30/01/2013

Resenha: Sob a Redoma - Stephen King

Título original: Under the dome
Gênero: Thriller, ficção científica
Páginas: 960
Editora: Suma de Letras
Classificação: 4/5
O livro Sob a Redoma, de Stephen King, nos narra um fato súbito e curioso que acontece na cidade de Chester's Mill, no Maine.  Do dia para a noite, o distrito é isolado do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões de pequeno e grande porte explodem quando tentam atravessar essa barreira e animais são cruelmente mutilados. Amigos, familiares e moradores que estavam em cidades vizinhas ficam separados dos seus entes queridos. Ninguém sabe de onde surgiu essa redoma intransponível e nem quando ela irá desaparecer.

O cozinheiro Dale Barbara, conhecido popularmente por Barbie, veterano da guerra no Iraque, se une a um grupo de moradores - a jornalista Julia, o enfermeiro Rusty, a vereadora Andrea e os adolescentes Joe, Norrie e Benny, dentre outros - tentando manter a situação sob controle. Porém, se não bastasse o fenômeno sem explicação que os assola, eles também encontram resistência por parte de Big Jim, um político corrupto e inescrupuloso, capaz de tudo na luta pelo poder, e de seu filho Junior, um verdadeiro psicopata.

O isolamento imposto pela redoma tem um efeito extrassensorial nos habitantes de Chester's Mill. Vitimados  por tal isolamento, eles se encontram em seus limites, nutrindo os piores medos e ambições, e inclusive, trazendo à tona sentimentos reprimidos. Enquanto tentam se libertar da força magnética que os isola do mundo, também terão que lutar para sobreviver perante a crueldade humana, que se arraiga de forma desenfreada em vários corações.

Sob a Redoma é um livro instigante e bem escrito, daqueles que você tem uma certa dificuldade de se separar. Apesar de possuir 960 páginas, a história flui de forma impressionante e concisa. Logo de início, o enredo se desenrola a todo o vapor, e ao longo da trama, tal rapidez é contínua. Narrado em terceira pessoa, podemos ter uma profunda reflexão do ser humano e do que ele é capaz em situações de extremo risco. O autor foca bastante na linha tênue que divide o bem e o mal, com uma maestria incrível. Porém, o final do livro não fez jus a toda grandeza presente na trama. Não chegou a ser algo decepcionante, mas na minha opinião, faltou um pouco mais de desenvolvimento no desfecho final.

Barbie é um veterano de guerra e já passou por muitas situações cruciais, que levaram muitos soldados à loucura. Porém, ele aparenta não ter sido afetado, psicologicamente falando, pelos fatos ocorridos em seu passado, e leva uma vida pacata como cozinheiro no restaurante Diner Rose. Devido a uma briga, ou melhor, uma emboscada arquitetada por Junior e seus amigos da mesma espécie, ele está prestes a deixar a cidade de Chester's Mill, mas seu intento é impedido por ela, sim, pela famosa e temível redoma. Ao redor do campo de força invisível e misterioso, animais estão despedaçados e corpos de pessoas se encontram mutilados. É o apocalipse na Terra.

E se não bastasse esse isolamento profundo e impenetrável, muitas outras maldades assolam Chester's Mill. Cenas fortes, chocantes. Não vou dar muita ênfase para evitar spoilers, mas adianto que entre os fatos horrendos estão estupro coletivo e assassinatos cruéis. Sim, mesmo no fim do mundo, o homem ainda se mostra um dos animais mais irracionais da face da Terra.

"A lua avermelhada finalmente saí da imundície acumulada na parede leste da Redoma e lança a sua luz sangrenta. É fim de outubro e, em Chester's Mill, outubro é o mês mais rude, misturando lembrança e desejo. Não há lilases nessa terra morta. Nem lilases, nem árvores, nem capim. A lua olha a ruína e pouco mais." 
Sob a Redoma é um thriller assustador, tenso e instigante. Uma história com alto grau de terror, e posso afirmar que o que mais me chocou não foi a redoma em si, mas sim a crueldade, a maldade da qual o ser humano é capaz. Stephen King não poupa detalhes atrozes e sangrentos, e o mais triste é que não podemos dizer que tais atitudes são mera ficção, pois são fatos presentes em nosso cotidiano e relatados na mídia diariamente. Infelizmente, o final deixou um pouco a desejar. Não quero e nem vou entregar o "ouro", mas digo que os elementos empregados no desfecho final não foram convincentes e destonaram bastante com a trama, claro, na minha humilde opinião. A capa é muito bonita e retrata bem o conteúdo do livro, e a diagramação também está bacana, sem erros de digitação/ortografia. Um excelente livro, que poderia ter sido um pouquinho mais caprichado no fim, mas que nem por isso deixo de recomendar.

Está sendo produzida pelo canal  CBS uma minissérie sobre o livro, com estreia prevista em 24 de junho. Mais informações a respeito vocês encontram na página dedicada ao Stephen King no Facebook:  https://apps.facebook.com/stephenkingbrasil/exclusives/View/7331?preview=d890dbbe-e44b-483d-89ec-650f11407683
Confiram o booktrailer de Sob a Redoma:



21 comentários:

  1. Eita!!!!!!!!!! Apesar de ser bem escrito principalmente só devido ao fato de ser Stephen King, mas com certeza não é pra mim, já basta a violência no mundo que vivemos diariamente, ainda ter que passar um tempo lendo 917 com algum tipo de conteúdo que lembre demais a maldade humana?????

    Sinceramente gosto mais da minha irrealidade literária, prefiro me entreter viajando em algo belo ou fantasioso do que ler algo que só digite um site de noticias da net e as tenho terrivelmente não ficcionais.

    Mas para quem gosta do Mestre King é perfeito!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa estou doido , sabe o que é doido por esse livro ?

    É como sempre Vanessa você vem com essa super resenhas para piorar tudo HAHAHA , parabéns adorei muito bem feita !!

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, nessa! Me interessei muito pelo livro, por ser algo diferente do qual estou acostumada a ler - romance. Porém, apesar da leitura ter fluido bem para você, um livro grosso desse jeito me intimida de forma que acho que não consigo encarar mesmo.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada de Stephen King e acredito que esse será o primeiro. Adorei a resenha Nessa.

    ResponderExcluir
  5. Acho a capa desse livro simplesmente mágica. King realmente é um rei, um rei das palavras e das boas histórias. Li apenas quatro livros dele (Carrie, O Iluminado, A Hora do Vampiro e A Hora do Lobisomem) e meu blog tem o nome que tem por causa desses livros (e daquela da Clarice também), mas enfim, fugi do assunto. Esse livro, mesmo com o tamanho, deve ser sensacional e se eu pudesse escolher um livro grande (eu fujo deles), esse seria a minha escolha.

    Beijos,
    Felipe
    A Hora do Livro

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Nessa,


    Nunca li nada do autor e tenho muito vontade de ler esse livro, mesmo não tendo o final esperado por você...gostei muito da sua resenha..parabéns....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  7. Já tive minha cota de Stephen King e seus livros de terror, agora, apesar de ter gostado muito do autor, nesse momento ele não faz meu gênero. Sempre que possível evito ler livros com muita violência.
    A resenha ficou ótima, mas vou passar esse.
    Bjkas!
    Monique Martins
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  8. O livro desse ser muito bom, e ele é tão grande, e por incrível que pareça, quand o livro é bom eu adoro o fato dele ser bem grosso.
    Adorei a resenha, Vanessa!

    Beeijos.

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus, 960 páginas????? rsrsrsrsrs.. tem que ser bom néh não??! Esse autor é super conhecido por livros desse gênero thriller assustador, tava msmo pensando em ler algo atípico do que costumo ler, ainda bem que agora sei mais ou menos o que encontrar rsrsrsrs...

    Esse livro é uma especie de Big Brother, da vida real e de forma sangrenta rsrsrsrs... imagine um filme dele..ia ser show ;DDD

    Adorei a resenha flor... instigante viu... tanto que vou ler o livro! xDDD

    bjokas e até breve!

    Roberta Sheyler
    http://sonhosliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa!
    Acredita que nunca li um livro do King?Pois é,nem eu acredito as vezes.Mas já li muitas resenhas e percebi que os livros do autor sempre trazem,muito suspense e terror.Agora,960 páginas?!Isso é que é estar inspirado e conseguir escrever um livro tão longo sem deixar que a história decline e fique massante,meu respeito ao King.

    Bjos
    Fabi
    http://www.roubandolivros.com/

    ResponderExcluir
  11. Amooooooooooooooooooooooooo King! E adorei a resenha! Todos os livros dele que viram filmes ou seriados são maravilhosos! Mesmo sendo algo voltado para suspense e terror... Adoro! O cara é o rei da literatura suspense / terror. Ele e Alfred Hitchcock fazem mágica em filmes do gênero! Claro que o estilo do livro não é o meu preferido, mas eu curto coisas do gênero de vez em quando e principalmente quando são de pessoas de respeito como King! Vai pra lista!

    ResponderExcluir
  12. Não tive a oportunidade de ler nenhum livro do Stephen King, mas fiquei muito curiosa desde o lançamento de Sob a redoma....
    Espero poder ler em breve !
    Ótima resenha.....como sempre!

    ResponderExcluir
  13. adorei a resenha, fiquei super curiosa!
    Gostei bastante do seu blog, já estou seguindo, assim nāo perco nenhum post!
    Bjs

    http://livrosealem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oie amiga.
    Nunca li nada do Stephen..você sabe como sou medrosa,não sou muito
    de ler thriller assustador,mas tenho um certa curiosidade é ler
    os livros de King.Quem sabe mais para frente começo a ler.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos :D

    ResponderExcluir
  15. Oi Vanessa!
    Nossa, só fiquei mais curioso! Esse livro parece ser incrível. Mesmo você ressaltando que o final não foi muito coerente com a história no geral, eu estou ansioso e quero muito ler esse livro.
    Acredito que seja ótimo e adoro o clima tenso que o Stephen King cria em seus livros.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  16. Eu estou precisando e muito ler este livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  17. Aaaai adorei esta resenha. Sabe... eu morro de vontade de ler algo do King, mas tenho bastante medo. Esse livro é um dos que eu mais queria - e quero - ler dele e não tinha conhecimento de nada. Só sabia da capa, que é bem sugestiva né? kkk'
    Sua resenha está muito boa e só deixou mais curiosidade para sabermos sobre este final tão... digamos que pouco pela grandiosidade da história.
    Obrigado por comentar no meu blog.
    Gabriel - Corações de Neve

    ResponderExcluir
  18. gostei da resenha, mas meu pai é muito grosso esse livro uashushau
    mas deve ser bom mesmo, fiquei curiosa pra ler

    ResponderExcluir
  19. Sempre quis ler um Stephen King, e esse livro me interessou bastante, sua resenha só aumentou a vontade ^^

    Mas acho que quando eu for ler finalmente um dos livros do autor eu começar com menos intimidante do que 900 páginas hehe

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu achei a premissa do livro muito interessante e as resenha que tenho lido até hoje forem bem positivas. É uma pena que o final não tenha sido muito bom. O que desanima completamente é o preço! D:

    Beijo:*
    Naty.

    ResponderExcluir
  21. Que resenha é essa mulher,preciso ler esse livro,me impactou de tal forma que estou PRECISANDO ler o livro para saber como reagem e o que acontece as pessoas dessa pequena cidade,vou ter que confessar,mesmo com muita vergonha,que nunca li nada do autor... eu sei,em que mundo eu vivo,mas vou mudar em breve com Sob a Redoma.

    bjsss

    Bianca
    http://www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir