05/07/2013

Resenha: O Príncipe da Névoa - Carlos Ruiz Zafón

Título original: El príncipe de la niebla
Gênero: Romance juvenil
Páginas: 184
Editora: Suma de Letras
Classificação: 5/5
O livro O Príncipe da Névoa, primeiro volume da Trilogia da Névoa, de Carlos Ruiz Zafón, se passa em 1943 e nos conta a história do garoto Max Carter, de 13 anos. A família de Max se muda por ordem do pai - um relojoeiro e inventor - para um pacato vilarejo no litoral. Porém, a nova casa da família tem uma atmosfera sombria e misteriosa, e atrás dela se esconde um jardim soturno, repleto de estátuas e símbolos de origem desconhecida.

Fatos estranhos começam a se suceder com a família: Alicia, irmã de Max, começa a ter pesadelos aterrorizantes e a caçula, Irina, ouve vozes perturbadoras e acaba sofrendo um acidente grave.

Neste meio tempo, Max e Alicia fazem amizade com Roland, neto de Víctor Kray, o guardião do farol da região. Com a ajuda do novo amigo, eles descobrem o esqueleto do Orpheus, um barco que afundou durante uma tempestade há muitos anos atrás e que ceifou a vida de todos os seus tripulantes, com exceção da do responsável pela construção do farol.

Enquanto Max, Alicia e Roland vão colhendo provas a respeito do naufrágio e dos mistérios que o cercam, o primeiro amor acontece entre os adolescentes. E, neste mesmo cenário, surge um personagem apavorante e diabólico, o Príncipe da Névoa, capaz de realizar qualquer desejo, porém, por um preço muito alto...
"Max tinha lido uma vez, num dos livros do pai, que certas imagens da infância ficam gravadas no álbum da mente como fotografias, como cenários aos quais, não importa o tempo que passe, a pessoa sempre volta e nunca esquece (...)"
O Príncipe da Névoa foi o primeiro livro que Zafón escreveu, na década de 90. Apesar de ser considerado infantojuvenil, nos traz uma história que pode - e deve - ser apreciada por todas as faixas etárias, tamanha a grandeza de seu enredo. Narrado em terceira pessoa, adentramos um universo muito bem construído e peculiar,  intercalado com magia e mistério nas mesmas proporções. Os personagens foram bem formulados e, apesar de serem crianças, são destemidos, corajosos e bem heterogêneos entre si.

A narrativa do Zafón é surpreendente. Com precisão e maestria, ele acrescenta vários elementos ao seu enredo, e obtém um resultado mais do que satisfatório com isso, encantando o leitor logo nas primeiras linhas. Sua imaginação é fértil e sem limites, e ele sabe retratá-la com afinco em sua história, de uma forma impressionante, e em muitos momentos,  soando quase que verossímil.

Os personagens foram muito bem talhados, em especial, Max e Roland. Apesar das irmãs de Max serem meio que sensitivas quanto ao clima pesado do local, não achei que elas se destacaram tanto na trama. O romance que acontece na história é bem leve e suave, com todo aquele clima de descoberta, primeiro amor e tal, nada muito intenso e enfocado.

O enredo é cercado por muito mistério, e isso aguça ainda mais o prazer da leitura. Coisas inimagináveis acontecem na história, nos surpreendendo capítulo após capítulo. O Príncipe da Névoa é uma figura intrigante que sabe bem como amedrontar e foi bem incorporado a trama, com todas as suas características maquiavélicas e a forma nada maleável de cobrar o preço pelos seus favores.

Em suma, O Príncipe da Névoa é um livro inteligente, bem escrito e repleto de mistérios. Zafón consegue compor tramas intrigantes, que nos revelam todo o seu talento nato, e o primeiro volume da Trilogia da Névoa enaltece ainda mais essas suas qualidades. Gostei da capa do livro, que transmite bem o teor da história e a diagramação está perfeita, com uma revisão de qualidade, fonte em bom tamanho e a ilustração de um pequeno farol no começo de cada capítulo. Recomendo, com certeza!

Confiram o booktrailer de O Príncipe da Névoa:




18 comentários:

  1. Eu sou louca para ler o Zafón e ler sua resenha confirmou a minha necessidade de conhecer a narrativa do autor,acho que vou começar por esse,adorei a temática e pelo que li aqui vou adorar o livro!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa :)

    Meu deus pelo jeito eu vou gostar desse livro em, quero ler algo do Zafón o mais rápido possível !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Zafón dispensa apresentações! Adoro! Divo! Livros excelentes e que nunca desapontam!! Adorei a resenha! Vai pra lista, ou melhor, já está lá!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o autor,depois desta resenha quero muito conhecer a estoria do livro.

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa eu sou fanzona do Zafón, Tô lendo agora Palácio da Meia Noite e já tenho em pdf Luzes de Setembro que conclui essa trilogia ... E eu espero que ele tenha longos anos de escritor rsrs eu não sei se vc leu os últimos livros dele " A Sombra do Vento e o Jogo do Anjo" eu acredito que até quem ñ gosta de sobrenatural não critica uma obra tão bem escrita, gostei muito da sua resenha, também fiz uma lá no blog e como vc diz ele tem "à maestria" é uma história dentro da história ! Muito bacana. Parabéns!
    PS * Não último publicado e sim escrito, por que essa trilogia na verdade são os primeiros rsrsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu ainda não li nada do autor e tenho muita curiosidade.
    Penso em começar por esta triologia, parece ser muito bom.

    Beijos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, nessa!
    Essa é a segunda resenha que leio deste livro, e que conseguiu despertar em mim a vontade de lê-lo. Só desanimei com o fato de fazer parte de uma trilogia.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa!
    Gostei da resenha, mas ainda não consegui me interessar por nenhum dos livros desse autor.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa!
    Acredita que eu ainda não li nada do Zafón? Morro de vontade mas até agora não tive oportunidade. :( Quem sabe eu não comece com esse? ;)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  10. Olá Nessa adorei sua resenha e como sempre trazendo novidades hein...bjs

    ResponderExcluir
  11. oi Nessa, tudo bom?
    Então como não se encantar por Zafón? ele é um mago que nos enreda em uma magia chamada escrita que encanta demasiadamente exatamente pela sua inteligência e perspicácia por dar aquilo que nós como leitores procuramos, esse é um dos poucos que ainda não li, mas espero logo ter a oportunidade

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. morro de vontade de ler os livros desse autor
    e sempre acabo não fazendo isso.
    Acho que seja a falta de tempo, a lista grande de livros... Não sei.
    Mas adorei a resenha, muito bem escrita e realmente me deixou com mais vontade ainda.
    agora é esperar tempo para ler haha
    segui teu blog ^~
    beiijos
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Já ouvi falar que esse livro é um pouco assustador
    Mas não me chama muita atenção

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oie Nessa =)

    Eu sou completamente doida para ler alguma coisa desse autor, pois tantos falam tão bem dele que me sinto uma ET por nunca ter lido nada rs...

    Estou com o e-book desse livro para ler aqui, e espero que gostar bastante ^^

    Parabéns pela resenha!

    Beijos e um ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  15. Uau, preciso deste livro! *-* Já havia me encantado com a sinopse e, depois da sua resenha, fiquei mais curiosa ainda! Não sabia que O Príncipe da Névoa era juvenil, e isso é só mais um motivo pra eu querer ler... Já vai pra listinha de desejados! ;)
    Bjus!
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  16. Oie amiga
    Cada vez que leio sua resenha de algum livro do Zafón fico cada vez mais desesperada em ler alguma obra dele.
    Parabéns pela resenha linda.
    Beijos

    Jéssica R.
    Leitora Sempre
    http://leitorasempre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Bom dia Nessa,

    Não li nada do autor ainda,mas estou com Marina aqui na lista de espera e espero gostar...bela resenha...abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. eeeeeeeee mais outro livro que tenho e que lerei logo!
    Amo a escrita do Zafón, e olha que sou medrosa até na leitura, mas surpreendentemente leio os livros desse autor, na verdade não tem surpresa alguma, ele é bom demais na escrita e isso faz sumir qualquer medo, mentira, um pouco do medo, porque quando estar muito intensa eu interrompo a leitura rsrs foi assim com Marina ;P
    beliscões

    ResponderExcluir