18/10/2013

Resenha: Gêmeas - Mônica de Castro

Edição:
Ano: 2009
Gênero: Romance espírita
Páginas: 512
Editora: Vida e Consciência
Classificação: 4,5/5
Onde comprar: Submarino
O livro Gêmeas, de Mônica de Castro e psicografado pelo espírito Leonel, nos conta a história de duas irmãs gêmeas, Suzane e Beatriz, separadas logo após o nascimento. A trama se inicia no interior de Mato Grosso, e nos apresenta os pais biológicos das garotas. Eles são bem humildes e levam uma vida simples e cheia de dificuldades. Quando a mãe, Sebastiana, recebe a proposta de vender as filhas por uma determinada soma de dinheiro, acaba por concordar. Porém, com o nascimento delas, se arrepende e tenta voltar atrás, o que acaba resultando na morte de seu marido, Roberval e no rapto abrupto das meninas.


Anos depois, o destino as une novamente. Suzane foi criada em Brasília por uma família bastante abastada. Sua vida desmorona com a morte de seus pais, que até então ela não sabia se tratarem de adotivos. Além de órfã, toda a sua herança é roubada por Cosme, seu ganancioso tio, que alega que a jovem não tem direito sob a fortuna, por não ser filha de sangue do casal. Completamente abalada e consternada, ela resolve refazer sua vida no Rio de Janeiro, mas promete se vingar de Cosme assim que possível.

Beatriz  é uma jovem linda e rica e reside no Rio de Janeiro. Filha de membros importantes da elite carioca, não faz a menor ideia de que seja adotada, assim como seu irmão caçula, Nicolas. Uma sucessão de acontecimentos vai interligando a vida das duas irmãs e mostrando que não se separa aquilo que, um dia, a vida uniu...

"Cada acontecimento é programado, todos os destinos estão entrelaçados, de forma que a sucessão de fatos, acasos e coincidências nada mais é do que a sabedoria divina agindo nas vidas de todas as pessoas."
Gêmeas é um ótimo romance espírita. Ao contrário de muitos do gênero, aqui todos os fatos acontecem com precisão e de forma bem intercalada. O começo do livro é bastante intenso e cheio de sofrimento mas, com o deslanchar da leitura, acompanhamos que tudo tem um motivo para acontecer; que nada acontece por acaso. Narrado em terceira pessoa e de uma forma bastante clara e sucinta, acompanhamos a vida dessas irmãs, que foram separadas logo após o nascimento, e unidas por diversas circunstâncias pela força do destino.

Suzane sofreu bastante. Seu mundo desmoronou com o falecimento dos seus pais e com a descoberta de sua adoção. Enquanto tenta processar os últimos fatos, é trapaceada pelo seu tio e acaba sem nada, nem mesmo um teto sob a sua cabeça. Desnorteada, parte para o Rio de Janeiro, mas promete se vingar daquele que lhe deixou na miséria. No Rio, algumas oportunidades surgem para a moça e em pouco tempo, ela está namorando Leandro, que se torna praticamente um portal para que Suzane faça as descobertas sobre  sua origem.

Beatriz sempre teve tudo o que quis, inclusive o amor e o carinho dos pais. Mas ela não faz ideia do passado de seu pai, Renato, e de como foi parar no seio daquela família. Quando passa a namorar Vítor, um simpático rapaz que conhece na faculdade, muitas coisas vão mudando na sua vida. Vitor não é bem aceito em sua casa quando revela quem é o seu pai, e isso se torna um grande atrito na família, e também a válvula propulsora para que vários fatos do passado venham à tona.

Em suma, Gêmeas é um livro bem construído e que aborda o espiritismo de uma forma muito natural e compreensível. O desenvolvimento da trama é bastante uniforme e repleto de ensinamentos de amor e sabedoria. Gostei da ilustração da capa, mas acho que ela ficaria melhor se tivesse abas. A diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e uma revisão de qualidade. Recomendo ☺

16 comentários:

  1. Esse tipo de livro não faz muito meu gênero.
    Apesar da capa sempre ter me chamado muito a atenção, a história não fez o mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Há um bom tempo tenho vontade de ler este livro, até uma amiga falou de me emprestar, mas até agora nada.
    Gostei da sua resenha.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livro bem interessante
    Mas não me chama atenção a ler agora

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Vanessa,
    tudo bem?
    Eu já li um livro espírita: Onde está Teresa? E independentemente de religião, é muito bom. Da mesma forma que esse que leu, prendeu a atenção do início ao fim. Geralmente são livros muito bem escritos e sempre com uma linda lição no final.
    E achei a capa muito bonita.
    beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nessa desde o lançamento deste livro,que se me lembro ja faz um bom tempo,que estou louca por ele.Sim eu sou uma leitora que ama livros espiritas.Hahahahahahahahaha
    Mas nunca parei para ler uma resenha sobre o livro.E seu blog é o primeiro que tenho esta oportunidade de poder conhecer melhor a obra.
    Eu sou super fan da autora Monica Castro.E por isso acredito que esta obra é outra como muitas excelentes da autora.
    Se antes estava louca para ler,imagine agora que tenho a base da historia.

    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  6. A história parece ser interessante, mas não faz meu gênero de leitura =/
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Oie Nessa =)

    Faz tempo que não leio romances espíritas. Tipo tempo mesmo rs...
    A história desse parece ser bem interessante. Se eu tiver oportunidade vou tentar ler com certeza!

    Parabéns pela resenha!

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  8. Olá Nessa,
    Quando lançaram até tinha vontade de ler esse livro, mas fui perdendo com o tempo. Hoje já não considero tão interessante, mas leria sem nenhum problema.

    Lucas - Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu não conhecia esse livro, já havia visto a capa e achei ele curioso, mas nunca parei para ver do que se tratava. Achei a história muito interessante, e fiquei aqui pensando no desenvolvimento da mesma. Parabéns pela resenha.
    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela resenha! adorei este livro é realmente uma boa leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. não conhecia o livro Nessa, mas o enredo parece atrativo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie amiga
    Já conhecia a autora, mas não conhecia o livro.
    Sua resenha ficou maravilhosa,parabéns!
    A premissa do livro me chamou bastante a atenção e eu pretendo ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá Nessa,

    Não conhecia o livro, mas confesso que não faz meu estilo...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Nunca li um livro desse gênero e confesso que acho que não tenho vontade de ler... :S Apesar de a resenha ter me deixado bem curioooosa :P

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Eu já li esse livro e é ótimo!! Recomendo.

    ResponderExcluir
  16. Vanessa bom dia!

    Me chamo Wallace. E me interessei bastante pelo livro desde quando me vi a sua capa e já nem me lembrava, até ler o seu post,e já estou providenciando-o.

    Gostaria de descrever para você e para as outras pessoas de uma experiência que tive com um livro que se chama "ALDEIA DA ESCURIDÃO"

    Falarei do meu entender, caso necessite de algum complemento sinta-se a vontade.

    A história é contada em um meio de vícios e obsessão. Onde nos é colocado à prova o poder do amor, compaixão para com o próximo e a fé.
    Pude identificar também,o poder da oração, dos pensamentos positivos, lei de ação e reação, a importância da caridade e do auto controle.
    Nos mostra que devemos nos auto perdoar para que a partir deste momento possamos corrigir os erros ali existentes e desta forma ocorra a evolução espiritual.
    Que tudo na vida tem motivos e nem sempre sentido imediato. Mesmo aquilo que imaginamos ser ruins tem uma lição a nos ensinar.

    ResponderExcluir