Também sou super fã da Jk e da Marion Zimmer Bradley, mas Lolita não consegui ler. Achei a leitura bem chata.
    Publicar livros no Brasil é realmente complicado, mas acho que cada vez mais as pessoas estão dando importância para os livros nacionais e acredito que esse quadro vai mudar. pelo menos espero que sim. rsrs

    Bjs
    Gabi Lima
    http://livrofilmeecia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir