03/04/2016

Resenha: Dias Perfeitos - Raphael Montes

Edição: 1
Ano: 2014
Gênero: Thriller psicológico
Páginas: 278
Editora: Companhia das Letras
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Dias Perfeitos, do carioca Raphael Montes, nos traz uma trama muito bem elaborada, onde a tortura e a paixão caminham juntas, lado a lado. O autor não poupa os requintes de crueldade em sua escrita e nos apresenta um psicopata cínico e capaz das maiores atrocidades para alcançar o almejado objeto de seu desejo. Téo não aparenta ser um jovem ameaçador, porém, quando dá margem para a sua loucura e obsessão, se transforma em um assassino frio, calculista e metódico. E Clarice, o estopim de sua loucura, vivencia todos os devaneios do estudante de medicina na própria pele.

Téo é um jovem e solitário estudante de medicina, que passa os seus dias cuidando da mãe paraplégica e dissecando cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma moça cheia de vida e dona de um espírito livre, que acalenta o sonho de se tornar roteirista de cinema. Ela está escrevendo uma road movie sobre três amigas que viajam em busca de adrenalina e novas experiências, intitulada Dias Perfeitos.

Obcecado por Clarice, Téo faz de tudo para desvendar a rebeldia da jovem. Inicia-se entre os dois uma aproximação doentia, que leva o estudante de medicina a tomar medidas extremas e quase que diabólicas. Passando por lugares surreais, como um chalé administrado por anões em Teresopólis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal perfaz uma jornada descomunal e macabra, repleta de tortura psicológica e sordidez.

Dias Perfeitos nos traz uma história arquitetadamente escrita, com uma qualidade literária impressionante e que não deixa nada a desejar para muitos autores conceituados do gênero. O enredo de Raphael Montes nos apresenta um "crime humanamente perfeito", onde cada detalhe foi magistralmente planejado e elaborado, não deixando margem para dúvidas e contestações a respeito. Os personagens revelam suas verdadeiras facetas quando são expostos ao extremo e impressionam por suas psiques metódicas e engenhosas. Narrado em terceira pessoa, de forma fluída e dotada de tensão, o livro impressiona por sua escrita nua e crua e não menos magistral.

Téo é frio e calculista. Ele possui calma no manejo e ao se expressar, o que camufla o seu lado maquiavélico. Em sua cabeça, tudo o que ele faz tem um propósito, uma finalidade nobre e ele não se considera um vilão por seus atos, justificando suas atitudes com uma lógica impecável. Mergulhar em sua mente doentia e perturbadora se mostra uma viagem insólita e macabra pelo seu universo perverso e dotado de obsessão. Ele é um assassino metódico, engenhoso e imerso em uma paixão obsessiva.

"Pecado e redenção em harmonia."

Clarice era uma jovem cheia de vida, alegre e dona de si. E eu me refiro que ela realmente era, visto que essa imagem passa longe da mulher que se tornou. Encurralada, torturada e presa como um inseto na teia de uma aranha, ela é exposta a uma situação que beira à loucura e mesmo com todas as suas limitações, ainda luta para sobreviver. Em uma das passagens do enredo, ela me surpreendeu bastante e mostrou o quanto estava psicologicamente afetada com tudo que vivenciou, tentando até mesmo sodomizar o seu algoz.

Em síntese, Dias Perfeitos nos traz um thriller psicológico espetacular, magistralmente trabalhado e repleto de ironia e perversidade. O enredo de Raphael Montes é forte e dotado de tortura - tanto física quanto psicológica - e possui um final soberbo, destes de deixar o leitor boquiaberto. A capa é soturna e nos traz a figura de um anão em meio a uma noite tempestuosa e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺

14 comentários:

  1. Oi, Nessa!
    Faz tempo que não leio livros desse gênero. E confesso que fiquei curiosa, parece ser uma leitura surpreendente!

    Beijos,
    Elidiane Ferreira
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tenho visto muita coisa desse livro por ai, o pessoal tem comentado bastante da edição caprichada, por conta do tema eu não o leria facilmente, terror e suspense não são minha praia
      http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Oi Vanessa, tudo bem?
    Estou louca pra ler alguma obra do Raphael Montes, incluindo esta. Adorei a resenha!
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanessa,
    Gosto do gênero e sempre leio elogios sobre o autor, certeza que darei uma chance.

    tenha uma ótima terça.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oie Nessa =)

    Leio muitas resenhas positivas desse livro do Raphael Montes e tenho bastante curiosidade em conhecer melhor a história. Mesmo achando que pela premissa a narrativa seja um pouco pesada para meu o meu estilo.

    Mas ainda pretendo dar uma chance ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa!
    Eu li esse livro e fiquei encantada com a história! É ótima! Nem lembro se encontrei outra história espetacular quanto essa.
    Bjks!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Vanessa!
    Que resenha instigante. Estou com dois livros dele na estante para ler. Até agora só li O Vilarejo. Estou louco para ler Dias Perfeitos.
    Abraços
    [Blog do Ben Oliveira]

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa,
    nossa gostei da resenha, mas o livro ainda não me chamou atenção. Vou esperar mais um pouco antes de compra-lo.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Esse livro parece ser muito bom. Sinceramente, nunca vi uma resenha falando mal de Dias Perfeitos. Deve ser bem macabrinho...meda, adoro! kkk
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa!
    Já na lista de desejados! Gosto de livros nesse gênero e sua resenha me deixou muito curiosa! Os livros que li do gênero focam mais na vítima do que no maníaco e nesse é exatamente o contrário!

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa, sua linda, tudo bem?
    Nossa, que trama forte!!! É assustador pensar que uma pessoa que conhecemos, que está ao nosso lado pode ser um psicopata e ter planos obsessivos. Eu gosto muito de Thriller Psicológico e todo mundo está elogiando esse livro. Com certeza vai para a lista de desejados. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nooooossa!
    Nessa, eu sou medrosa e evito livros de terror e thrillers psicológicos mas existem alguns que não dá pra não ler, não é mesmo?
    Tua resenha está maravilhosa como sempre é me deixou ainda mais curiosa!
    Valeu pela dica! Beijos*
    Lua.

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa,

    Ainda não conheço a escrita do autor. Tenho muita curiosidade, mas sempre vou deixando pra depois.
    Adorei a resenha.
    Beijos!

    Cintia
    http://www.devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Nessa,

    Li e resenhei esse livro no blog, gostei bastante e quero ler outors livros do autor....abraço.

    http://www.devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir