13/09/2015

Resenha: De Amor e Maldade - Anne Rice

Título original: Of love and evil
Gênero: Literatura fantástica
Páginas: 176
Editora: Rocco
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em De Amor e Maldade, segundo volume da série As Canções do Serafim, da aclamada autora Anne Rice, acompanhamos a nova aventura do recém-regenerado Toby O'Dare, que agora se tornou uma espécie de justiceiro divino. Assim como em seu volume anterior, a história possui um pano de fundo exuberante e minuciosamente detalhado, descrevendo com exatidão a Itália renascentista e os personagens continuam tão intrigantes quanto outrora, beirando a linha tênue que divide o amor e o ódio.

A história se inicia na Roma do século XV, cidade repleta de domos e de jardins suspensos e terra de Michelângelo, Rafael e claro, também da Santa Inquisição.

Toby O'Dare - o ex-assassino conhecido como Lucky, a Raposa - é conduzido pelo serafim Malchiah para a uma viagem no tempo pela Itália renascentista, onde foi incumbido de investigar um caso de envenenamento e também de desvendar a verdade por trás de Dybuk, um terrível espírito terreno que está aterrorizando a todos.

Ao embarcar em sua segunda jornada rumo ao caminho da redenção, Toby é conduzido de volta para seu próprio passado. onde anseia pela promessa de salvação e tem uma visão mais apurada e sucinta acerca do amor.

"Eu sonhei com anjos. Eu os vi e os ouvi em meio a uma maravilhosa e interminável noite galática. Eu vi as luzes que eram esses anjos, voando aqui e ali, em linhas de irresistível resplandecência, e alguns tão grandes quanto cometas que pareciam aproximar-se tanto, que tive a sensação de que o fogo me devoraria e, no entanto, não senti nenhum calor. Não senti nenhum medo. Não senti nenhum eu."

De Amor e Maldade nos traz uma ótima sequência para a série de Anne Rice, mantendo um rico pano de fundo histórico e cenas repletas de adrenalina e suspense, algumas até mesmo baseadas em fatos reais da nossa história. Desta vez, a autora explorou um pouco mais o sobrenatural na trama através de um fantasma misterioso e nos mostra o embate entre cristãos e judeus na Itália renascentista. Os personagens são intrigantes, multifacetados e foram muito bem atrelados ao enredo. Narrado em primeira pessoa por Toby, de forma clara e fluída, o livro conseguiu repetir a fórmula do anterior com maestria, dando ênfase ao sobrenatural e as loucuras e ambições do ser humano.

"Milagres acontecem em seu devido tempo para os seres humanos. E não há mundo e tempo suficientes que façam com que os humanos se acostumem com eles."

Toby continua trilhando o caminho da salvação e se sagrando um justiceiro divino em cada uma de suas tarefas. Sua inteligência e perspicácia são surpreendentes e o ajudam a desvendar causas consideradas perdidas. Em meio a uma suposta possessão espírita, ele descobre um caso de envenenamento que abalará a estrutura de toda uma família e vasculha fundo na origem do Dybuk, trazendo à tona uma história triste e dilacerante fomentada pela estupidez e maldade humanas. Tal como todo bom samaritano, Toby também é tentado no percurso de sua jornada e se vê cercado tanto pelo bem quanto pelo mal, em suas formas mais metafísicas.

Resumidamente, De Amor e Maldade nos propicia uma excelente leitura, além de nos mostrar com precisão e riqueza de detalhes o período renascentista italiano e seus embates religiosos do século XV e o sofrimento e humilhação incutidos ao povo judeu. Os personagens são bem construídos e até mesmo indecifráveis em muitos momentos do enredo, pendendo tanto para o bem quanto para o mal, como o próprio título da obra sugere. A capa do livro é deslumbrante e a diagramação está ótima, com revisão de qualidade e fonte em bom tamanho. Recomendo ☺

Confira resenha do volume anterior de As Canções do Serafim:

►TEMPO DOS ANJOS

11 comentários:

  1. Oi, amiga! Tudo bem, sua linda? Saudade daqui!

    Gostei da sua resenha e acho que cheguei com estilo. Pena que o livro não conseguiu me atrair tanto assim no momento, mas quem sabe futuramente? Tenho curiosidade em ler algo da autora.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Nessa,

    Não gosto da capa desse livro e nem conhecia o mesmo, mas gostei da premissa, parabéns pela resenha.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie Nessa =)

    Eu li o primeiro livro dessa nova série da Anne Rice e apesar de ter gostado na premissa, não levei a leitura da série adiante.

    Gosto bastante da escrita da Anne, por justamente ela mesclar a narrativa com um pouco de história da arte que amo.

    Sua resenha me deixou com vontade de retornar a leitura da série ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. A capa desse livro é fascinante e o enredo é muito interessante! Não é o tipo de livro que me deixa morrendo de vontade de ler, mas eu daria uma chance sim. *-*
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. OI Nessa
    Nunca li nada do autor e tenho muita curiosidade. Pude perceber que o livro é bem interessante, com uma premissa diferente. Gostei.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. flor, ainda não li nada da autora, mas os elementos da história são bem legais
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia a série e confesso que não chamou muito minha atenção, mas gostei da sua resenha, bem completa.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa!
    Acredita que ainda não li nenhum livro da autora? :O
    Preciso começar por algum kkk
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  9. Oii Van

    Sou meio traumatizada com a Anne Rice. Eu odiei Entrevista com o Vampiro (incluindo o filme) e ontem mesmo li uma resenha sobre um livro dela baseado na história da Bela Adormecida que me deixou traumatizada antes de ler....rsrs, infelizmente ela é o tipo de autor que eu não consigo ler, algo nas histórias dela não me atrai e não é o meu estilo. Mas que bom que vc gostou, aliás é bom saber que outras séries e livros da Anne são bons, dá pra tentar arriscar. Um dia talvez eu tente me arriscar, por agora ainda sou um pouco covarde, mas quem sabe mais adiante.
    A resenha ficou ótima

    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  10. Apesar da autora ultra famosa, eu não conhecia esse livro e me pareceu bem interessante para conhecer mais do período renascentista .
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Nessa,
    Não conhecia essa série da Anne, acho que é uma boa pedida pra conhecer a escrita dela.
    Já que adoro fantasias envolvendo anjos e melhor, conhecer mais do período ambientado.
    Achei essa capa lindíssima!

    bjs e tenha uma ótima quarta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir