03/11/2013

Resenha: Adeus, por Enquanto - Laurie Frankel

Título original: Goodbye for Now
Gênero: Romance/Ficção científica
Páginas: 320
Editora: Paralela (Companhia das Letras)
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Adeus, por Enquanto, da autora americana Laurie Frankel, nos conta a história do programador Sam Elling. Sam trabalha em uma empresa de relacionamentos online e tem a função de auxiliar os clientes a encontrarem o seu par ideal, apesar dele próprio ainda não ter achado a sua companheira. Em um determinado dia, ele cria um programa que aproxima as pessoas da sua verdadeira alma gêmea. O seu êxito é tão grande que ele acaba por conhecer Meredith Maxwell, e assim provar que o seu algoritmo realmente cumpre o prometido.  A sua nova criação acaba fazendo tanto sucesso que, por ironia do destino, Sam acaba sendo demitido, já que a empresa não possui mais clientes devido ao potencial do programa.

Desempregado, Sam decide mergulhar de cabeça no seu relacionamento com Meredith. Apesar dela também amá-lo incondicionalmente, ele não consegue ajudá-la a superar a dor da morte de Livvie, sua avó querida. Tentando ajudar a amada a lidar com a perda, ele confecciona um novo programa que permite que Meredith tenha uma última conversa com a sua avó. Uma projeção de Livvie é criada e programada para agir e responder de acordo como ela se comportava em vida, utilizando dados virtuais dela, como e-mails, chats e outras redes sociais nas quais ela se comunicava outrora.

O programa tem efeito catártico sobre Meredith, se tornando um vício diário e uma forma de atenuar a saudade da avó. Tanto ela quanto Sam ficam maravilhados com tamanha tecnologia e resolvem disponibilizá-la para o mundo. Com a ajuda de Dash, primo de Meredith, eles batizam o invento de Repose e criam uma empresa para propagá-lo. O sucesso surge de forma quase que instantânea, ao mesmo tempo em que eles auxiliam diversas pessoas, com as mais variadas histórias de perda e dor, a lidarem com o luto.

O relacionamento de Sam e Meredith vai de vento em popa. Eles não só trabalham, como também moram juntos, intensificando ainda mais os seus sentimentos. Porém, a vida prega uma peça nos dois, separando aquilo que julgavam ser imortal...Como eles irão lidar com isso?

Adeus, por Enquanto nos traz um romance contemporâneo e extremamente criativo, com doses de ficção científica, além de resultar em um livro incrivelmente contundente. Vários sentimentos estão arraigados em seu interior, como amor, paixão e perda, intercalados de uma forma natural e, em alguns momentos, levemente melancólica. Narrada em terceira pessoa - de um jeito todo especial e que nos torna bem íntimos das personagens -, acompanhamos uma trama singela, inteligente e arrebatadora, com toda a sua nuance tecnológica.

Sam é um programador dedicado e dono de uma mente brilhante e dotada de criatividade. Além disso, é um homem doce e apaixonado, que vê em Meredith a realização de todos os seus sonhos. O seu amor por ela é imensurável e ele faz de tudo pela sua felicidade. Se fosse possível, tirava até as estrelas do céu para lhe ofertar. Porém, ele não consegue suprir a dor e saudade deixadas por Livvie, o que faz a moça sofrer demais. Como gênio da informática, ele decide colocar todo o seu talento em ação e acaba sendo bem-sucedido. Não só ajuda a sua amada, como também milhares de pessoas a lidar com esse momento crucial de suas vidas, além de alavancar os negócios. Mas o destino muitas vezes pode ser cruel e nos obrigar a passar por situação extremas, e nem Sam, com todo o seu nível de intelectualidade, está isento disso...

"Sempre odiei quando as pessoas dizem 'Ela é a melhor coisa que já aconteceu comigo.' Uma pessoa não é um evento - pessoas não 'acontecem.' Você não é a melhor coisa a acontecer comigo. Você é a melhor coisa a acontecer no universo. Você é a melhor coisa que existe ou que já existiu. Eu nem sabia que existia felicidade como essa."
Assim como Sam, Meredith é uma moça meiga e romântica, e não há dúvidas de que os dois realmente são almas gêmeas. Meredith é muito apegada com a avó e tem uma ligação ainda mais forte com ela do que com a própria mãe, e sofre demais com o seu falecimento. Quando Sam lhe apresenta o fruto do seu trabalho e acima de tudo, do seu amor, sua primeira reação não é muito simpática, mas depois de algumas horas, fica extasiada com a oportunidade de rever e conversar com Livvie. A projeção remedia a ausência e a saudade da avó, tornando a sua perda bem mais suportável. Logo, a descoberta acaba atingindo os patamares de todo o mundo - alguns alegando se tratar de uma heresia, pois propicia o homem a brincar de Deus; outros extremamente maravilhados e encantados por desfrutar de momentos com seus entes queridos que já se foram. Porém, o que acontece com Meredith, nem ela nem Sam jamais poderiam supor...

"Nunca esperei amar assim. Esperava amar - geralmente, todos crescemos esperando isso - mas não assim. Tinha minha fantasia sobre como o amor e a vida adulta seriam. E tive paixonites, e obsessões, e amores juvenis, e o primeiro, o segundo, o terceiro e o quarto namorados, e encontros, e casos, e amantes, mas nada disso me preparou para a vida com você. Amar você era viver com você. Eram a mesma coisa. São a mesma coisa."
Em suma, Adeus, por Enquanto, foi um livro que me emocionou, ao ponto de verter lágrimas, e também que me levou a uma série de reflexões e indagações a respeito da vida, e daquilo que intitulamos como natural. Tudo faz parte de um ciclo - nascimento, vida e morte - mas nunca estamos preparados para lidar com a perda, e apesar de ser algo que faz parte do processo evolutivo, sempre nos pega desprevenidos e nos quebranta no âmago da alma. A capa do livro é muito bonita e sutil, além de sintetizar bem o contexto da história, e foi confeccionada em um material bem diferente, com uma certa textura, se assemelhando bastante ao papel reciclado. A diagramação está excelente, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

Confiram o booktrailer de "Adeus, por Enquanto":




34 comentários:

  1. Oi Vanessa! Adorei a resenha! <3 Ainda não conhecia o livro, mas a sinopse, a capa e seus comentários me deixaram realmente curiosa! Parece ser uma obra bem bacana! Logo mais irei procurar para ler! :D
    Bom domingo, ótimas leituras!

    Beijinhos! www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Vanessa!
    Primeiramente, a capa desse livro é linda, não? Me lembra um pouco "Como eu era antes de você" por causa da arvore, rs.
    Esse é um livro que eu nunca tinha visto resenha, mas a sua me encantou! Dá vontade de agora mesmo ir à uma livraria e comprá-lo, rs.
    Ótima resenha :)
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nessa, eu já o adicionei em minha lista de leitura, é simplesmente lindo! O primeiro quote é algo espetacular, e muito real, pessoas não são eventos. Achei espetacular!

    ResponderExcluir
  4. Olá Nessa
    Gostei muito da sua resenha
    Lendo ela me arrependi de não ter lido o livro, quando vi sua sinopse, pensei que não era muito bom
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie Nessa =)

    Só leio resenhas positivas desse livro, e algo na sinopse dele me faz ter aquela leve sensação que vou me emocionar durante a leitura. Ele realmente parece ser um livro lindo!

    Parabéns pela resenha!

    Beijos e uma ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  6. Parece um livro maravilhoso, fiquei muiiiiito curiosa quanto a obra! :D
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  7. ainda não li e nem conhecia o livro, mas sabe que até que fiquei bem animada por ele, estou tentando diversificar minha leitura!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Parabens pela resenha Nessa, este livro me chamou atenção vou compra-lo valeu .

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um livro incrível, doida para ler agora!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa, gostei da proposta do livro, eu já o tinha visto, mas não me lembrava direito da trama. Você conseguiu me deixar curiosa para saber qual a surpresa da vida para esse casal que conseguiu tanto com a tecnologia.

    Abraços, Raquel.
    http://viajandoclivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi flor,

    Essa é a primeira resenha que leio e confesso que fiquei curiosa pela leitura, o livro não me ganhou pela capa e nem a sinopse, mas depois que li sua resenha vi que tem algo a mais que nos deixa refleti sobre alguns aspectos.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  12. Oie Tampinha <3
    aaah, amiga, sempre que venho aqui quero ler os livros que resenha, um melhor que o outro, se você chorou, com certeza irei chorar muito quando tiver a oportunidade de ler, manteiga eu!
    Beliscões carinhosos da Máh ♥
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  13. Oi Nessa!

    Que leitura mais emocionante!

    Te espero lá no meu cantinho, =D

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Pelo que li na resenha, o livro parece ser legal de se ler... Mas não gostei taaaanto...

    Beijos,

    Blog- Venha visitar
    Cansado do mesmo layout? Acesse: Gessica Design e aproveite nossas ofertas!!

    ResponderExcluir
  15. Oie Nessa,
    parece ser um livro muito lindo, mas me pareceu um pouco triste e detesto livros tristes.
    Fiquei na dúvida se leria.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Nessa!

    O livro parece ser ótimo e emocionante. O tema é bom, mas acho que não estou no momento de Lê-lo.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  17. Oi Nessa,
    Achei a capa fofa e adorei saber que o livro te emocionou, que fez você rolar as suas lágrimas... puxa depois dessa com certeza vou ler esse livro ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  18. Oi Nessa!

    Sua resenha me emocionou e gostei muito do livro. Não sei se o leria agora, pois estou exatamente nessa fase da vida lidando com uma perda. Ainda mais que é a mesma perda da personagem. Vou anotar aqui para o ano que vem.

    Beijos e parabéns pela resenha

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Gostei dessa pegada de ficção científica do livro, mas não tenho vontade de lê-lo. Adorei sua resenha super caprichada.

    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  20. Oi, Vanessa!
    Li esse livro há alguns meses (até resenhei) e também gostei muito! Você disse que chorou, eu em alguns momentos tive que deixa-lo de lado pra respirar... É tudo muito intenso!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  21. Eu não conhecia o livro, ele parece ser bom, mas não é muito o meu estilo de leitura.

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  22. Oie Nessa
    nossa, todo mundo fala bem desse livro, e só a parte do verteu lágrimas ali, já foi decisivo para mim: Preciso ler este ano ainda!!!
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  23. Ainda nao li o livro, mas pude notar que ele consegue emocionar o leitor.


    xx

    ResponderExcluir
  24. Olá Nessa,

    Esse livro esta na minha lista de desejados....sua resenha me deixou curioso e a capa desse livro é muito legal....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br


    ResponderExcluir
  25. Oi Nessa, amei a resenha, essa capa é linda, fiquei bem interessada.
    Mais um livro recomendado por você que vai para a minha lista de desejados.

    Beijos
    Bru
    www.viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Vanessa, não tinha visto nenhum resenha deste livro ainda, e gostei também do BT.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  27. Gostei de conhecer a história desse livro. Não sabia que era tão interessante assim. Fiquei bastante empolgada e vou tentar ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Oie :D

    Fiquei bem interessada na leitura desse livro, principalmente sabendo que ele te emocionou tanto e te fez refletir sobre a vida. O que voce disse é verdade, a morte é um processo natural, mas é tão dificil entendermos isso.

    Beijus

    Renata Sara

    http://amordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Oie amiga
    Deve ser um livro muito emocionante. Sim, nunca estamos preparados para dá adeus para alguém que amamos. A morte, como você mesmo disse, faz parte de nós, mas nunca estamos preparados para isso.
    Eu pretendo ler o livro e parabéns pela resenha.
    Beijos

    Jéssica
    http://www.leitorasempre.com/

    ResponderExcluir
  30. Vi esse livro em alguns blogs , mas a primeira resenha que eu li foi a sua! Não fazia ideia do que se tratava o livro e fiquei muito interessada e curiosa para lê-lo!
    É uma premissa diferente...pelo menos pra mim que não li nada parecido e agora estou doida pra tê-lo em minhas mãos !!!!

    ResponderExcluir
  31. Bom, eu não sou muito de romances e muito menos ficção científica, mas gostei da premissa desse livro e também a capa e o título sempre me chamaram a atenção. De vez em quando é bom dar uma chance pra um gênero que a gente não costuma ler muito. A história é mesmo bem interessante e criativa, li uns comentários bastante positivos a respeito do livro, outros nem tanto, mas quero ler pra formar minha própria opinião, espero gostar tanto quanto você. Ótima resenha! ;D

    ResponderExcluir
  32. Já li Adeus por Enquanto, confesso que não gostei muito, não me emocionou, esperava mais dele, achei a estória um pouco chata, mas a capa é linda.

    ResponderExcluir
  33. A premissa desse livro é absolutamente incrível. E fico feliz por ser uma obra que além de bem escrita, é também emocionante.
    Gosto demais de temas reflexivos, que permitem que o leitor pense sobre a vida e sobre como encara as coisas.
    Tenho certeza de que vou gostar.
    bjs

    ResponderExcluir