14/02/2013

Resenha: Sou Toda Errada - Tammy Luciano

Edição: 1
Ano: 2009
Gênero: Romance
Páginas: 136
Editora: Imprimatur
Classificação: 5/5
O livro Sou Toda Errada, de Tammy Luciano, nos conta a história de Mila, uma jovem afortunada da zona sul do Rio de Janeiro. Mila é muito bonita e aproveita a vida das melhores formas possíveis, ou seja, esbanjando muito e curtindo baladas, festas e passeios em shoppings. Sua rotina não é muito diferente do que de qualquer patricinha que se preze. Seu cotidiano é alterado por Neco, que acabou se tornando o seu grande amor - e também sua imensa obsessão. Eles engatam um namoro recheado por conflitos, brigas e muito ciúme. Depois de certo tempo, o relacionamento dos dois fica insustentável e Neco decide colocar um ponto final, deixando Mila em frangalhos.

"Sentia raiva de uma música por ciúme, de um lugar por medo e de pessoas por defesa. Era um ciclo. Muitos dos meus defeitos eram encadeados, existiam e dependiam uns dos outros, mas esse era o meu menor problema. Queria conversar com o meu namorado, conversar sério. Precisava externar minhas mágoas e abrir o jogo. Precisava que ele fizesse o mesmo e dissesse os seus sentimentos, afinal ele tinha uma importância fundamental na minha vida. Se em alguns dias estar ao seu lado era ruim, ficar longe era inaceitável."
Mila se vê completamente desolada e percebe que perdeu aquele que considerava ser a sua alma gêmea. Seus amigos, a faculdade e o limite infinito dos cartões de créditos já não conseguem mais lhe suprir e nem apagar as memórias de Neco de sua mente e coração. Nada consegue preencher o vazio do seu interior e a dor se torna uma constante em sua vida.

Sem rumo e alicerce, ela acaba trocando os pés pelas mãos, e levando uma vida completamente desregrada. Tentando se esquecer de Neco, ela se entrega ao sexo fácil, às drogas e ao álcool, se tornando cada vez mais oca e amargurada por dentro. Sua obsessão pelo ex não tem fim, e ela acaba semeando discórdias e mentiras, achando que com isso, poderá tê-lo de volta...

Eu já conhecia a sinopse de Sou Toda Errada, mas não imaginava como o enredo de Tammy Luciano poderia ser tão intenso. Mila vai do paraíso ao inferno, em um estalar de dedos, e o pior de tudo, não percebe o quanto está afundada nesse lamaçal. Ela continua cometendo erros desenfreadamente, achando que desse modo, trará Neco de volta para a sua vida, se vendo mergulhada em uma forte obsessão por seu ex. O seu detrimento se dá de forma voraz, e ela é capaz das piores estratégias para alimentar seus insanos pensamentos. Narrado em primeira pessoa pela Mila, acompanhamos toda a sua trajetória, desde o flerte que resultou no namoro até o inevitável fim.

Mila nunca valorizou Neco como deveria. Não que ela tenha que colocá-lo em uma redoma ou em um pedestal de ouro, mas creio que certas atitudes de carinho e demonstração de afeto são a base de um relacionamento. Ela sempre teve um ciúme doentio dele, e o humilhava consequentemente, dizendo que não precisava dele, que ela rica, linda e poderosa e ele não valia nada. Como diz o ditado "Água mole pedra dura tanto bate até que fura", Neco acabou cansando de tanta briga e loucura, e decidiu que era melhor cada um seguir sua vida.

Mila se abateu, mas se escondeu até os seus limites se findarem por debaixo da aparência. Ela não quis dar o braço a torcer e começou a inventar calúnias e dizer que não precisava do ex e tal. Mas, aos poucos, não consegue estancar o vazio e sofrimento que ele deixou, e acaba extrapolando de todas as formas, achando erroneamente que tais atitudes resultarão em uma reaproximação, sendo justamente o contrário. A posse, a obsessão que ela sente por Neco é doentia, e ela acaba se ferindo, sangrando consecutivamente, mas parece não perceber o que acontece ao seu redor.

Em suma, Sou Toda Errada é direto, sem arestas e com certeza, ajudaria muitas garotas que passam pelo mesmo dilema de Mila. Com uma escrita coloquial e fluída, Tammy mostra através de sua antagonista, o que não fazer, o que evitar, caso alguém se encontre na mesma situação. Gostei muito da capa e da diagramação, só a falta de aspas e travessões durante os diálogos que me confundiu um pouco, mas nada grave. Recomendo.

"Às vezes é preciso morrer na vida de alguém para permanecermos vivos."




18 comentários:

  1. Já ouvi falar de toda errada, mas tenho implicância com essa temática, não faz muito o meu estilo de leitura, mesmo ter passado a impressão que não é um chicklit bobo, pelo contrário bastante denso.

    Quem sabe não dou uma chance ao livro.

    ResponderExcluir
  2. Realmente a Mila é muito intensa.... eu li o livro e viajava nas emoções dela.. ela é louca,mas amei demais o livro,a narrativa é carregada de emoção e não tem como não se envolver com ela!!!!

    Que resenha linda!!!

    bjsss

    Bianca
    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não fazia a mínima ideia que esse livro seria considerado tão bom assim. Quando li a sinopse achei bastante clichê, mas depois da sua resenha até gostaria de ler!




    http://paginasnaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie amiga.
    Eu conhecia esse livro , é como você, só conhecia a sinopse.
    Espero ler esse livro em breve.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Tomei conhecimento do livro a pouco tempo e agora por sua resenha vejo que ele pé bem diferente do que imaginei! O livro vem com uma temática forte e com certeza deve ser um aprendizado a história de Mila, eu sempre achei muito estranho garotas super dependentes de namorados e vejo que muitas meninas são assim, acho que o livro realmente ajudaria essas garotas! Amei a resenha.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha visto algo sobre o livro, mas esse tipo de temática muito forte não me agrada, aliás: me repele. Esse tipo de leitura me deixa tensa e eu gosto de viver leve. Temas como sexo e drogas em excesso não são bacanas para mim.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Não sei se eu leria mais um livro da Tammy, estou lendo Garota Replay e não estou gostando, o jeito é continuar a leitura e ver o que vai dar no final, né.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Vanessa!
    Não conhecia o livro, mas apesar de sua resenha está ótima, não consegui me interessar pelo livro.

    Obrigada pelo seu comentário lá no Sook! ^^
    Tem postagem nova por lá...

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Nessa,

    Tenho curiosidade em relação a esse livro, quem sabe um dia eu leia...parabéns pela resenha...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas parece muito bom. Conheci o trabalho da Tammy pelo Garota Replay, mas ela com toda certeza tem outros ótimos livros.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Então, parabéns pela resenha. Depois da leitura de Garota Replay da Tammy, fiquei curiosa para conhecer suas outras obras. Essa com certeza será a próxima.
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa!

    Nunca li nada da Tammy,mas já ouvi falar de Garota Replay,onde uns amavam e outros não,era meio como ou 8 ou 80,e já tinha escutando o nome do novo trabalho da autora. Pelo que pude perceber Tammy Luciano procura sempre deixar mensagens em sua histórias e muitas situação em que poderíamos nos encontrar.

    Bela resenha Nessa.

    Bjos
    http://www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  13. oi, estou seguindo o seu blog, retribui no meu blog ta?
    http://luadesangue1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gosto de livros diretos, e a Tammy Luciano parece sempre trazer uma grande provação para suas protagonistas (vide Garota Replay), mas não consigo me interessar o mínimo que seja por suas obras... Ao mesmo tempo que só vejo resenhas positivas, mais percebo que isso não é pra mim!
    Beijos,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  15. Oi Vanessa!
    Esse livro parece ser interessante. Eu o conheci na época em que a Tammy estava divulgando "Garota Replay" e fiquei interessado.
    A protagonista parece errar bastante mesmo e por causa disso, vive grandes provações.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  16. Parece ser um livro que apesar juvenil é bem intenso. Porém não faz o meu estilo de leitura, não no momento. Em alguma fase talvez... Mas gostei da resenha, foi bem clara e objetiva!

    ResponderExcluir
  17. 5/5? Já me interessei! É uma ótima resenha, Nessa. Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro e nem sobre a autora, mas já fiquei bem interessada. Gostei da frase: "Às vezes é preciso morrer na vida de alguém para permanecermos vivos."

    Xoxo
    http://foolishhappy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ótima escolha para resenha. Os autores nacionais estão bombando.
    Beijos

    ResponderExcluir