16/11/2013

Resenha: A Vingança Veste Prada - Lauren Weisberger

Título original: Revenge Wears Prada
Gênero: Romance/Chick-lit
Páginas: 448
Editora: Record
Classificação: 4/5
Comprar: Submarino
 Em A Vingança Veste Prada, sequência de O Diabo Veste Prada, de Lauren Weisberger, se passaram dez anos desde que Andrea Sachs largou o seu emprego como assistente da poderosíssima Miranda Priestly, na Runaway. Agora, ela não se preocupa mais em providenciar tudo aquilo que a cruel chefe lhe exigia e está noiva de Max Harrison, um dos homens mais cobiçados de Nova York.

Junto com Emily, sua ex-colega da Runway, ela fundou a The Plunge, uma revista especializada em registrar os mais glamourosos casamentos do mundo da fama. Os negócios estão de vento em popa e a revista alcança grande prestígio em sua área.

A vida de Andrea mudou de figura e suas preocupações não são as mesmas de antes, como pendurar os luxuosos casacos de pele de Miranda ou lhe servir café o mais quente possível. Agora, ela está às voltas com o seu casamento com Max, e acaba tendo inúmeras surpresas, tanto boas quanto ruins. E, quando tudo parece estar em ordem e harmonia, um fantasma do passado (ou seria um diabo?) aparece para assombrá-la novamente.

"Lá vinha Miranda Priestly, satã em pessoa, balançando sua cauda de diabo e sua bolsa Prada para encher o mundo de Andy mais uma vez com lembranças dolorosas e novas ansiedades."

O sucesso da The Plunge é enorme e acaba atraindo a atenção de Miranda e de todo o grupo Elias-Clark, que enxergam na revista um grande investimento. De imediato, uma proposta é feita para Andrea e Emily, visando a compra da empresa. Mas será que Andy está disposta a reviver o que aconteceu há dez anos atrás - em que as amargas lembranças perduram até hoje - ou será capaz de pensar além disso e seguir novos rumos?

A Vingança Veste Prada nos traz a continuação de um dos mais aclamados best-sellers do New York Times, publicado em mais de trinta países. Passaram-se dez anos desde que Andrea abandonou o seu emprego na Runway da forma mais autêntica possível, com um sonoro "fuck you Miranda" em plena Paris. Desde então, ela ficou escrevendo e editando algumas colunas por Nova York até que, por intermédio do destino, encontrou com Emily em um curso de culinária e as duas se tornaram melhores amigas. Esse foi um dos pontos da história que não me convenceram, já que sempre foi evidente o quanto a personalidade da Emily é dúbia, sem contar o seu jeito irritante, que ficou até mais acentuado aqui. Juntas, elas decidem montar uma revista, que acaba sendo um sucesso total e alavancando as suas carreiras, as colocando em um patamar quase no mesmo nível do que da Runaway. E deste ponto em diante, muitas coisas acontecem. Diferentemente do volume anterior, A Vingança Veste Prada é narrado em terceira pessoa e tem foco total em Andrea e seus dilemas, apesar das participações especiais.

Um dos pontos positivos da trama é o amadurecimento de Andrea. É notável o quanto ela aprendeu com os erros do passado, que lhe afastaram de sua família e de seus amigos, e sobretudo, do seu grande amor, Alex. Sua vida não poderia estar melhor agora, tanto no campo amoroso - ao lado do pomposo e cobiçado Max -, quanto no campo profissional - colhendo os frutos do sucesso com a The Plunge. Porém, nem tudo são flores pelo seu caminho e muitas coisas a colocam em parafuso, como um determinado acontecimento que praticamente azeda a sua lua-de-mel, a descoberta da gravidez e sentimentos do passado que vem à tona com força total. Além de ter que driblar tudo isso, a "diaba" de outrora surge em sua vida, reavivando os seus pesadelos mais sombrios.

Simpatizei com a Andrea bem mais que no livro anterior, por notar o seu desprendimento e desenvoltura de uma forma mil vezes melhor. Aqui ela está independente e segura de si, e mesmo tendo conflitos e dilemas, consegue se desassociar de maneira bem mais prática dos seus problemas. Como eu disse no começo da resenha, a única coisa que não me agradou nela foi nutrir uma forte amizade com Emily, que consegue ser mais fake do que uma nota de 75 reais. Isso eu não consegui engolir, de jeito nenhum.

Os personagens secundários acabaram não se destacando tanto neste enredo. A Emily continua bem enjoada e se achando a cereja do bolo, como sempre. Max, o noivo de Andy, é retratado de uma forma tão perfeita e mirabolante, que acaba se tornando um personagem chato e insosso. Alex continua fofo como sempre, e apesar da pequena participação, me agradou bastante. Já a nossa "diaba", Miranda, apareceu de forma bem abreviada na história e não fez tantas maldades como eu esperava, até mesmo pelo título do livro supor isto.

Em suma, gostei bastante de A Vingança Veste Prada, apesar de algumas ressalvas. Para quem espera encontrar uma dose extra de Miranda Priestly e de suas maldades, talvez se desaponte um pouco, já que o núcleo da história é basicamente focado na Andrea e a nossa diaba está bem light no enredo. A capa é bem simples e apesar de sugerir "vingança", não consegui notar isso na trama, e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e poucos erros de digitação. Recomendo.

Confira resenha do volume anterior:

►O DIABO VESTE PRADA

21 comentários:

  1. Eu não li o outro livro, mas no filme dá para ver a amizade de Andy e Emily e realmente eu não conseguiria acreditar que elas viraram melhores amigas com facilidade. Fiquei curiosa para saber o que Andy irá fazer com a empresa e para ter mais um pouco de Miranda, mesmo que ela não seja o foco.
    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa :)

    Eu nunca li o Diabo veste Prada mas já vi o filme e adorei acho super bem feito. Quero muito ler o livro e depois ler o outro livro kkkk. Beijocas amei a sua resenha!!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ah, não li o livro 1, mas assisti o filme e amei! Pretendo um dia ler o livro e essa continuação deve ser ótima!

    ResponderExcluir
  4. Olá Nessa

    Ainda quero ler este livro. Assisti ao primeiro filme e gostei bastante, se seguir a mesma linha tem tudo para ser muito bom.

    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    tudo bem?
    Eu vi o filme e adorei!!! Mas a Miranda Priestly é um show a parte!!! Pena que ela não foi bem aproveitada dessa vez. O livro só perdeu com isso. Mas quero ler!!!
    Beijinhos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Nessa ... devo repetir várias e várias vezes suas resenhas são maravilhosos,relalmente deixar a leitura dos livros mais empolgantes .

    ResponderExcluir
  7. Nessa, tudo bem?
    Eu gostaria de muito de ler esse livro, pois vi o filme e curti bastante. Como vc aponta não é de se esperar algo muito parecido com o filme, mas é bem interessante ver a nossa querida Andrea mais madura e Miranda a nossa megera que amamos odiar kkk http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie Nessa
    não li o primeiro, mas sou louca para ler. Pena que esse não traz a Miranda tão diabólica como o primeiro, mas ainda assim acho que eu iria gostar
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  9. Oie amiga
    Parabéns pela resenha. Eu não li o primeiro, mas assistir ao filme. Eu tenho muita curiosidade em ler esses livros.
    Beijos

    Jéssica
    http://www.leitorasempre.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa,
    confesso que não li o primeiro livro, só assisti o filme. Então não leria este agora.

    bjs

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie!

    Nossa, acho que eu nem sabia que o outro livro tinha continuação, fiquei bem curiosa agora para ler os dois.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa
    Eu querendo muito ler esse livro *-* mas o meu ainda não chegou :/
    Estou torcendo para ele chegar logo.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  13. Oi Nessa,
    Assim como muitos, ainda não li o primeiro livro. Eu acho que iria gostar desse livro, mesmo a Miranda estando light nas maldades. Gosto quando os personagens amadurecem nos livro, pois fico com a sensação que também mudei com ele.

    Lucas - Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Nessa!

    Não li o primeiro livro. Acho que o filme ficou muito marcado na minha mente. Pela sua resenha dá para dizer que o título foi meio propaganda enganosa. Pena que tem pouco da Miranda, pois amei ela no filme. Ótima resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu ainda nem li O Diabo Veste Prada, então acho que vou demorar para ler esse :) Mas já assisti ao filme e curti bastante!

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    Li o "Diabo Veste Prada" e adorei! Quero mt ler esse segundo :D
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  17. Oi Nessa! Também não li O Diabo Veste Prada, mas amo o filme. Acho que vou gostar do livro também, e quero ler logo para poder ler A Vingança Veste Prada. Será que esse segundo livro também virará filme? Rs.
    Beijos,

    Letícia
    http://www.odomdaescrita.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Bom dia, Nessa!!! Quanto tempo eu não apareço por aquii :(
    Ai adorei a história do livro :) Adorei o filme do primeiro livro, achei muito divertido.
    Ótima resenha como sempre!

    Dá uma passadinha no meu?
    http://culturaedonuts.blogspot.com.br/
    xoxo ♥

    ResponderExcluir
  19. Oii!!
    Tenho muita curiosidade em ler esse livro! Espero ter a oportunidade!
    Beijos

    Elidiane
    Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  20. Owww, owwww, como assim que O Diabo veste Prada tem continuado, gente como sou lenta, não sabia disso!!
    Bem quando ler o primeiro, capaz de querer ler esse também!

    ResponderExcluir
  21. Olá Nessa,

    Não conhecia o livro, mas parece interessante....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir