01/06/2013

Resenha: Doce Inocência - Kate Hewitt

Título original: Kholodov's Last Mistress
Gênero: Romance de banca
Páginas: 320
Editora: Harlequin
Classificação: 4/5
O livro Doce Inocência, de Kate Hewitt, nos traz duas histórias. A primeira, que leva o título homônimo do livro, começa quando a turista Hannah Pearl é salva de um assalto em Moscou por Sergei Kholodov. Hannah é extremamente inocente, ao contrário de Sergei, que já passou por muita coisa na vida e tem uma malícia bastante aflorada. Esse conflito de personalidades entre ambos é justamente o que os atrai. Porém, a inocência da moça é de uma proporção tão absurda que Sergei resolve desistir dela, e Hannah volta para a sua cidade natal.

Após um ano do ocorrido, Sergei decide procurar por Hannah, já que nunca conseguiu esquecê-la, e buscar ao menos uma noite de amor com ela, tentando assim, apagá-la de vez de sua memória. Só que a aproximação entre os dois é cada dia mais viciante e vigorosa, os tornando reféns de um sentimento intenso e avassalador...

No início, me irritei demais com a Hannah. Ela é tão ingênua, mas tão ingênua, que chega a ser tola. Porém, o distanciamento entre os dois serviu para que ela amadurecesse e passasse a ser uma mulher de fibra e de atitudes. A partir daí, o romance engata de uma forma muito gostosa, nos presenteando com um pano de fundo lindo, permeado por vários cenários da Rússia e descrito de uma forma peculiar.
" - Em algum ponto da sua vida, Hannah, você vai descobrir que as pessoas te decepcionam. Te enganam. Acho melhor aceitar isso e seguir do que se deixar abater continuamente."
Na segunda história, Segredos de Um Desejo, de Charlene Sands, conhecemos Evan Tyler, dono de uma rede de hotéis e um rapaz incrivelmente sedutor. Durante um passeio por um resort, ele conhece Elena Royal, filha de um dos seus maiores concorrentes no ramo hoteleiro. Aproveitando a deixa, ele se aproxima da moça buscando arrancar informações confidenciais do seu maior rival, e de quebra, desfrutar de sua beleza privilegiada. Os dois vivem tórridas e inesquecíveis noites de amor.

Achei essa história bem mais encorpada e sensual do que a anterior. A tensão sexual aqui é maior, e apesar de Evan ter se aproximado de Elena com dúbias intenções, ele mostra ao decorrer do enredo, que a ama muito. Ela por sua vez, é uma mulher cheia de personalidade e atitude, e apesar de se sentir fortemente atraída por ele, não cede de primeira, devido ao comportamento cafajeste de Evan no início.

Gostei do livro e da forma como as autoras trabalharam os romances. Ambas as histórias são narradas em terceira pessoa e nos apresentam casais que vão sendo trabalhados dia após dia, vencendo seus defeitos e amadurecendo. As cenas de amor são bem conduzidas e calientes. A capa do livro é bem simples e encontrei alguns erros de digitação em seu miolo, mas nada grave, que chegue a atrapalhar a leitura. No mais, é um bom romance de banca e não deixo de recomendar.

18 comentários:

  1. Parabéns pela resenha, nessa! Gostei bastante. Esses dias foi ao centro da minha cidade, e não consegui me conter: tive que ficar olhando todas as bancas por onde passava, para ver se encontrava um romance de banca da Harlequin. Mas cadê que encontrei?
    Acho que este deve ser ótimo, diante dos seus comentários.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Geralmente não leio os romances de banca da série paixão,mas me interessei por esse,estou in love com a Rússia e romances bem desenvolvidos e quentes eu adorooo demais!!!

    adorei a resenha,vai para a minha lista!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sou apaixonada pelos livros de banca da Harlequin.
    Adorei as duas estórias, mas curti mais a resenha da segunda.
    Fiquei curiosa, pois não li ainda nenhuma das duas.
    Caixinha de Correios #19.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha... Bem, duas histórias deliciosas e que garantem um dia, uma noite cheia de romance... Eu gosto... Caiu esses livros em minha mãe eu devoro...

    ResponderExcluir
  5. Oii!!
    Como sou fã de romances de banca, vou querer ler!
    Gosto quando os personagens amadurecerem nas histórias!
    Vai para a lista de desejados!
    Beeijos

    Elidiane - Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  6. A capa não me atraiu muito, mas a história parece ser boa.
    Vou procurar na biblioteca! heheheh.

    ResponderExcluir
  7. Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom,
    li algumas coisas folhe-ei algumas postagens,
    gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha.
    Deixo-lhe a minha bênção.
    E que haja muita felicidade e saúde em sua vida e em toda a sua casa.
    PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa, estes romances são ótimos para se ler em um dia frio como hoje.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Adoro romances de banca, e com toda certeza quero ler este.
    Adorei sua resenha,só não gostei da capa dele, achei muito simples.
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Romances de banca me remetem ao tempo dos Sabrinas ! Deve ser bom :)

    ResponderExcluir
  11. Olá Nessa não sou fã de romance de banca ,mas com a sua resenha passei a me interessar por esse tipo de livro .

    ResponderExcluir
  12. Nessa, nao sou fã de romances de banca.
    Acho todos muito cliches. Ultimamente so tenho lido a serie Bella Andre, pq, apesar de ser estilo romance de banca, sou parceira da nc e acho q sempre vle a pena ler algo deles xD
    beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie amiga
    Amo romance de banca e desejo ler esse livro sim.
    Parabéns pela resenha :-)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Nossa faz tempo que não me dou ao luxo de ler romances de banca que acaba até me esquecendo como eles muitas vezes são semelhantes.
    Nessas duas histórias vemos casos bem tipicos dos romances de banca..Um da mocinha super inocente e no outro o caso da aproximação por interesse empresarial..enfim acho que meio me enjoei desses tipos de livros..

    ResponderExcluir
  15. Não faz muito tempo eu recebi um livreto da primeira história do livro, achei tão interessante na época, reacendeu meu desejo de ler :) Obrigada pela resenha

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  16. Não tenho costume de ler romance de banca da série Paixão, mas até que esse pelo visto é interessante!

    ResponderExcluir
  17. Acabei de pegar esse livro para ler após ler a resenha!!
    Sempre adorei os romances da editora Harlequin =)

    ResponderExcluir
  18. Os contos da Harlequin sempre me encantaram, mas esse livro é muito bom mesmo, vale a pena e são muito baratinhos, o que compensa ainda mais... já que hoje em dia os livros andam tão caros =/

    ResponderExcluir