22/09/2014

Resenha: Cadê Você Bernadette? - Maria Semple

Título original: Where'd You Go, Bernadette
Gênero: Romance
Páginas: 376
Editora: Companhia das Letras
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Cadê Você Bernadette?, da americana Maria Semple, nos traz uma comédia inteligente e muito bem escrita, daquelas que você não consegue desgrudar por um minuto que seja. Com uma narrativa excêntrica e peculiar, conhecemos o amor incondicional e sem medidas de uma filha por sua mãe, mesmo com todas as suas imperfeições e defeitos, e até onde ela é capaz de ir para prová-lo.

Bee é uma aluna exemplar, além de ótima filha. Ela estuda na Galer Street, uma escola liberal de Seattle, onde se destaca por suas altas notas e desempenho exemplar. Como presente de formatura, ela pede uma viagem para a Antártida, na companhia de seus pais.

Seu pai, Elgin, é um gênio da informática, porém um homem extremamente ausente para sua família. Renomado programador da Microsoft, ele trabalha no projeto de sua vida, o Samantha 2, e não acha o momento propício para se isolar no extremo sul do planeta ao lado da esposa e da filha.

Bernadette, a mãe, está saturada com a rotina e sobretudo com Seattle e com os pais de Galer Street, que insistem em atormentá-la. Alguns dias antes da tão sonhada viagem da filha, ela desaparece misteriosamente, com medo do convívio social e do percurso até a Antártida.

Bee fará de tudo para encontrar a mãe, e em meio a tudo isso, acabará por descobrir muito mais daquela mulher que ela julgava tão bem...

Cadê Você Bernadette? é o típico retrato de uma família, com todos os seus sabores e dissabores. Aqui conhecemos a importância dos sonhos e de se perseverar neles e o quanto devemos fugir da rotina, por mais que a mesma, muitas vezes, se apresente de forma confortável. Bernadette é uma mulher como todas as outras e que, em prol da família, acabou por abrir mão da carreira para se dedicar a vida de dona de casa e mãe. Ninguém enxergava ou procurou enxergar o quanto se abdicar daquilo que amava a deixou frustrada, e tal como uma bola de neve, sua insatisfação foi crescendo dia após dia, até que ela resolveu, literalmente, fugir do mapa. Narrado em primeira pessoa por Bee, com a predominância de e-mails, cartas e até mesmo documentos confidenciais, somos apresentados a um romance original, tecido com humor e um leve toque de drama.

Bernadette foi construída de uma forma tão verossímil e exótica ao mesmo tempo. Pode parecer loucura tal afirmação, mas a sua realidade não é diferente do convencional, assim como suas ações e estratagemas possuem um toque bem surreal. No livro, sua vida é destrinchada de todas as formas possíveis, possibilitando uma maior compreensão sobre sua personagem. A rotina acabou desgastando-a, assim como a frustração de não ter seguido em frente em sua carreira profissional. Atrelam-se a isso, ainda, a inveja que sua vizinha, Audrey, nutre por ela, algo que me fez gargalhar, devido ao teor hilário como a mesma foi empregada.

Bee é uma garota inteligente e perspicaz. Por mais que muitos rotulem sua mãe de louca e aleguem que ela teve um surto psicológico, ela não cansa de procurá-la, além de ter a certeza absoluta da pessoa maravilhosa que Bernadette é. A comunhão entre as duas é surpreendente, algo que praticamente é incontestável a julgar pelo desfecho final do livro. Já Elgin é daqueles personagens pelos quais não conseguimos nutrir simpatia. Ótimo como profissional, porém péssimo pai e marido e uma pessoa de um convívio muito difícil. Em suma, ele é um homem egoísta e querendo ou não, foi um dos responsáveis por tudo que aconteceu e acontece na vida de Bernadette.

Em síntese, Cadê Você Bernadette? nos traz uma comédia inteligente, bem-humorada e que ainda consegue nos levar a reflexão, além de entreter ao extremo. Os personagens são bem heterogêneos entre si e possuem personalidades marcantes, o que só torna a trama ímpar e original. A capa é muito bonita e apesar de sugerir um chick-lit, a trama possui certa densidão que a leva além disso e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺

12 comentários:

  1. Vou admitir que a história não me chamou muito a atenção, porém, sua resenha está ótima, parabéns, Nessa!
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie Nessa =)

    Li esse livro no ano passado e confesso que me surpreendi bastante com a história.
    A protagonista é tão complexa e divertida que a narrativa foi me conquistando aos poucos e quando percebi estava apaixonada pelo livro *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  3. a proposta é interessante, acho que leria só pra descontrair um pouco!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nessa!
    Já tem tempo que só vejo as pessoas falarem bem desse livro, o que me deixa com vontade de lê-lo. Espero gostar da leitura tanto quanto vocês :D

    Beijoo!!
    http://lereaminhapraia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    já tinha visto a capa por aí, mas nunca tinha me interessado.
    Adorei sua resenha. O livro parece ser bem divertido
    dica anotada!!

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Acho que este é o único checklit que eu tenho curiosidade de ler. E todos que o leem falam muito bem. Achei a história bem curiosa e interessante e gostei também de saber que a protagonista apesar de surreal é bastante real. Anotei a dica.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa!
    Eu podia jurar que era um chick lit!
    Amei a capa e a premissa do livro!
    Adorei a resenha!
    Bjos!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Primeira vez que leio algo sobre o livro.
    Fiquei curiosa para conhecer mais dessa história, parece ser algo muito envolvente.
    Adorei a resenha.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  9. Oi Van
    A capa desse livro chama muito minha atenção e todos resenhas que eu li são positivas. Quero ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa,
    Não conhecia esse livro mas achei a premissa dele legal, porém realmente não será um dos meus desejados no momento. Sobre a parceria fique tranquila sei como é a correria.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Que resenha super empolgante, amei !!
    Não conhecia a autora e nem o livro!

    Beijos
    Lu Apaixonada por Romances !

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa,
    Eu acho que esse livro vai ser lido futuramente, e mesmo assim por que li sua resenha e fiquei um pouco mais animada com a leitura dele. Quando não conheço um determinado livro eu vejo se a capa me agrada para eu levá-lo para casa.É um erro grande isso, eu sei mas quando vejo já fiz. Eu já tive com ele nas mãos em uma livraria e não comprei. Segundo eu tenho um fila bem grande de livros que ainda não foram lidos.Vou ter que dá prioridade a ela. Mas depois que li sua resenha dele fiquei empolgada em comprar ele e lê-lo. Mais um para listinha de desejados.
    Bjos

    ResponderExcluir