22/12/2014

Resenha: Amor sem Limites - Abbi Glines

Título original: Forever too far
Gênero: Romance/New Adult
Páginas: 192
Editora: Arqueiro
Classificação: 4,5/5
Comprar: Saraiva
Em Amor sem Limites, terceiro e último volume da trilogia Sem Limites, os personagens amadureceram um pouco mais - principalmente Rush - e a história de amor ganhou mais consistência e romantismo. Assim como no início da saga, as cenas sensuais permeiam a trama e a química entre o casal continua a mil.

Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num dos momentos mais difíceis e dolorosos de sua vida: quando acaba de perder a mãe e a casa onde as duas moravam. Filho de um grande astro do rock, Rush sempre viveu em um mundo de luxúria, regado por sexo e diversão, totalmente o oposto do universo de Blaire.

Mesmo com tantas diferenças entre si, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de família que provocou a ruptura entre o casal, além de acarretar muita tristeza para eles. Mas o sentimento que os unia era forte e poderoso e eles cederam novamente a um impulso irresistível.

Agora Blaire está grávida e os dois estão muito felizes, cuidando dos preparativos para o casamento. Porém o pai de Rush, Dean, surge trazendo notícias bem desanimadoras , capazes de fazer com que o casal se afaste novamente...

"Quando encontrar seu motivo para viver, agarre-o. Nunca o perca de vista. Mesmo que isso signifique abrir mão de outros caminhos."

Arrisco dizer que Amor sem Limites foi o melhor livro da trilogia de Abbi Glines e que conseguiu proporcionar um desfecho bacana para a saga de Blaire e Rush. Não que este último volume seja maravilhoso - até porque alguns dos elementos que não me agradaram muito na série ainda estão presentes no enredo -, mas é visível a evolução de seus personagens, bem como o desenvolvimento de seus sentimentos. Notei mais romantismo entre o casal e acredito que o intuito da paternidade influenciou e muito no caráter e nas atitudes de Rush. Narrado em primeira pessoa por Blaire e Rush, sob pontos de vista alternados, Amor sem Limites se mostrou um livro bastante conclusivo e sedutor.

Infelizmente, Blaire perdeu e muito o senso de independência que a destacou no início da saga. Tudo bem que neste volume ela está grávida e com os nervos à flor da pele, mas convém lembrar que ela já se encontrava vulnerável bem antes disso. Apesar de tais características, até que ela não me irritou neste livro, afinal esse papel ficou a cargo da insuportável Nan e de seu pai irresponsável e pasmem, nojento.

"Tudo aquilo era meu. O homem diante de mim e a vida dentro de mim."

Rush, por sua vez, sofreu uma mudança significativa. Ele amadureceu bastante do início da história até aqui e apesar de ainda dar muita corda para Nan e não perceber suas atitudes egoístas e mimadas, é evidente que está mais ponderado, sábio e atencioso para com Blaire.

"Qualquer distância é longe. Quero você bem aqui ao meu lado... para sempre."

Em suma, Amor sem Limites não foi um marco, mas proporcionou um desfecho satisfatório para a saga de Abbi Glines. O livro foi bem desenvolvido, além de apresentar o amadurecimento de seus personagens e acentuar ainda mais o romance entre o casal. A capa segue o mesmo padrão das anteriores e continua muito bonita e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Vale a pena conferir.

Confiram as resenhas dos volumes anteriores da trilogia Sem Limites:

►PAIXÃO SEM LIMITES
►TENTAÇÃO SEM LIMITES


10 comentários:

  1. Oi Nessa,
    nossa estou adorando esta série.
    Amei a resenha

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa
    Eu já li este, e acho que ele não acrescentou muito. Dos três livros eu gosto mais do primeiro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Parei no primeiro, preciso comprar os demais e ler =D
    Bom saber que os livros melhoram e que tem ums desfecho

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Ótima resenha. Ainda não li nenhum livro dessa trilogia, quem sabe um dia, parecem bons.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    http://thisadorablething.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. sempre eu falo: "vou ler algo dela" me dá um desanimo!
    sério, tenho bloqueio com essa mulher
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa!
    Eu adoro os romances da Abbi \o/ Principalmente porque acabo ficando com raiva dos personagens, depois amando-os kkk
    Bjks!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, jura que você achou o melhor?? Achei que esse livro nem precisava existir haha mas entendo sua opinião, o amor deles é sempre comovente e picante. Mas assim como você, achei que Blaire perdeu sua independência, e apesar de Rush ter amadurecido, ele virou muito cachorrinho babão atrás dela, e isso fez com que ele perdesse toda sua identidade

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem especial de natal, vem conferir!

    ResponderExcluir
  8. Clarooo que já li esse livro. Nesse finalmente Rush está fofo de vez RSRSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom?
    Infelizmente eu não curti esse livro tanto assim. Achei a história mais do mesmo e a autora poderia ter condensado algumas coisas. A Blaire está no auge da dependência e isso realmente pode ter relação com a gravidez. A única coisa que gostei foram os personagens das outras séries que apareceram na história.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Nessa,

    Gostei demais da sua resenha, mas o livro não faz meu estilo....abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir