16/09/2014

Resenha: Tudo por Nós Dois - M. Leighton

Título original: Everything For Us
Gênero: Romance/New Adult
Páginas: 352
Editora: Record
Classificação: 4/5
Comprar: Livraria Cultura   
Em Tudo por Nós Dois, terceiro e último volume da trilogia Bad Boys, da americana M. Leighton, conhecemos a história de amor de Marissa e Nash. Assim como nos demais volumes da série, aqui encontramos um romance bastante ardente e intenso, permeado de cenas sensuais e de tirar o fôlego. A minha única ressalva ficou por conta de Nash, que teve um comportamento na trama que não me agradou muito.

Marissa Townsend, a prima arrogante e mimada da doce Olivia, tem a vida dos sonhos de qualquer garota. Filha de um rico advogado, sempre teve tudo o que sempre quis, ou melhor, tudo o que o dinheiro pode comprar, vivendo como se o mundo girasse ao seu redor. Porém, uma paixão avassaladora e sem igual faz com que todos os seus conceitos caiam por terra...

Depois de descobrir os segredos que se escondem por trás da família Davenport e de ter perdido o seu namorado para a prima, ela ainda tem que lidar com o trauma de ter sido sequestrada e todo o medo constante que a rodeia desde então. Mas agora ela não está sozinha: por onde quer que vá, o enigmático e misterioso Nash segue os seus passos, a protegendo de tudo e de todos.

Movida pelo sentimento de gratidão, a jovem advogada decide fazer de tudo para salvar o pai dos gêmeos da injustiça da qual ele foi vítima e, com isso, acaba por descobrir sua própria redenção e uma paixão ardente e avassaladora...

Tudo por Nós Dois atenua ainda mais a sensualidade presente nos volumes anteriores da trilogia. Nash consegue ser ainda mais impetuoso e viril do que Cash, protagonizando cenas de puro frenesi na trama. Marissa passa por uma transformação, ou melhor dizendo, por uma verdadeira reconstrução de sua personagem, que se despe da imagem de moça fútil e se mostra alguém corajosa e objetiva. Apesar dos vários atrativos do livro, o comportamento de Nash não me agradou por completo. Em muitos momentos, o achei um verdadeiro babaca, principalmente devido ao seu jeito de lidar com Marissa. Narrado em primeira pessoa por Marissa e Nash sob pontos de vista alternados, o livro encerra a trilogia de modo bastante amistoso, apesar de não ter me afeiçoado tanto ao protagonista masculino do enredo como gostaria.

Nash possui uma revolta imensa dentro de si e acaba exteriorizando isso de formas não muito agradáveis. Ele é incrivelmente sexy e exala testosterona pura, mas o seu comportamento não é lá muito sutil, principalmente com Marissa. Algumas de suas atitudes com a moça me soaram completamente arrogantes e grossas, apesar de compreender que ela também nunca foi flor que se cheirasse, mas mesmo assim esperava que ele fosse um pouco mais maleável. Com o deslanchar da trama, ele acaba agindo de maneira amistosa, mas o seu começo na história não foi muito triunfal, ao menos pra mim.

"Naveguei por todo o mundo tentando fugir de você, tentando fugir do que você me faz sentir. Tudo o que descobri é que não há nenhum oceano grande o bastante para afogar a sua lembrança, nenhum lugar longe o bastante para evitar a atração que sinto por você. Você acaba me achando. Sempre acaba me achando. Quando fiquei perdido no mar, você me achou. Quando fiquei perdido na vida, você me achou. Não só me achou como me salvou. E eu sei que não há lugar que eu possa ir e ficar feliz, enquanto estiver longe de você. A melhor parte de mim é você. A única parte que importa é aquela que você tem, a que você mantém na palma da sua mão."

Marissa, por sua vez, sofreu uma mudança imensa em sua personalidade, e felizmente para melhor. Depois de amargar a dor de ser raptada, ela passou a enxergar a vida com outros olhos e a paixão fulminante que sente por Nash contribui ainda mais para que isso aconteça. Ela passa a valorizar aqueles que estão ao seu redor e principalmente, a si própria, tomando as rédeas de sua vida e mostrando toda a sua capacidade e desenvoltura para fazer o que é certo. Seu romance com Nash é um tanto ardente quanto sedutor, mas senti que lhe faltou um pouco de fibra para lidar com esse turbilhão de emoções.

Em síntese, Tudo por Nós Dois trouxe um final satisfatório para a trilogia de M. Leighton, apesar de ter pecado em alguns aspectos, sobretudo ao que concerne a personalidade de Nash, que poderia ter sido um pouco mais cativante. No entanto, a história conseguiu manter a mesma paixão e sensualidade de outrora e uma linguagem bem clara e objetiva. A capa é bem bonita e segue o mesmo padrão das versões anteriores e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e poucos erros de digitação. Apesar das ressalvas, não deixo de recomendar.

Confiram as resenhas dos volumes anteriores da trilogia Bad Boys:

►LOUCA POR VOCÊ
►SÓ DEPENDE DE MIM

9 comentários:

  1. Oi Nessa,
    ainda não li os outros livros da série, mas é ótimo saber que ela continua boa :)

    bjo

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. acho que mesmo com as ressalvas vale a pena dar uma oportunidade
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa, como está?
    Não sou fã do gênero e estou fugindo de séries/trilogias por enquanto, já tem mais de 100 livros sem ler aqui na estante.
    A capa dele é bem bonita, eu gostei.
    Beijos.

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa!
    Mesmo com alguns pontos negativos, eu gostei da trilogia \o/ Não vejo a hora de ler mais livros da autora =D
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa!
    Não curto muito esse tipo de livro, não consegui me cativar pelos new adult... essa trilogia parece até interessante, mas não sei se é algo que eu aproveitaria...
    Bjus!
    Paty Algayer - Loucuras da Paty

    ResponderExcluir
  6. Olha, geralmente as ressalvas quanto ao mocinho me desanimariam de ler o livro, mas admito que mesmo assim fiquei muito curiosa a respeito. Só de não ter triângulo amoroso, já ganhou pontos comigo, hehe. Quem sabe um dia, né?!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas quem sabe não arrisco!
    Beijos!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  8. uau Nessa, que resenha
    eu estava muito curiosa sobre essa trilogia, e acho que vou investir na leitura.
    Amei o quote que você selecionou. Fiquei curiosa quanto a personalidade de Nash, apesar de você ter citado características dele que me desanima em um personagem masculino.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  9. Oii!!!
    Necessito ler essa trilogia! Desde o lançamento do primeiro livro que estou interessada nessa historia!
    Beeijos

    Elidiane
    Leitura entre amigas

    ResponderExcluir