09/02/2016

Resenha: Elo - Imogen Howson

Título original: Linked
Gênero: Distopia
Páginas: 384
Editora: Farol Literário
Classificação: 3/5
Comprar: Submarino
O livro Elo, de Imogen Howson, nos traz uma distopia interessante, com direito à viagens intergalácticas, telepatia entre irmãos gêmeos e muito mais. Por mais que à primeira vista o enredo de Imogen nos desperte certa curiosidade, é notável o quanto a autora se perdeu na história, tornando a trama extremamente confusa.

Elissa sempre teve tudo o que qualquer garota da sua idade sonharia: a atenção dos pais, popularidade no colégio e um futuro promissor. Mas os três últimos anos de sua vida acabaram com tudo isso. Desde então, Elissa sofre com terríveis dores de cabeça, visões deturpadas e sombrias e enormes hematomas que aparecem do nada em seu corpo.

Depois de passar por vários especialistas, surge uma suposta cura para o mal que assola Elissa. A jovem irá realizar uma cirurgia cerebral que promete dar fim aos seus problemas, mas na véspera da operação ela descobre algo chocante por detrás de suas visões: ela está enxergando o mundo pelos olhos de outra pessoa.

Elo nos traz uma distopia interessante e com vários elementos que conseguem prender a atenção do leitor, mas infelizmente o enredo não foi tão bem desenvolvido quanto eu gostaria. Talvez pelo excesso de detalhes, a trama acabou soando confusa e por vezes, até mesmo monótona. Os personagens também não me afeiçoaram tanto e fiquei irritada com as péssimas escolhas de Elissa e com a sua ingenuidade descomunal. Narrado em terceira pessoa, o livro talvez agrade quem curta ficções cientifícas e interplanetárias, mas o fato é que essa fórmula acabou não funcionando comigo.

Elissa vive no planeta Secoia, em uma realidade totalmente futurista e diferente da nossa. Antes de começarem os seus estigmas, ela tinha uma vida aparentemente normal ao lado dos pais e do irmão Bruce, que é piloto da Emaer, um órgão do governo. Padecendo de dores terríveis e que quase a levam a insanidade, parece que a medicina finalmente encontrou uma cura para o mal que lhe aflige. Porém, prestes a realizar a cirurgia que mudará sua vida, Elissa se depara com uma garota extremamente parecida consigo mesma e descobre que ela é sua irmã gêmea e que foi descartada pelo governo como estepe. As descobertas não param por aí e logo Elissa se vê presa em uma trama intrincada de conspirações, mistérios e experimentos governamentais, obrigando a jovem a abandonar sua vida pacata de até então. Confesso que Elissa me irritou bastante devido aos inúmeros erros que cometeu. Mesmo passando por uma situação de vida e morte e sabendo por A + B que ela não deve confiar em ninguém, nem mesmo em sua família, a jovem toma atitudes impensadas
e revestidas de uma ingenuidade ímpar. Porém, afirmo que gostei bastante da Lea, a gêmea da protagonista. Ela realmente é uma sobrevivente e possui estratégias inteligentes e mirabolantes, sem contar que se mostrou extremamente corajosa e leal em uma das passagens do livro.

Em síntese, Elo acabou não me conquistando como eu gostaria, tanto por soar uma leitura monótona e arrastada em alguns momentos como por se mostrar uma trama muito confusa e com uma protagonista um tanto anêmica. Porém, mesmo com mais pontos negativos do que positivos, ainda pretendo ler a sequência da série. A capa é incrivelmente bonita e a diagramação está bem caprichada, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Apesar das ressalvas, não deixo de recomendar.


13 comentários:

  1. Quando a história tem tudo pra ser boa mas acaba nos confundindo é meio frustrante. Legal da sua parte dar continuidade a série mesmo assim. E concordo com tu, a capa é linda!!!

    exploradoradelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa, nossa eu gostei muito dessa capa, mas alguns elementos que o livro tem não me agradam muito e quando falou que fica arrastado algumas vezes, bom, já é motivo para eu não querer ler..

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nessa, que pena que a trama não agradou tanto quando poderia, mas como dizem não se pode esperar que de todos os frascos saiam bons perfumes, né?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Nessa, tudo bem?

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, a capa não me desperta interesse mas a sua resenha apesar das ressalvas me faz pensar a respeito, quem sabe....abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    A resenha começou, eu fiquei tão animada com a premissa...depois veio a rasteira haha
    Essa capa é linda, mas lerei sem expectativas.
    Ótima resenha.

    tenha uma ótima quinta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa, sua linda, tudo bem
    Eu já tinha visto essa capa em uma livraria e lembro de ter ficado muito empolgada com a sinopse, eu adoro distopias e ficção científica. Que pena que o desenvolvimento deixou a trama lenta e que os personagens não lhe cativaram. Mas se pretende continuar a leitura da série, deve ser uma boa leitura, apenas com as ressalvas. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa, tudo bem?
    É muito frustrante quando um livro nos deixa assim insatisfeitas com a história. Eu não curto muito distopias, por isso mesmo achando a capa linda e a sinopse interessante, acabei não comprando. Vou aguardar sua resenha do próximo, talvez assim resolva me arriscar nesta leitura.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Nessa =)

    Infelizmente alguns autores acabam pecando pelo excesso mesmo.
    Não conhecia o livro, mas mesmo sendo fã de distopias pelo fato de história parecer um pouco confusa, já fiquei com o pé atrás em ler.
    Vou ficar esperando a resenha do próximo volume para ver se a trama melhora ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não tinha lido a respeito do livro, sua resenha foi a primeira a me apresentar ao mesmo. Primeiramente, gostei muito da sua resenha, realmente ficou muito boa. E segundo, não sei se iria ler esse livro, não parece ser o tipo de livro que gosto de ler!

    Um super beijo,
    Carol

    Lendo Distopias

    ResponderExcluir
  10. Também amei a capa, mas não leria esse livro. Se tem uma coisa que é péssimo é o livro ser bastante arrastado e monótono, porém quero muito ler as suas resenhas sobre os outros livros da série.

    ResponderExcluir
  11. Oi Van
    Que enredo diferente, ainda não tinha visto este livro. Não sei se o leria, quem sabe.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. É aquela velha história de não julgar o livro pela capa rssssss!!! Mas as vezes a leitura dele pode agradar a alguns, né!

    ❥Blog: www.amigadelicada.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Nessa,
    essa é a prova de que os personagens são tão importantes quanto o enredo, parece ser legal, mas odeio protagonistas idiotas rsrsrs Mas devo admitir essa capa está maravilhosa.

    Bjs!
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir