11/09/2015

Resenha: Bolsas, Beijos e Brigadeiros - Fernanda França

Edição: 1
Ano: 2014
Gênero: Romance/Chick-lit
Páginas: 304
Editora: Planeta
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em Bolsas, Beijos e Brigadeiros, sequência de Malas, Memórias e Marshmallows, da paulistana Fernanda França, encontramos um romance tão cativante e divertido quanto o seu volume antecessor e repleto de informações e dicas turísticas. No melhor estilo chick-lit, o livro consegue nos entreter com as confusões da protagonista e também nos envolver com a história de amor presente em suas entrelinhas.

Melissa é uma jovem e impetuosa jornalista, que trabalha narrando as deliciosas aventuras que vivencia em várias cidades do mundo. Em nova fase de sua carreira profissional, ela viaja para a Europa em busca de cenários para suas matérias e também para se aproximar de suas raízes italianas.

Em meio a essa nova e instigante jornada, Melissa precisa lidar com os percalços que todo mochileiro que se preze enfrenta e também superar a ausência dos amigos e da família, principalmente agora que sua mãe está grávida de um filho temporão. Para engrossar ainda mais o caldo, seu namorado, Théo, resolve ter crises repentinas e misteriosas de sumiço. O que o rapaz esconde e o que faz desaparecer tão sorrateiramente acabam mexendo ainda mais com a cabeça de Melissa e fazendo com que a moça se envolva em várias presepadas e confusões.

"A melhor parte da vida de uma pessoa é feita de boas lembranças."

Bolsas, Beijos e Brigadeiros nos traz um chick-lit descontraído, divertido e ótimo para entreter. Também encontramos no livro diversas informações sobre os locais que a protagonista visita, o que tornou a leitura bem rica e interessante. Os personagens são cômicos e descolados, principalmente Melissa, que além de se meter em muitas presepadas, sofre de falta de memória e consegue entreter bastante o leitor por conta disso. Confesso que Théo me desagradou um pouco neste volume devido ao seus sumiços repentinos, mesmo tendo um motivo para isso e apesar de não ter gostado de algumas de suas atitudes, ainda nutro certo carinho pelo personagem. Narrado em primeira pessoa por Melissa, de forma fluída e descontraída, o livro se mostrou uma ótima leitura, além de nos deixar com água na boca com as guloseimas que são descritas em suas páginas (leia-se brigadeiro e massas italianas).

Admirei ainda mais a Melissa neste volume. Mesmo passando por uma barra devido aos sumiços repentinos de Théo, ela continua firme e forte em sua jornada, documentando com exatidão todos os locais em que visita e aproveitando o máximo de sua estadia em cada um deles. A proximidade dela com sua família italiana foi algo muito bacana também, bem como algumas de suas analogias a respeito de temas da atualidade.

"Enquanto o homem planeja, Deus ri."

Théo está um pouco soturno em vista do volume anterior. Misterioso, enigmático e sempre desaparecendo como o Mister M nos momentos em que Melissa mais precisa dele, fiquei com receio de que a autora estivesse fazendo uma espécie de desconstrução do personagem. Graças aos bons deuses, foi apenas uma fase e entendi que com esse comportamento de Théo, Fernanda França quis anexar ao enredo uma certa dose de drama. Confesso que por mais que não tenha gostado de muitas das atitudes do personagem, compreendi o ponto de vista dele e vibrei bastante quando ele voltou a ser o gentleman que eu tanto admirava.

Em síntese, Bolsas, Beijos e Brigadeiros se mostrou uma leitura leve, divertida e cômica. Além de nos detalhar os pontos turísticos da Europa - bem como seus pratos típicos - e nos brindar com um divertido romance, também encontramos na obra reflexões a respeito de parto humanizado, adoção de animais, entre outros temas bacanas. Os personagens continuam bem excêntricos e engraçados, mesmo não tendo me encantado tanto com o lado "dark moon" de Théo. A capa do livro é bem descolada e o título e o nome da autora são destacados com um efeito metalizado e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho, revisão de qualidade e diversas ilustrações fofas. Recomendo, com certeza!

Confira resenha do volume anterior:

►MALAS, MEMÓRIAS E MARSHMALLOWS


6 comentários:

  1. Oi Nessa!
    Eu já li esse livro e ele é muito fofinho <3
    Uma ótima dica!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  2. Nessa, pelo visto é um livro que te faz viajar pelas páginas, curto bastante... confesso que não dava moral, mas acho que vou pagar a lingua
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/2015/09/resenha-cinco-dias.html

    ResponderExcluir
  3. Eu ameeeeeeei a capa desse livro, achei o enredo muito interessante e adoraria conhecer essa história. Mil Beijos! <3
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha, com certeza quero ler esse livro ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Nessa,

    Parabéns pela resenha, esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, gostei e já anotei a dica...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa
    Eu li o primeiro livro e ameiii, preciso muito desta sequência que parece ser muito boa. Eu adoro essa autora.

    Beijos

    ResponderExcluir