27/11/2015

Resenha: Cruzando o Caminho do Sol - Corban Addison

Título original: A Walk Across the Sun
Gênero: Romance/Drama
Páginas: 448
Editora: Novo Conceito
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Cruzando o Caminho do Sol, romance de estreia do autor Corban Addison, nos traz uma história intensa e pungente sobre o tráfico sexual e, acima de tudo, um retrato primoroso de fé, esperança e amor. Com uma narrativa clara e coesa e que arraiga em seu interior uma mensagem abrangente e personagens que nos comovem por sua determinação e perseverança, a obra possui um teor bastante forte e que comove justamente por abordar a nossa triste e crua realidade.

Ahalya e Sita são duas irmãs de classe média alta que vivem tranquilamente com sua família em um bangalô na Índia. Suas vidas até então pacíficas sofrem mudanças drásticas quando um tsunami destrói a costa leste do país, levando a vida dos pais e da avó das garotas e tudo mais que elas um dia possuíram. Sozinhas, elas buscam um jeito de seguirem em frente e aprendem da pior forma possível que não devem confiar em ninguém...

Do outro lado do mundo, em Washington, o advogado Thomas Clarke está passando por uma crise tanto na sua vida pessoal quanto na profissional e decide viajar para a Índia, onde irá trabalhar em uma ONG que investiga o tráfico de pessoas. Nesta viagem, ele também pretende reconquistar Priya, a esposa que o abandonou.

As vidas de Sita, Ahalya e Thomas acabam se cruzando inesperadamente, em meio a um cenário de conspirações, crimes e atrocidades...

Cruzando o Caminho do Sol se mostrou uma leitura intensa e por vezes, dilacerante. Mesmo sendo um livro de ficção, o tema abordado se trata da realidade de muitas mulheres e crianças ao redor do mundo, como tantos filmes e até mesmo novelas já retrataram e choca por tamanha crueldade e frieza. Me emocionei bastante com o drama vivido por Sita e Ahalya, bem como o de outras personagens dentro da trama, e também vibrei com cada vislumbre de esperança que o destino reservava a elas. Narrado em terceira pessoa de forma bastante descritiva e visceral - nos causando repulsa e indignidade em muitos de seus capítulos - o livro foi bem construído e mostra todo o trabalho e graduação do autor no tema para lapidá-lo aos seus leitores.

Sita e Ahalya são duas personagens fortes e corajosas. Elas sofrem tantos infortúnios e são vítimas de diversos tipos de violência e mesmo diante de tanta atrocidade, não perdem sua fé e esperança. O amor que uma nutre pela outra se mostra um combustível potente para que as duas sigam sua jornada e vislumbrem um destino melhor. A trajetória dessas garotas não é nada fácil e desde que elas perderam os familiares, o caos se instalou em suas vidas de forma avassaladora e cruel. Não vou me ater muito aos detalhes, até mesmo para que a resenha não tire a essência do livro, mas o fato é que elas passaram por coisas desumanas, completamente dilacerantes e mesmo assim não se renderam diante das inúmeras dificuldades.

Thomas foi um personagem que foi se desenvolvendo ao longo da trama e no final acabou se redimindo de alguns de seus erros. Confesso que de início, o achei um homem egoísta e autopiedoso, que sempre tentava justificar seus atos devido a X e Y, mas não assumia sua verdadeira culpa. Foi bastante gratificante acompanhar seu deslanchar no enredo e o quanto ele se empenhou em busca de justiça e verdade. Por mais que ele não tenha se redimido totalmente comigo, realizou atos heroicos que o sagraram e revelaram seu caráter

Em suma, Cruzando o Caminho do Sol é um livro forte, porém verdadeiro. Confesso que não foi uma leitura fácil, visto que muitas das cenas da história me causaram repulsa e forte indignação, mas a mensagem que o enredo agrega é de extrema importância. Conhecer a jornada de Sita e Ahalya e o quanto essas garotas foram fortes muralhas diante das inúmeras dificuldades da vida, se mostrou algo muito comovente e até mesmo inspirador. A capa do livro nos traz o semblante de uma mulher indiana e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho, revisão de qualidade e ilustrações de flores no começo de cada capítulo. Recomendo ☺

Confira o booktrailer de Cruzando o Caminho do Sol:



14 comentários:

  1. Oi Nessa!
    Eu já li esse livro e é muito bom! Intenso, daqueles de ficar dias pensando, muito bom!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  2. é um livro que me arrebatou, a história é triste e verdadeira, doi saber que é uma realidade, uma lição de vida
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa, também não achei este livro muito fácil de ser lido, mas sem dúvida me marcou bastante, é uma trama forte e que não pode ser ignorada...

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi!

    Estava lendo a resenha e os comentários. Achei incrível da vontade de dar uma segunda chance ao livro. Mas ele nao me desceu. Não consegui ler, nem na cara e coragem. Não me agradou em nada. :/

    Beijos

    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa, é um livro forte, eu não conhecia ele. Confesso que me interessei por ele, eu nunca vi nada como ele.

    Beijos ♥
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa,
    Tenho bastante vontade de conferir esse livro. Se nao me engano o autor é advogado e trabalhou em casos de tráfico de pessoas, o que deve ter tornado o livro mto real.
    Enfim, parece ser um drama bastante intenso e com uma mensagem que merece ser difundida.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa,

    Sempre adiei essa leitura justamente por não ser fácil e em certo momento acabei esquecendo dele na estante. Mas sua resenha me fez lembrar dele e vou sim le-lo em breve!

    Beijos!

    Cintia
    http://www.devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, amiga! Tudo bem contigo?

    Puxa, não é lá uma novidade, mas gostei muito da sua resenha. Como comentei por esses dias, estou há muito querendo ler esse livro e a vontade só aumentou após conferir as suas impressões. Vou aguardar uma boa promoção dele no ano que vem para adquirir.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros - docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oie Nessa,
    li este livro faz algum tempo e confesso que não gostei muito não.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie Nessa =)

    Apesar de sempre ter certa curiosidade em ler esse livro, acabo adianto a leitura por ter a sensação que além de não ser um leitura "fácil", provavelmente vou ficar triste com o conteúdo da história.

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. Uma capa linda e um enredo envolvente e comovente. Definitivamente, uma história que merece ser lida. Gostei muita da sua resenha!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa
    Eu lembro que quando este livro lançou eu estava louca para ler, mas o tempo foi passando e eu acabei deixando de lado. Mas ainda continuo curiosa pela história.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Esse é um dos meus livros favoritos, por isso, não conseguir deixar de comentar. kkkk Realmente a trama é muito forte, causa repulsa, mas foi justamente esse choque de realidade que me fez amar tanto esse livro. A escrita do autor é maravilhosa!! Sou louca para ler outra obra dele, mas não vi nenhuma publicada. Esse livro... é tudo de bom!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  14. Olá Nessa,

    Esse li é excelente, tem uma história forte e impactante de uma dura realidade que acontece no mundo, mais do que recomendado...ótima resenha...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir