12/07/2015

Resenha: Feitiço - Sarah Pinborough

Título original: Charm
Gênero: Romance/Fantasia
Páginas: 248
Editora: Única
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em Feitiço, segundo volume da trilogia Encantadas, de Sarah Pinborough, a história se torna mais encorpada e, por conseguinte, coerente. Os personagens foram um pouco mais delineados nesta sequência da saga, o que tornou o enredo intrigante e curioso. Desta vez, iremos conhecer a trama de Cinderela que, como poderíamos imaginar,  é completamente diferente daquela traçada nos contos de fadas. A moça é ambiciosa, tem maneiras próprias de se "divertir" e é o oposto da ingenuidade. O príncipe não é tão maravilhoso quanto poderíamos supor e guarda os seus próprios esqueletos atrás do armário e pasmem, a fada madrinha está mais pra agiota do que meramente uma senhora solidária e de terno coração.

A história se inicia com o anúncio de um pomposo baile que elegerá a noiva para o cobiçado príncipe do reino. Cinderela - que de boba não tem nada - decide mover os seus pauzinhos para conseguir finalmente um marido rico e poderoso. Mas, por mais que tudo conspire a favor da Gata Borralheira, não será fácil driblar a família do príncipe - que não nutre simpatia alguma pela moça - e a doce fada madrinha só está disposta a transformá-la em uma verdadeira diva caso tenha seus próprios interesses atendidos. Lilith, a madrasta de Cinderela, não está muito contente com os últimos acontecimentos, mas continua usando a magia para saciar suas vontades próprias.

"A vida na corte não é só feita de danças, música e amor, Cinderela. As pessoas boas não se dão muito bem quando todos estão brigando pelo poder. Todo mundo usa uns aos outros para chegar a uma posição com acesso direto ao rei ou ao príncipe. É um lugar cheio de lobos disfarçados."

Feitiço nos traz uma história tão inovadora e criativa quanto a de seu volume antecessor, mas, desta vez, a autora soube desenvolver melhor o seu enredo, bem como seus personagens. Por falar nos personagens, alguns presentes em Veneno dão o ar de sua graça por aqui, dentre eles, o caçador, que pasmem, sagrou-se o galã da saga. Narrada em terceira pessoa, com uma linguagem fluída e que oscila entre o refinado e o cru, a sequência de Sarah Pinborough está intrigante, cômica e sensual e mostrou-se bem melhor do que a história contada no primeiro livro.

Cinderela é ambiciosa e não se conforma com a vida que leva. Enquanto sua madrasta Lilith e suas meias-irmãs Ivy e Rose vivem regadas de mordomia, ela tem que lavar e cozinhar, sempre se lamentando de sua cruel sina. O sonho da Gata Borralheira é casar e mudar o curso do seu destino e ela não poupa esforços para que isso aconteça. Ela tem uma amizade colorida com Buttons, um ladrão estilo Robin Hood que de, vez em quando, recebe uns "agrados" da moça e sempre a mantém informada do que acontece pelo vilarejo e é justamente através dele que ela toma conhecimento sobre o baile da realeza e decide empenhar seus esforços para tornar-se princesa. Apesar de se lamentar bastante no início do livro, Cinderela foi uma personagem bem excêntrica ao longo da história e que teve sua personalidade explorada ao extremo. Como disse no começo da resenha, ela tem seu próprio jeito para se "divertir", algo que me despertou bastante risos durante a leitura e não esconde quais são suas reais intenções.

"Toda beleza é mágica. Você vai aprender isso. Mas é uma magia que você não consegue controlar."

Os outros personagens também foram bem delineados ao enredo. Lilith, a rainha má do livro anterior, agora é a madrasta da Cinderela e faz dupla apresentação na história, esbanjando ousadia e determinação. O príncipe também é o mesmo de Veneno e tal como em sua participação anterior, não se mostra tão encantador quanto narrado nos contos de fadas e possui os seus próprios segredos e fantasmas. O caçador chega novamente arrasando corações e mostrando todo seu sex-appeal em performances altamente sensuais.

Em síntese, Feitiço não só trouxe mais consistência e volume para a saga de Sarah Pinborough como também superou o seu volume anterior, mostrando mais desenvolvimento e apresentando facetas novas para o enredo. Tanto a sensualidade quanto o ar cômico imperam na história e me diverti muito com a fada madrinha mercenária, que exige pagamento pelos seus "bons feitos" e com a determinação e impulsividade das garotas para serem eleitas princesas, ao ponto de cogitarem até mesmo amputar os dedinhos do pé para caberem no saudoso sapatinho de cristal. A capa do livro é muito bonita e segue o mesmo padrão da antecessora e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho, ilustrações de arabescos no começo de cada capítulo e revisão de qualidade. Recomendo ☺

Confira o booktrailer de Feitiço:



Confira resenha do volume anterior da trilogia Encantadas:


15 comentários:

  1. gosto bastante dessa onda de re-contos, dá uma cara totalmente nova a histórias ja conhecidas e que fizeram parte da minha infância
    são tramas mais atuais e maduras
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa!
    Eu já li todos os livros dessa trilogia e gostei bastante \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nessa!
    Adoro as capas dessa série, são muito bonitas. Bom saber que a autora evolui de um livro para o outro, isso é muito importante.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi Vanessa!
    Tenho bastante vontade de ler essa trilogia. Acho interessante essa 'desconstrução' dos contos de fadas.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  5. Oi, amiga! Tudo bem?

    Gostei muito da sua resenha! Como assim, fada madrinha mercenária? Hahahaha. Li Veneno e como curti a história, acho que devo gostar ainda mais dessa. Especialmente por essa sequência ser mais desenvolvida, como comentou.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Apesar de não te interessar muito pela série, achei interessante parece ter sido executada essa releitura da Cinderela. Ela me pareceu muito mias "real". Além disso, é bom saber que o livro ainda superou o volume anterior.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa
    Eu parei de ler no primeiro livro ainda, não curti muito. mas tenho muita vontade de ler os outros.

    Super beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi Vanessa,
    Gosto dessa proposta de releitura dos contos de fadas, sem falar que a capa é linda. Fico feliz em saber que houve uma evolução do enredo e dos personagens.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa!
    Adoro novas versões de contos de fadas. Essa série muitas vezes é elogiada, mas também criticada. Fico na dúvida! :(
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Oie Nessa =)

    Tenho muita curiosidade de ler essa série, mas assim com a Pri fico em duvida por conta das resenhas que horas positivas, horas negativas.
    A premissa dessa série me atrai bastante, mas tenho medo de me decepcionar =(

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. Olá Nessa,

    Ótima resenha, só leio comentários positivos dessa série e espero ler um dia também.....abraço.

    https://twitter.com/cotonho72/status/620963768122667008

    ResponderExcluir
  12. Eu tinha muita vontade de ler essa trilogia, mas ai vi muita resenha negativa e acabei deixando de lado, que bom saber que você gostou, pretendo ler em breve

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
  13. Oi Nessa.
    Eu adorei esse livro, e li em apenas um dia (se me lembro bem), infelizmente eu ainda não li o ultimo livro da série.

    Milhoes de Beijos!

    Marina Lima.
    Meu Doce Apartamento | Literatura, Culinária, Caseirices & muito amor

    ResponderExcluir
  14. Oi, Amiga!
    Eu realmente fiquei curioso (de novo) por esta série. Há um tempo atrás li algumas resenhas beeem negativas sobre a série que me desestimularam. Mas fico feliz que você goste me deixa com esperanças de que gostarei também.
    As mudanças nos contos de fadas muito me deixam curioso. Parecem ser bastante notórias e interessantes.
    Espero poder ler em breve e não me decepcionar.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Nessa,
    Estou com essa trilogia para ler aqui em casa e espero gostar.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir