15/06/2015

Resenha: Benefício na Morte - Robin Cook

Título original: Death Benefit
Gênero: Thriller médico
Páginas: 448
Editora: Record
Classificação: 4/5
Comprar: Submarino
O livro Benefício na Morte, do americano Robin Cook, nos traz uma história intrigante envolvendo ciência e perseguição policial. Os personagens foram bem moldados à trama e tiveram as suas humanidades exploradas ao máximo, o que concedeu todo um realismo ao enredo. Apesar de ter sido uma boa leitura, infelizmente o desfecho final da obra deixou um pouco a desejar.

Pia Grazdani é uma jovem estudante de medicina que se destaca pelo seu talento no mundo da ciência e também por seu comportamento reservado. Atuando em parceria com o brilhante geneticista molecular Dr. Tobias Rothman, ela trabalha em uma ambiciosa pesquisa que visa criar órgãos de reposição para pacientes crônicos, revolucionando a saúde pública. Através deste estudo, Pia espera ajudar milhões de pessoas ao redor do mundo e também superar os seus próprios traumas pessoais, já que não teve uma infância memorável, sendo uma criança abandonada à mercê do próprio destino e vítima de diversos abusos.

Porém, quando o laboratório no qual trabalha se torna o cenário de uma grande tragédia, Pia se vê obrigada a abandonar o projeto e passa a investigar o que motivou tal desastre. Para isso, ela conta com a ajuda de George, seu colega de classe.

Paralelo à isso, dois grandes gênios de Wall Street pensam ter descoberto a mina de ouro através da famigerada indústria de seguros de vida, manipulando dados e securitizando várias apólices de clientes crônicos e idosos.

Quando Pia e George avançam em suas investigações, percebem que há alguém se aproveitando de seguros de vida particulares para o benefício de terceiros. A partir daí, dá-se início uma verdadeira jornada em busca da verdade, recheada de perigo, suspense e adrenalina.

Benefício na Morte foi a minha primeira experiência com um thriller médico e, por sua vez, muito prazerosa. A história é eletrizante e segue um ritmo alucinante e desenfreado, concedendo uma forte dose de adrenalina à trama. Envolvendo pesquisas científicas ambiciosas, ética na medicina e ganância humana, a obra de Robin Cook consegue te prender em suas entrelinhas de um modo surpreendente, mas infelizmente, pecou um pouco em seu desfecho final. O autor criou um enredo soberbo e magistral, mas parece que não soube desenvolvê-lo até as páginas finais, encerrando a história sem uma conclusão adequada. Narrado em terceira pessoa, de forma fluente e convidativa, Benefício na Morte se mostrou um bom livro, mas poderia ter sido melhor.

Pia é uma personagem forte, firme em suas convicções e que não desiste fácil de seus objetivos. Por ter tido uma infância extremamente sofrida, ela acabou se tornando uma mulher valente e de fibra, que não abaixa a cabeça para qualquer coisa e muito menos desiste de seus ideais. Mesmo correndo enormes perigos, ela é dura na queda e vai até o fim em suas investigações, custe o que custar. Por ter sido uma protagonista tão convicta e destemida, acredito que ela deveria ter tido um desfecho melhor dentro da história, o que infelizmente não aconteceu.

Em síntese, Benefício na Morte se mostrou uma leitura bem diferente e original, não só por ter uma trama que envolve ficção científica e thriller policial, mas também por apresentar um tema atual e até mesmo polêmico da nossa atualidade: a criação de órgãos artificiais através das células-tronco. Por mais que eu tenha gostado do livro e me sentido absorvida com a história, infelizmente me decepcionei um pouco com o desfecho final, que não foi páreo para a grandiosidade do enredo em si. A capa não é muito atrativa, mas revela bem a essência do livro e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Apesar das ressalvas, não deixo de recomendar.

10 comentários:

  1. Oi Nessa!!

    Não é muito meu estilo não, mas gostei da sua resenha, não leria o livro hoje, quem sabe num futuro próximo...

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa
    Ainda não li nada do gênero, thriller psicológico. Mas essa temática em si é bem interessante e como vc disse bem atual, gostei.
    Realmente essa capa não atrai muito mas o conteúdo do livro parece muito bom.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanessa!
    Eu gosto muito de livros policiais, mas o policial médico não me atrai muito. E se esse deixou a desejar no desfecho, nem vou me arriscar.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa!
    Esse livro é muito bom!
    Bjks!

    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  5. oi flor, não é um enredo que me atraia muito, não sei muito se algum dia me arrisco a ler algo do gênero
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie Nessa,
    não conhecia o livro, mas confesso que ele não me chamou atenção, acho que este iria passar bem longe da minha estante.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, amiga!
    É tão chato quando o desfecho é frustrante, né? Eu não tinha interesse em ler a obra, mas mesmo com os elogios evidentes que você citou, animei-me. Quero ler agora. Espero gostar até mais que você.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa,
    Gosto muito de policiais e fiquei curiosa com esse, apesar do desfecho não ter te agradado. =/

    Sua resenha me aguçou, mas acho que leria pela capa haha me lembrou um poster de um filme de terror!

    Ótima resenha =D

    Seguindo aqui.

    bjs e tenha uma ótima quinta!
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Oie Nessa =)

    O Robin Cook é um autor bem comentado, mas infelizmente nunca li nada dele por achar que a narrativa não faz muito meu estilo.
    Já algumas resenhas desse livro e todas chamam a atenção para o final não tão bom como a história prometia.

    Uma pena mesmo...

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  10. Realmente nunca li nada do Gênero, mas estou buscando mudar minha linha de leitura acho que enjoei de tanto livros falando sobre a mesma coisa! Portanto, gostei de ver sua resenha, me preocupa um pouco o final, mas se o meio compensar, tá valendo!

    http://ofichario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir