17/02/2013

Caixinha de Correio #10

Boa tarde pessoal! Confiram mais uma caixinha de correio do Nessa News.

O livro Grandes Esperanças adquiri no site da Saraiva. Desde que vi a divulgação desta versão da Landmark nas redes sociais, fiquei apaixonada. Ela é hardcover e bilíngue (português/inglês) como os demais livros da editora.
 GRANDES ESPERANÇAS - CHARLES DICKENS

A fama e o alcance dos romances e contos de Charles Dickens ultrapassaram o período de sua vida. Sendo considerado como um dos maiores escritores ingleses, um dos melhores da literatura da era vitoriana e um dos introdutores da crítica social na literatura de ficção inglesa.

"Grandes Esperanças" é considerada uma de suas obras-primas, compartilhando esta posição ao lado de "David Copperfield" e "Oliver Twist." Dividido em três partes, discutindo a bondade, a culpa e o desejo de seus personagens, o romance originalmente foi escrito como um folhetim e publicado na revista literária semanal "All The Year Round", de propriedade do próprio Dickens, entre dezembro de 1860 e agosto de 1861. "Grandes Esperanças" posteriormente, foi publicado em três volumes pela editora Chapman & Hall, de Londres.

"Grandes Esperanças" é, sobretudo, um romance de redenção e perdão de seus protagonistas: narra a história de Philip Pirrip. ou simplesmente Pip. Órfão criado pela irmã em uma ambiente de pobreza, Pip vive na casa de sua irmã mais velha, casada com um ferreiro do vilarejo. São pobres, mas não miseráveis, porém, o que aflige Pip, e seu cunhado e único amigo Joe Gargery, é a truculência com que são tratados por Mrs Joe, que inferniza a vida de todos que a cercam. Aos seis anos, Pip comete um crime: ajudar Abel Magwitch, um fugitivo da prisão, a escapar da polícia nas charnecas inglesas, fato que marcaria profundamente seu futuro.

Por intermédio do tio do seu cunhado, Mr. Pumblechook, Pip consegue um emprego na mansão de Miss Havisham como garoto de companhia; lá, conhece Estella, filha adotiva de Miss Havisham, seu advogado Mr. Jaggers, Herbert Pocket e outros parentes da solitária e amargurada senhorita.

A vida de Pip é radicalmente alterada logo após Pip deixar os serviços de Miss Havisham, ao ser informado por Mr. Jaggers que um misterioso benfeitor anônimo financiará sua educação em Londres para torná-lo um cavalheiro e que este benfeitor deixará sua fortuna como herança para Pip, que passa a contar então com grandes esperanças com relação ao seu futuro. Sua mudança para Londres, o esforço em seu tornar um cavalheiro e os dilemas morais tornam esse romance de Charles Dickens uma leitura profunda e inesquecível.

Charles Dickens ainda aborda questões envolvendo a justiça, o racismo, a escravidão, o alcance do império britânico e as questões coloniais. As "grandes esperanças" do título revelam a ironia e maestria de Charles Dickens ao narrar o desenvolvimento da história: ao mesmo tempo em que elas são o norte e guia para o futuro do jovem Pip, transformam-se no elemento que determinarão seu futuro.

"Grandes Esperanças" revela ainda a compreensão suave e amarga que Charles Dickens tinha dos nossos mais profundos dilemas, nascidos das nossas obsessões e das nossas ilusões. 

"Grandes Esperanças" recebeu mais de dezoito adaptações para o cinema, o teatro e a televisão, sendo as mais importantes, a versão de 1946, dirigida por David Lean  e estrelada por John Mills e Alec Guinness; a versão modernizada de 1998, dirigida por Alfonso Cuarón e estrelada por Ethan Hawke e Gwyneth Paltrow; e a mais nova versão, em comemoração ao bicentenário de Charles Dickens, dirigida por Mike Newell e estrelada por Helena Bonhancarter, como Miss Havisham, Ralph Fiennes, como Abel Magwitch, e Jeremy Irvine, como Pip.


Recebi como cortesia da nova parceira do blog, Companhia das Letras, o livro A Menina que Fazia Nevar, de Grace McCleen. A Menina que Fazia Nevar foi lançado pelo selo de entretenimento e romance da editora, Paralela, e veio acompanhado de um calendário e de alguns folhetos.

 A MENINA QUE FAZIA NEVAR - GRACE MCCLEEN

Todos os dias se parecem na vida que Judith McPherson leva ao lado do pai. Eles têm uma rotina simples e reclusa, numa casa repleta de lembranças da mãe que ela nunca conheceu, e as únicas pessoas com que convivem são os fiéis da igreja cristã a que pertencem. Judith não tem amigos na escola, onde é alvo de gozações, e para encontrar consolo se refugia no mundo de sucata que construiu em seu quarto. Lá, cada dia é um dia, e a vida pode ser incrivelmente feliz graças a sua imaginação. Basta acreditar que a Terra Gloriosa, como ela chama sua maquete, é realmente o paraíso prometido onde um dia vai viver ao lado de sua mãe.

Aos dez anos, Judith vê o mundo com os olhos da fé, e onde os outros veem mero lixo, ela identifica sinais divinos e uma possibilidade de criar. Assim, constrói bonecos de pano e inventa para eles histórias felizes na Terra Gloriosa. O que nem Judith poderia imaginar é que talvez seu brinquedo seja mais do que uma simples maquete.

Pelo menos é o que parece quando ela cobre a Terra Gloriosa de espuma de barbear e a cidade parece coberta de neve na manhã seguinte! Um pequeno milagre, é assim que ela interpreta esse e outros sinais parecidos. Tão pequeno que muitas pessoas poderiam pensar que não passa de coincidência, mas Judith sabe que milagres nem sempre são grandes, e que reconhecê-los é um dom de poucas pessoas.

Longe de ser benéfico, no entanto, esse poder traz consigo uma grande responsabilidade. Afinal, seria certo usar a Terra Gloriosa para se vingar de Neil Lewis, o colega que a maltrata todos os dias na escola? Às vezes, nosso ato mais bem-intencionado pode ter resultados desastrosos. A Menina que Fazia Nevar é uma lição para todos que passam pela vida sem reparar nos pequenos detalhes. É também uma poderosa mensagem de esperança e reconciliação que já inspirou muitos leitores em diversos países.


19 comentários:

  1. Aceito Grandes Esperanças de presente kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Kit maravilhoso que você recebeu, hahahaha


    http://paginasnaestante.blogspot.com.br/
    @pginasnaestante

    ResponderExcluir
  3. Oie amiga,
    Que livros lindos.
    Quero muito Grandes Esperanças , já li algumas resenhas positivas deles e fiquei curiosa com o livro.
    A MENINA QUE FAZIA NEVAR eu gostei da sinopse, parece ser interessante, além que a capa é linda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Nessa,

    Bela caixinha...quero muito Grandes Esperanças....aguardarei resenha..abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nessa!

    Acho tão linda a capa de Grandes Esperanças. :)
    Livros ótimos, estão na minha lista que nunca para de crescer.

    Beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir
  6. Estou doida por esse A MENINA QUE FAZIA NEVAR.
    Lindos livros!!

    Bjkas


    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Grandes Esperanças é MARA!!! Adorei a caixinha!

    ResponderExcluir
  8. Parece ser muito bom.
    Seu blog está lindo, flor.

    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Grandes Esperanças tem uma capa linda, e A Menina Que Fazia Nevar parece ter uma história boa.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Essa edição de Grandes Esperanças é maravilhosa! Quero muito ler A Menina Que Fazia Nevar, parece ser um ótimo livro.

    Beijo:*
    Naty.

    ResponderExcluir
  11. Oi, nessa!
    Achei bonitinha a capa desse Grandes Esperanças. E, nossa, que sinopse enorme!
    Estou super interessada em ler A Menina que Fazia Nevar. Acho a capa linda e adorei o book trailer que vi por aí.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Nessa! Adorei a Caixinha. "A Menina que Fazia Nevar" parece ser muito legal. o Primeiro livro que mostrastes eu não conhecia...Mas adorei :)

    http://foolishhappy.blogspot.com.br/

    PS: Estou procurando blogs e/ou blogueiras que façam aniversário no mês de março para se juntar a mim numa big promoção. Se souberes de alguém, me avisa? *-*
    Xoxo

    ResponderExcluir
  13. a menina que fazia nevar parece ser legal.

    ResponderExcluir
  14. Oi Nessa!

    Tb me apaixonei pela versão de Grandes Esperanças da Landemark, é muita linda mesmo,adoro livros em hardcover.

    Bjos

    http://www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  15. Li A Menina que Fazia Nevar e é LINDO, Nessa!!! Acho que vc vai gostar! :)

    beijooooooos

    ResponderExcluir
  16. Ahhhhhhhhhhhhhh!!! A landmark ta arrasando!! ^^

    E que kit mais fofo ^^

    =*

    ResponderExcluir
  17. AMEI a capa de A Menina que Fazia Nevar! A sinopse me atraiu bastante também.
    Beijos,


    Letícia
    www.odomdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Amiga!
    Adorei suas novas aquisições. (:
    Confesso que tenho vontade de ler os dois livros, até porque parecem muito bons.
    Boas Leituras!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  19. Gente, não sou uma fã de livros históricos, até já tentei ler alguns, mas simplesmente não consegui, tipo o Morro dos ventos Uivantes, eu não consegui lê-lo de jeito nenhum. Mas esse livros Grandes Esperanças, parece ser um bom pra eu tentar ler!

    ResponderExcluir