14/03/2014

Resenha: Paredes Vivas - Rosa Mattos

Edição: 1
Ano: 2013
Gênero: Suspense sobrenatural
Páginas: 196
Editora: Dracaena
Classificação: 3,5/5
Comprar: Livraria Cultura
O livro Paredes Vivas, da gaúcha Rosa Mattos, nos traz uma história bem escrita e fluída, tendo como base os conflitos familiares da protagonista Mauren e os seus primeiros encalços no campo amoroso. Gostei muito da proposta da obra, porém, a julgar pela sinopse, esperava um pouco mais no contexto sobrenatural.

Conhecemos a história de Mauren ainda garota, na faixa de 7 à 8 anos de idade até o momento em que ela está prestes a ingressar na faculdade, já com 18 anos. Quando criança, uma tragédia familiar abalou suas estruturas: o seu pai faleceu vítima de afogamento na Lagoa dos Barros, a deixando completamente despedaçada, sem contar a culpa que ela carrega, pois no dia de seu acidente fatal, tinha pedido para que ele fosse pescar.

Sua mãe também ficou muito abalada com a perda do marido, ficando gravemente doente, o que deixa a jovem ainda mais aflita. Como se não bastasse isso, Mauren passa a ter inúmeros pesadelos, que lhe causam profundo temor e parecem querer lhe avisar sobre algo macabro.

Ao iniciar o ano letivo no colégio, ela acaba encontrando um amigo em Tobias, o novo aluno da escola. A vida da garota - até então solitária e isolada, tendo como companhia apenas a empregada da família, Nice - adquire um novo sentido e ela acaba vivenciando muitas aventuras ao lado de Tobias, incluindo uma brincadeira para lá de estranha no cemitério. Mauren, cada dia mais, estranha a doença de sua mãe, e acaba descobrindo que tem alguém prejudicando a saúde dela, e ao lado de seu novo parceiro, começa a investigar e reunir provas a respeito. Alguém muito próximo a ela possui planos maquiavélicos e é capaz de matar para concretizar seus ideais...

Paredes Vivas nos traz uma história interessante e que cumpre o seu intuito de entreter, mas confesso que esperava um pouco mais da trama. Temos romance, suspense e sobrenatural, mas este último não surgiu na forma como eu esperava, aparecendo quase no final do livro, e mesmo assim, não conseguiu causar aquele efeito estarrecedor. Basicamente, o enredo retrata os conflitos familiares da protagonista, a sua culpa pela morte do pai e o mistério envolvendo a doença da mãe. Narrado em primeira pessoa por Mauren, de forma fluída e com uma certa conotação poética, acompanhamos toda a sua dor e também o caminho das pedras que ela percorre junto com Tobias para descobrir quem está tentando matar sua mãe.

Mauren é uma jovem introvertida e solitária, que com a dor da perda e o sentimento de culpa, acabou se isolando de tudo e de todos. Quando conhece Tobias, sua vida passa a ter novas cores e ela se deixa envolver em suas aventuras, chegando a fazer uma brincadeira no cemitério que acaba por ter sérias consequências. Além de encontrar um companheiro e amigo em Tobias, os dois acabam engatando um romance doce e sereno, algo bem sutil e fofo, condizendo bastante com as facetas dos dois personagens. Quando eles ficam intrigados com o quadro de saúde da mãe de Mauren e passam a colher provas - que confirmam suas suspeitas - , um clima de suspense toma conta da trama e essa foi a parte mais eletrizante do livro. O vilão é alguém totalmente sem coração, movido apenas pelo ego e pela ambição, e conseguiu ganhar todo o meu asco devido as  suas atrocidades. 

Resumindo, Paredes Vivas é um bom livro, mas para quem espera algo mais voltado para o sobrenatural, como a própria sinopse sugere, não é muito indicado, visto que essa parte não tem tanta abrangência na trama e só começa a surgir nos últimos capítulos. A capa é simples e a diagramação está ótima, com fonte em tamanho adequado e revisão impecável. Recomendo.

15 comentários:

  1. Olá Nessa parabéns pela resenha como sempre palavras bem colocadas, adorei o livro vou coloca-lo na minha lista .

    ResponderExcluir
  2. Oie Tampinha =)
    Que pena que o livro não cumpriu de todo o esperado, mas pelo que deu para entender, mesmo assim teve uma boa leitura, bem é nacional e quero ler.

    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi! O livro parece legal, mas não fiquei com vontade de ler.
    Beijos,

    Letícia
    http://www.odomdaescrita.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii!!!
    O livro não me chamou muito a atenção, mas gostei de saber que a escrita é bem escrita!
    Beijos

    ELidiane
    Leitura Entre Amigas

    ResponderExcluir
  5. OI Nessa*
    Já vi muito este livro por aí, e toda vez que o vejo fico curiosa para ler.
    A temática me agrada, quero ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. infelizmente Nessa nesse momento ando fugindo dos sobrenaturais
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa,
    tudo bem?
    É chato quando você pega um livro esperando uma história e encontra outra. Mesmo assim, eu gostei da parte do romance fofo e do suspense eletrizante!!! E esse título é interessante: paredes vivas. Quero ler.
    Gosto das suas resenhas, pois através delas sabemos exatamente o que encontrar nos livros.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, nessa! Meu, gostei muito da sua resenha, como sempre. Gosto da sua maneira de se expressar. Quanto ao livro, já tinha escutado falar dele, mas essa é a primeira resenha que leio. Aparenta ser interessante, apesar do elemento sobrenatural não ter sido tão explorado.

    Um beijo!
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo sua visita! (amanhã ou hoje, a partir da meia noite).

    ResponderExcluir
  9. Hum, realmente eu imaginei que a trama girava mais em torno do sobrenatural. Meio que desanimei um pouco em lê-lo. Peguei ele grátis na Amazon e um dia quando tiver kindle talvez eu leia.

    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  10. Oie Nessa =)

    Acho essa capa linda, mas a história em si nunca me chamou muito a atenção. Acho super chato quando a história se mostra ser diferente do esperado =/

    Mas, ao menos você conseguiu encontrar pontos positivos que te agradou na história.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  11. Oi Vanessa,
    Primeira vez que vejo este livro, a capa me deu um pouco de medo, mas fiquei curiosa sobre a tal brincadeira no cemitério e suas consequências.
    Uma pena que o lado sobrenatural, que foi o que me chamou atenção, não seja o foco.
    Ainda assim penso em conferir.

    Minha Velha estante
    Leitura Nossa de Cada Dia

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa!

    Não conhecia o livro, mas entendo quando diz que esperava mais, pois tem muitas sinopses que enganam e quando você vai ler não era bem aquilo. Mas ainda sim gostei do clima da história. Ótima resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi flor,
    Tudo?
    Então não conhecia esse livro mas achei interessante ainda mais por ter escrito por uma conterrânea minha. Apesar de não ter tantas coisas sobrenaturais a trama parece bem elaborada. Se puder darei uma chance ao livro.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá Nessa,

    Sua resenha ficou excelente, mas o livro não me despertou interesse....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito da resenha Nessa, e gostei bastante da capa, mas fiquei decepcionada que não tem muito de sobrenatural, porque a primeira impressão que eu tive foi que tinha muito do sobrenatural. Parabéns pela resenha.

    Beijos

    www.viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir