28/12/2014

Resenha: Métrica - Colleen Hoover

Título original: Slammed
Gênero: Romance/New Adult
Páginas: 304
Editora: Galera Record
Classificação: 5/5
O livro Métrica, primeiro volume da trilogia Slammed, da texana Colleen Hoover, nos traz um romance delicado e ao mesmo doloroso. A autora faz uso de três elementos primordiais em sua escrita - poesia, amor e dor - e através deles constrói uma narrativa rica e dotada de beleza peculiar.

Após o falecimento do pai, Lake se torna uma pessoa solitária e tristonha. Por mais que tente ser forte e corajosa, principalmente para apoiar sua mãe e seu irmão caçula, por dentro ela está devastada, congelada em um limbo de luto e dor. E o fato de se mudar de casa nessa altura do campeonato não a ajuda em nada a superar a situação.

Agora, em uma nova cidade e em uma nova residência, ela precisa achar o seu caminho. E, para sua surpresa, um rapaz apaixonado por poesia parece ser a pessoa perfeita para auxiliá-la. Quando conhece Will, seu vizinho, Lake imediatamente sente uma forte conexão com ele e percebe que ele pode trazer um pouco mais de brilho e cor para a sua anuviada realidade.

Mas nem tudo são flores no caminho do casal e quando eles pensam que encontrarão a felicidade um ao lado do outro, uma revelação atordoante acaba por interromper o relacionamento deles. Quanto mais se esforçam para encontrar equilíbrio no meio da intersecção que os acometeu, mais árdua se torna essa tarefa, visto que seus sentimentos estão ligados de forma intrínseca, apesar de todas as forças que os separam.

Layken e Will precisam contrabalancear seus sentimentos e chegar a conclusão se o amor é realmente a força mais poderosa e intensa do universo e se estão dispostos a vivenciá-lo, mesmo com todos os seus sabores e dissabores. E na poesia da vida que os rege se encontra a resposta mais precisa e verdadeira para os seus corações...

"Nada é permanente. A única coisa que todos temos em comum é o inevitável: todos morreremos um dia."

Métrica figura na lista dos mais vendidos do New York Times e com louvor: o livro foi escrito de uma forma bela e poética e traz, incrustado em suas páginas, tanto o amor quanto a dor, tal como se os dois fossem os lados de uma mesma moeda. Me encantei com a trama de Colleen Hoover logo no início, tanto pela qualidade de sua escrita - envolvente e fluída - quanto pela magnitude de seus personagens, principalmente Will, que é um protagonista e tanto. Narrado em primeira pessoa por Lake, de forma quase que pungente, conhecemos toda a sua trajetória e os inúmeros presentes e surpresas que o destino lhe reserva.

Lake ficou profundamente abalada quando perdeu o pai. Além de ter que lidar com a dor do luto, ela tem que se manter forte - mesmo que por dentro esteja em frangalhos - para dar apoio e suporte para sua mãe, Julia e seu irmão, Kel. Mudar para uma nova cidade não se mostra algo tão edificante, mas quando conhece Will, a garota parece encontrar o conforto que tanto precisava. Porém, quando tudo caminha nos trilhos para o casal, um súbita revelação acaba por separá-los, fazendo com que Lake fique completamente desestabilizada. Eles sabem que não podem continuar com o romance, mas a convivência - por ora, obrigatória - acaba se tornando difícil demais para suportar. Gostei da personagem e me comovi bastante com a sua trajetória e com os fatos que lhe sucederam até então. Admirei bastante o seu relacionamento com o irmão, bem como com os seus amigos, e apesar dela não ser aquela protagonista forte e tal, possui os seus encantos.

"A vida quer que você lute. Que aprenda a fazer uma vida sua. Ela quer que você pegue um machado e destrua a madeira. Ela quer que você pegue um martelo de forja e quebre o concreto. Ela quer que você pegue o maçarico e queime o metal e aço até conseguir alcançar lá dentro e agarrar."

Will é o sonho de toda garota. Ele é responsável, forte, maduro, carinhoso, amigo, companheiro e incrivelmente lindo. Seus modos e atitudes para com Lake são encantadores, bem como o respeito e amor que nutre por ela. Confesso que fiquei apaixonada pelo personagem, principalmente quando ele começa a entoar suas poesias e assim, expor seus sentimentos de uma forma mágica e quase que surreal. Ele é perfeito, perfeito e perfeito!

Em síntese, Métrica é um excelente livro e possui uma narrativa brilhante e encantadora. Ele não só rima amor com dor como também nos mostra que tudo é aprendizado e que vem a acrescentar algo em nossas vidas, além de nos apresentar um romance estupendo e personagens magistralmente construídos. A capa é simples, porém dotada de uma beleza singular, com a ilustração de uma chave em formato de coração e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

13 comentários:

  1. Oi Nessa,
    tb gostei bastante do livro, mas não quero ler o próximo, aposto que o autor vai estragar tudo kkkkk

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa!

    Essa trilogia é emocionante, você vai gostar!
    Bjks!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa, como vai?

    Métrica é excelente, né? Eu adorei o livro assim como você. Pausa consegue ser ainda melhor, apesar de não ter sido tão necessário. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parece bom, mas drama pra mim tem que ser lido em certos momentos, não pego um drama do nada, tem que ser na fossa rs XD Bjo
    coisasdebelaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. oi Nessa, li esse livro faz um tempo e gostei desse envolvimento com a questão da poesia e também os enredos surpreendentes da autora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa,
    Sou completamente apaixonada por Collen, essa trilogia é tudo de bom. Estou contando as horas para ler "Essa Garota". :D
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa.
    Poxa, que bom que você super adorou esse livro. Eu não consegui gostar muito, infelizmente, mas faz parte. Ótima resenha.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    thisadorablething.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. A Collen é uma autora incrível e esse livro será uma das minhas leituras de janeiro, espero me encantar também.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  9. Oie Nessa =)

    Li Métrica a algum tempo, mas mesmo achando a história boa não consegui me conectar tanto assim com ela. Estou adiando a leitura de Pausa por medo de me decepcionar ... Não sei, achei que Métrica terminou bem fechadinho rs...

    Feliz Ano Novo Nessa! Que 2015 seja um ano repleto de paz, saúde e realizações para você!
    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  10. Nessa, adorei a resenha. Fiquei com mega vontade de conhecer mais sobre os personagens e, em especial, o Will.
    Adorei a forma como a obra foi abordada e não conheço a escrita da autora, mas fiquei curiosa para conhecer.
    Um feliz 2015 para você, repleto de leituras e conquistas

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher, kit de marcadores e 3 ganhadores.

    ResponderExcluir
  11. Todos os livros dessa autora são encantadores, né? Li Um caso perdido por duvidar ser tão bom assim, e acabou que nãoa me decepcionei nem um pouco. E com a sua resenha, fiquei realmente curiosa pra ler Métrica. Já tendo experiência com outra obra da autora, tenho ideia do quão bom essa história também deve ser!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem post novo sobre o desafio que realizamos, vem conferir!

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa
    Faz tempo que eu quero ler este livro, mas ainda não tive oportunidade.
    A premissa dele é muito boa e pretendo ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nessa! Tenho muita vontade de ler os livros da Colleen Hoover e Métrica está entre os meus desejados. Já vi vários comentários posivitos sobre essa trilogia, o que me deixa ainda mais curiosa. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir