16/12/2013

Resenha: Liberte meu Coração - Meg Cabot

Título original: Ranson my Heart
Gênero: Romance histórico
Páginas: 406
Editora: Galera Record
Classificação: 5/5
Comprar: Livraria Cultura
O livro Liberte meu Coração, escrito pela autora Meg Cabot e também por sua alter ego, Mia Thermopolis - a protagonista principal da série O Diário da Princesa -, nos traz um romance histórico espetacular, repleto de cenas sensuais, além da desenvoltura nata de seus personagens e de uma descrição brilhantemente minuciosa.

A história se passa no século XIII,  mais precisamente na Inglaterra de 1291. A jovem Finnula é a caçula de seis irmãs e um irmão, e sempre se destacou pela sua personalidade forte e nada convencional. Enquanto as moças tradicionais conversam sobre casamentos e se empenham nos afazeres domésticos, a bela ruiva de espírito aventureiro está caçando nas terras do conde, além de vestir suas famosas calças coladas de couro, alvo de comentários maldosos pela região.
Quando uma de suas irmãs, Mellana, gasta todo o seu dote com vestidos e quinquilharias e acaba engravidando de um homem de poucas posses, Finulla resolve ajudá-la. As duas tramam uma estratégia para conseguir um boa quantia de dinheiro: o sequestro de um cavaleiro rico.

O conde Hugo Fitzstephen está voltando para o seu castelo na Inglaterra, após um longo período lutando nas Cruzadas. Assim que o avista, Finulla não perde a oportunidade e resolve armar uma emboscada para sequestrá-lo. O que a jovem não poderia imaginar é que, além do refém ocultar a sua verdadeira identidade, também se tornaria o dono do seu coração...

Liberte meu Coração é um livro esplêndido, mesclado por paixão, perigos e uma certa dose de humor. Meg Cabot não só soube escrever um romance histórico de qualidade - caprichando nos detalhes e trejeitos da época -, como também incorporar toda a sua irreverência habitual, tornando a leitura mais do que apaixonante. Narrado em terceira pessoa, acompanhamos uma trama muito bem escrita, com personagens fortes e dinâmicos, que conquistam logo à primeira vista.

Finulla é uma personagem de fibra, que se destaca pelo seu temperamento e por suas atitudes nada convencionais. Ela não se preocupa com os costumes da sociedade ou com o que pensam sobre ela, mas sim em viver a sua vida do modo como lhe convém e em ajudar ao seu próximo. Finulla caça animais pela região, sobretudo nas terras do conde, para alimentar as pessoas menos favorecidas do lugar, sendo uma espécie de Robin Hood: rouba dos ricos para auxiliar os pobres. O sequestro de Hugo foi arquitetado exclusivamente para salvar sua irmã, que se encontra em um verdadeiro beco sem saída, mas o feitiço acaba virando contra o feiticeiro. A jovem destemida e de espírito livre acaba se apaixonando pelo cavaleiro e vivenciando o seu primeiro amor, com todas as características habituais que isso agrega. É claro que a sua demasiada inocência se torna motivo de risos na história, principalmente quando ela confunde uma certa protuberância com o cabo de uma faca.

"O prisioneiro beijava de forma excelente, a boca movia-se sobre a dela de um jeito levemente inquisitivo - em hipótese alguma experimental, mas como se estivesse fazendo uma pergunta para a qual somente ela, Finulla, tinha a resposta."

O conde Hugo Fitzstephen é um cavaleiro de bela aparência e incrivelmente admirável. Se encanta por Finulla assim que a avista - totalmente nua; uma de suas estratégias para atrai-lo - e praticamente se deixa ser sequestrado pela moça. Não só a sua beleza como também sua língua afiada e seu comportamento corajoso acabam por atrai-lo cada vez mais. Ele sabe que não deve revelar a sua verdadeira identidade, já que o "jogo" que os aproximou terá fim no mesmo momento. Finulla jamais manteria o conde de seu vilarejo em cárcere privado e por isso ele utiliza um outro nome para ludibriá-la - Hugh -, e assim permanecer como seu refém. Os seus modos para com ela são adoráveis e extremamente protetores, o tornando um personagem apaixonante e cativante. As cenas de paixão entre os dois foram muito bem trabalhadas e conseguem arrancar bons suspiros.

"O último pensamento antes do sono dominá-la foi que era estranho como seus corpos se encaixavam tão bem, o dela e o do sr. Hugh. Era quase como se tivessem sido feitos um para o outro."
Em síntese, Liberte meu Coração é um livro que agrada tanto os fãs de Meg Cabot quanto de Patricia Cabot - pseudônimo dela na vertente de romances históricos - por agregar seus dois tipos de escrita e ser dotado de todo o dinamismo e flexibilidade que a autora possui. A capa é linda e retrata bem a época da história e a diagramação está excelente, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

20 comentários:

  1. Oi Nessa,
    tudo bem?
    Estou suspirando por aqui pedindo para o conde Hugo libertar meu coração também!!! Eu sou fã de romances históricos e épicos, nem li esse livro ainda e já estou amando essa história!!! Adorei a personalidade de Fínulla, chega de mocinhas indefesas!!!
    E achei muito engraçado ele ter se deixado capturar.
    Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa,
    menina eu amooo Meg Cabot sobre qualquer pseudônimo rsrsrs
    Este livro é lindo, assim como todos os da Patricia Cabot

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nessa!
    Não conheço esse outro estilo literário da Meg. Na verdade, não leio muitos romances históricos, apesar de gostar. Fiquei bem curiosa pra ler Liberte meu Coração!

    Beijos,
    Bia Sampaio
    http://www.epilogosefinais.com/

    ResponderExcluir
  4. Fiquei curiosíssima para ler este livro, Nessa. Sua resenha disse tudo e o livro tem tudo do que eu gosto bastante! <3

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    www.pronomeinterrogativo.com.br

    ResponderExcluir
  5. não me dou bem com a Meg... mas saber que ela escreveu um histórico me anima aler, é um dos meus gêneros preferidos!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa, super desejo este livro!!
    Amei sua resenha e adorei saber que Meg ou Pat escreveu um ótimo romance histórico cheio de irreverência!!

    beijos |Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adoreiii muito. Adoro a autora e adoro romances épicos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o que aconteceu com o resto que escrevi depois da vírgula? :/
      acho tão magnifico esta autora conseguir escrever estórias tão diferentes, estilos tão diferentes!!! Ahhhh, achei o sr. Hugo muito sedutor ;) quero conhecê-lo hehehehe. Bjs

      Excluir
  8. Adorei sua resenha , este livro é magnifico a autora sem palavras . bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu amo a Meg, mais ainda não li este livro.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa!

    Já tinha ouvido falar do livro, mas essa é a primeira resenha que leio e digo a você que me apaixonei pela história. Todos os pontos que mencionou, principalmente os dois protagonistas me deixaram bem curiosa. Amei!

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Nessa!
    Ahhh agora eu preciso ler o livro!!
    \o/
    bjks!

    ResponderExcluir
  12. Amo a escrita da Meg Cabot e esse livro parece ter tudo o que gosto: uma mocinha fora dos padrões sociais da época, corajosa e com o coração bom. Um romance bonito e fofo. O coloquei em minha lista de leitura... enorme.

    ResponderExcluir
  13. Adorei sua resenha! Não conhecia esse livro, e todos os livros que li dessa autora são muito bons, então com certeza esse não é uma exceção :D

    xx Carol
    http://hangoverat16.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. oie Nessa
    amo romances assim, ainda mais com um toque sensual, e uma protagonista que foge do comum. Comprei o livro tem um tempinho já, mas ainda não li :(
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  15. Nossa, esse livro é maravilhoso
    Um dos meus preferidos
    Faz muito tempo que li, mas até hoje me lembro claramente de algumas partes, de tão bom que foi
    As vezes me pegava as gargalhadas lendo o livro

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá.
    Ótima resenha. Esse livro está na minha lista de leituras para o começo de 2014, espero que eu consiga ler e gostar assim como você, cinco estrelinhas, que chique :)

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  17. Olá Vanessa,
    Nunca li nada Meg Cabot, mas todo mundo fala tão bem que eu preciso dia a menos dia. E esse parece uma ótima opção.

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Vanessa! Estou visitando seu blog pela primeira vez mas já estou adorando! Meg Cabot escreve livros maravilhosos e pela resenha de Liberte meu coração não poderia ser diferente, uma estória cativante. Com certeza uma ótima opção de leitura!

    ResponderExcluir
  19. Bom dia Nessa,

    Não li nada da autora, mas esse fiquei super interessado...sua resenha me deixou curioso...parabéns...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir