04/07/2015

Resenha: Escuridão Total sem Estrelas - Stephen King

Título original: Full Dark, No Stars
Gênero: Contos de terror
Páginas: 392
Editora: Suma de Letras
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Escuridão Total sem Estrelas, de Stephen King, nos traz quatro contos perturbadores e sombrios, escritos com a maestria de quem sagrou-se no gênero e é conhecido como nada menos que o "mestre do terror". Quando trata-se de horror, logo imaginamos algo sobrenatural, que entra em contraste com a nossa realidade e surge para espalhar destruição e morte aonde quer que vá, não é mesmo? Pois nesta coletânea, não temos nada que fuja de nossa ilustre natureza, afinal, o que impera é a maldade humana, em todos os seus graus e níveis possíveis (e quase impossíveis), caminhando lado a lado com a vingança e a punição. Todas as histórias foram magistralmente escritas e abordam em seu interior até onde o ser humano é capaz de ir em busca de seus intentos mais sombrios, norteadas por uma narrativa forte e que choca em diversos momentos.

Em 1922, acompanhamos a história do agricultor Wilfred e de seu filho Hank que, na minha opinião, foi um dos melhores contos do livro. Fissurado pelas terras onde vive, o fazendeiro fica profundamente estarrecido quando a esposa cogita a hipótese de morar na cidade grande, principalmente porque a propriedade em que habitam pertence a ela como legado de sua família. Não querendo abrir mão dos acres de terra, Wilfred se vê entre a cruz e a espada e acaba tomando uma terrível decisão que desencadeia uma série de fatos em sua vida. Envolvendo lavagem cerebral, remorso e um forte sentimento de culpa, o conto nos mostra uma verdadeira reação em cadeia e possui um desfecho surpreendente, dotado de humor negro. Confesso que sempre tive asco à ratos, mas depois deste enredo, estes seres estão me causando mais agonia e pavor.

Já em O Gigante do Volante, conhecemos a história da escritora de romances policiais Tess. Quando está retornando de um de seus eventos literários, ela acaba sendo vítima de uma emboscada e é cruelmente estuprada e violentada. Deixada à beira da morte pelo seu algoz, ela arquiteta um plano maquiavélico de vingança. Neste conto, notei uma certa similaridade com o filme Doce Vingança de 2011 devido ao teor de violência e punição presente no enredo. A narrativa é forte e chocante e leva Tess para outras dimensões. Acompanhamos não só os seus atos quase que inevitáveis como também o seu perfil psicológico,  por sua vez dotado de uma psique meio que perturbadora, com direito a alter-ego, vozes inanimadas, dentre outros fatos. O conto é aterrorizante, principalmente para quem pertence ao sexo feminino, visto que mexe e até mesmo abala profundamente nossa natureza. Sou uma pessoa pacífica, incapaz de matar até mesmo uma asquerosa barata, mas confesso que vibrei bastante com a vingança de Tess, afinal o que ela passou é inescrupuloso e degradante demais.

Em Extensão Justa, Dave Streeter sofre de câncer terminal e já está praticamente ansiando por sua morte quando um estranho vendedor surge em seu caminho e lhe propõe um pacto. Para salvar a sua vida, ele deve destruir a de outro alguém, o que lhe deixa com a faca e o queijo na mão. Neste conto, temos uma presença sobrenatural e que, ao contrário do que muitos possam imaginar, não interfere no fluxo de maldade da trama. O cerne do terror, como disse no começo da resenha, está no próprio ser humano e é exatamente isto o que acontece aqui. Não só tentando salvar a si mesmo, como também despejar a sua raiva e inveja em um antigo rival, Dave nos revela a sua verdadeira natureza e até onde é capaz de ir para alcançar os seus objetivos. Apesar de ser um conto muito bom e com uma ideologia explícita, achei que ele não se destaca tanto em vista dos demais que compõe a obra.

Finalizando o livro, Um Bom Casamento nos conta a história de Darcy, que está casada há mais de vinte anos e leva uma vida feliz e sossegada ao lado do marido. Quando o seu esposo parte para uma viagem de negócios e o controle remoto da TV resolve parar de funcionar, ela decide ir atrás de pilhas na garagem e se depara com uma caixa que lhe traz uma revelação bombástica. Ingenuamente, pensamos que conhecemos alguém simplesmente por compartilharmos o mesmo teto, a mesma cama e termos décadas de convivência com essa pessoa. Ledo engano, meu caro amigo, ledo engano. Stephen King nos revela a falsidade do ser humano em sua escala mais fria e calculista e arquiteta um caso de dupla personalidade com um sincronismo impressionante.

Em síntese, Escuridão Total sem Estrelas é um livro chocante, forte e que, infelizmente não foge da nossa realidade. Por mais que tenham sido cruéis as temáticas abordadas na trama, tratam-se de fatos que acompanhamos nos meios televisivos e midiáticos frequentemente, mostrando que não é necessário cunhar um diabo externo para se referir ao terror propriamente dito. Como fã de Stephen King que sou - afinal, ele foi um dos autores responsáveis pela minha paixão literária -, achei a obra surpreendente, justamente por abordar um outro ponto de vista em seu contexto e ser tão (e até mesmo mais) dilacerante quanto suas obras dotadas de paranormalidade e sobrenatural. O negrume da capa acentua bem o teor da coletânea e o título do livro foi grifado em uma textura áspera e levemente brilhante e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

12 comentários:

  1. Oi Nessa!
    Eu ainda não li nenhum livro desse autor, e não sei o por quê, não consigo ficar com vontade de ler kkkkk
    Sou doidinha mesmo rs
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa!
    Tambem adoro os livros do Stephen e estou muito animado pra ler essa coletania, fiquei surpreso ao saber que ele não usou o artificio sobrenatural nesses contos.
    Espero gostar.
    Abraços!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa!

    Eu não tenho o costume de ler livros de terror, mas pretendo dar mais chances a ele. Nunca li nada do Stephen King mas vontade não falta frente a tantos elogios. Gostei muito da sua resenha e fiquei curiosa para ler todos os contos, parece tudo muito realista e chocante.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oiiiii
    Eu curti a capa, dá mesmo o clima certo para o livro.
    Quero ler algo desse autor, talvez comece com esse.
    SUA ESTANTE
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa, tudo bem?
    Stephen King é tão elogiado, mas ainda não tive coragem de ler nada dele.
    Não sou fã de histórias assustadoras, mas tenho muita curiosidade de conhecer o autor, e como esse é um livro de contos que traz questões da realidade, vou fazer uma tentativa.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  6. eu não tenho muito pique para ler algo do King, mesmo vc dizendo que é um livro mais leve se comparado a outros titulos, mas mesmo assim fico de pé atrás
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, nessa! Tudo bem?

    Cara. Ca-ra. Como você faz isso comigo? Já vi esse livro por aí algumas vezes, mas é a primeira vez que de fato paro para ler mais a seu respeito. E agora estou curiosíssima! Não conheço nenhuma história do autor nem a sua escrita, mas estou tentada a dar uma chance.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros - docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Nessa,

    Parabéns pela resenha, não li nada do autor ainda mas tenho muita curiosidade, esse parece um bom livro para começar....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha! Sou doida pelos livros do SK, pena que ainda não tive oportunidade de ler esse, espero realizar isso logo! :D

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "Beijos Infernais" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Infelizmente não curto livros de terror. Parabéns pela resenha!
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  11. Oi Nessa, tudo bem?
    Eu nunca li nada de King, tenho certe receio de histórias de terror, kkk
    Os contos parecem fortes, densos e bem interessantes, ótima leitura para quem aprecia o gênero.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  12. Estou lendo o meu primeiro livro do Stephen King (Sob a Redoma) e a escrita desse autor está me conquistando a cada página. A edição de Escuridão Total Sem Estrelas ficou linda e esse parece ser um livro bem interessante. Vou procurar saber mais sobre ele. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir