12/11/2015

Resenha: Beleza Perdida - Amy Harmon

Título original: Making Faces
Gênero: Romance
Páginas: 336
Editora: Verus
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Beleza Perdida, da autora Amy Harmon, nos traz um romance intenso e emocionante sobre perda, amor e amadurecimento. Rica em valores e com uma escrita extremamente pungente, a história de Amy Harmon conseguiu me levar das lágrimas ao riso, além de mostrar que há tanto beleza quanto ferocidade em cada um de nós.

Ambrose Young é um jovem alto, forte, de cabelos longos e olhar penetrante. Sua beleza é típica daqueles mocinhos que estampam capas de romance e Fern Taylor sabe disso como ninguém, afinal desde os treze anos ela sempre devorou este tipo de livro. Por ser praticamente um deus grego, Fern nunca acreditou que poderia ter Ambrose em sua vida, até que tudo muda bruscamente...

Motivados pelos atentados do 11 de setembro de 2001, Ambrose e seus quatro amigos - Beans, Paulie, Grant e Jesse - decidem ir para a guerra. Porém, apenas Ambrose retorna e completamente devastado. O jovem sofre inúmeras perdas - de vida, de beleza e de identidade - mas através do amor e da amizade consegue ter dádivas incalculáveis. O amor inabalável da doce Fern se torna um verdadeiro bálsamo para o guerreiro ferido e lhe nutre com forças suficientes para recomeçar...

Beleza Perdida foi um dos livros que mais me tocaram e me fizeram refletir a respeito da vida. Profundo e quase que visceral, a história de Amy Harmon consegue nos emocionar, além de nos agregar ricos valores. Seus personagens são fortes, multifacetados e foram descritos com todas as suas fraquezas e virtudes em meio a uma trama impecavelmente construída, que agrega o cômico e o trágico, o engraçado e o belo. Narrado em terceira pessoa de forma bastante descritiva e contundente, o enredo possui lições belíssimas a respeito da fé e do amor e nos traz um romance de engrandecer a alma.

"A verdadeira beleza, aquela que não se desvanece ou se esvai, precisa de tempo, de pressão, precisa de uma resistência incrível. É o gotejamento lento que faz a estalactite, o tremor da Terra que cria as montanhas, o constante bater das ondas que quebra as rochas e suaviza as arestas. E da violência, do furor, da ira dos ventos, do rugido das águas emerge algo melhor, algo que de outra forma não existiria. E assim suportamos. Temos fé na existência de um propósito. Temos esperança em coisas que não podemos ver. Acreditamos que há lições na perda e poder no amor, e que temos dentro de nós o potencial para uma beleza tão magnífica que o nosso corpo não pode contê-la."

Ambrose sempre foi um jovem cobiçado por todas as garotas da pitoresca cidade de Hannah Lake devido a sua beleza nata e porte atlético. Enquanto elas se sentiam cada vez mais atraídas pelos atributos físicos do rapaz, Fern o amava verdadeiramente - de corpo e alma - silenciosamente, anonimamente, pois não se julgava bela o suficiente para ficar com ele. Ela até mesmo troca cartas de amor com ele se passando por outra garota e em resposta, recebe lindas declamações de Shakespeare. Os atentados de 11 de setembro mexem com o mundo inteiro e acabam servindo de influência para que Ambrose decida se alistar para a guerra e persuadir os seus amigos a fazerem o mesmo. Uma forte tragédia se abate sobre o grupo e apenas Ambrose consegue retornar para a sua cidade natal. Porém, ele não é mais o mesmo, tanto física quanto psicologicamente falando e as consequências da guerra se tornaram uma memória dilacerante e palpitante em sua vida. Fern o ama da mesma forma pura e abnegada de sempre e está disposta a salvá-lo do limbo de dor e escuridão que se tornou sua existência...

"Não acho que obtemos respostas para todas as perguntas nem chegamos a conhecer todos os porquês. Mas acredito que vamos olhar para trás no fim da vida, se fizermos o nosso melhor, e vamos ver que as coisas que imploramos a Deus que tirasse de nós, as coisas pelas quais O amaldiçoamos, as coisas que nos fizeram virar as costas para Ele ou para qualquer crença Nele, foram as maiores bênçãos, as maiores oportunidades de crescimento."

Fern é uma moça extremamente romântica e doce. Sempre amou Ambrose como se ele fosse a metade da sua alma, mas nunca se julgou boa, ou melhor dizendo, bela o suficiente para ele. Criada juntamente com Bailey - seu primo inteligente e carismático, que desde criança sofre de distrofia muscular e que se mostrou um dos personagens mais especiais do livro - ela aprendeu a lidar com a dor muito cedo e a ter a ciência de que a nossa vontade nem sempre é o desejo de Deus para nossas vidas e que, acima de tudo, Ele sempre tem o melhor para nós. Sua fé, seu amor, sua força e sua perseverança se mostram fortificantes para Ambrose e lhe fazem enxergar o mundo sob um novo âmbito, transcendendo a dor e buscando a almejada felicidade.

"Sempre me espanta como as pessoas são colocadas na nossa vida exatamente no momento certo."

Em síntese, Beleza Perdida se mostrou uma obra memorável, onde a amizade supera a tristeza, onde o heroísmo vence o senso comum e, acima de tudo, onde o amor e a fé salvam e transformam vidas. Com personagens fortes, corajosos e colocados à prova a todo instante, o livro é fascinante, comovente e incrivelmente inesquecível. A capa é muito bonita, além de ser pertinente com o enredo e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

8 comentários:

  1. flor, que livro lindo e intenso, confesso que tinha achado-o com uma proposta sobrenatural, mas me enganei e me encantei pelo enredo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Van!
    Esse livro é lindo! Emocionante, romântico e delicado na medida certa! Uma ótima indicação!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  3. Hum...parece um livro muito emocionante. Gostei da sua resenha e fiquei curiosa para ler Beleza Perdida. Quero viver esses sentimentos também!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  4. Não sou fã do gênero, mas esse livro está na minha lista de desejados, ele em si conseguiu me chamar a atenção. Adoro a capa, acho ela linda.

    Beijos ♥
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    Olha eu tinha uma ideia errada sobre esse livro. Proposta não é nada do que eu pensei haha
    Gostei de envolver essa carga emocional e relação com atentado.
    Com certeza não deve ser uma leitura perdida.
    Ótima resenha.

    tenha um ótimo domingo.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. É uma aventura mergulhar em uma história que nos faz rir e chorar. Gostei da capa e gostei da resenha. Beijos!

    exploradoradelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa, tudo bem?
    Pelas resenhas que leio desse livro, gosto mais do Ambrose. Acho a história dele muito interessante. A Fern me parece um pouco apagadinha quando leio sobre a história, ai nunca sei se quero ler esse livro ou não. :(
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa! Resenha linda!
    Se apenas a resenha é linda imagina o livro. Parece ser dolorido.

    Beijos, amei como colocaste as palavras.
    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir