09/04/2016

Resenha: Onde o Amor se Esconde - Veridiana Maenaka

Edição: 1
Ano: 2015
Gênero: Romance de época
Páginas: 350
Editora: Verus
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Onde o Amor se Esconde, de Veridiana Maenaka, nos traz um romance de época soberbo, que se passa na São Paulo do século XX e nos mostra o quanto as mulheres deste período não tinham voz e nem qualquer domínio sobre suas vidas, sendo totalmente manipuladas pelo sexo oposto. Com uma escrita rica e primorosa, mesclando amor e dor e personagens fortes e irreverentes, o enredo de Veridiana conseguiu me sensibilizar e encantar.

Glória sempre foi uma jovem sonhadora e romântica, que acreditava no amor acima de tudo. Enquanto isso, Marisa, sua melhor amiga, acalenta o desejo de viver tão livremente quanto os homens, em pleno início do século XX.

Vinda de uma família tradicional, Glória se casa com o homem escolhido pelo seu pai, Erasmo. Rico e ambicioso, Erasmo se mostra um marido rude e frio, que enxerga na esposa apenas um passaporte para sua ascensão social. Como não consegue engravidar, Glória se torna vítima da violência de Erasmo dia após dia, enquanto Marisa se casa com o homem que pode escolher, César, um grande libertino.

A rotina infeliz e cada vez mais cruel de Glória faz com que ela seja seduzida por outro homem, Fernando, propiciando a jovem uma paixão esfuziante, onde ela faz suas primeiras incursões no mundo sexual. Presa em uma teia de luxúria, Glória vivencia um prazer novo e ardente, mas não sabe dizer se esta será a sua chance áurea de vivenciar um grande amor...

"Antes que os olhos se fechem, a coisa mais linda que se pode dizer é 'eu me permiti'. Não é 'eu me reprimi'."

Onde o Amor se Esconde nos traz o relato de uma mulher oprimida pela violência, que encontra no sexo uma forma de liberdade e expressão. Acima de tudo, nos mostra que independente da tristeza e das agruras que tenhamos vivenciado nesta vida, é possível ser feliz e descobrir o amor verdadeiro. Com uma escrita requintada, que consegue nos remeter ao passado e uma história de amor repleta de reviravoltas, Veridiana Maenaka nos traz um enredo dividido em três partes - dor, desejo e amor - com uma protagonista forte, corajosa e fiel a seus propósitos. Narrado em primeira pessoa por Glória, onde podemos acompanhar de forma pungente toda a sua dor e nos encantar com os seus momentos de felicidade, o livro se mostrou uma obra sublime e fascinante.

"Infelizmente, memórias não podem ser reescritas, mas o fato de ter uma lembrança boa já ameniza a ruim, equilibra a balança. Isso faz parte da cura."

Glória sempre foi uma jovem inocente, pura e incrivelmente romântica. Infelizmente, o destino lhe reservou algo completamente avesso ao que ela tanto almejou. Erasmo é um marido frio e cruel, capaz das maiores torturas para com a esposa e além de agredi-la de forma indecorosa, ainda a submete a estupros, visto que mantém relações sexuais com ela mesmo contra sua vontade. Praticamente em cárcere privado e vivendo uma vida ausente de amor e carinho, Glória se torna suscetível as investidas de Fernando e vê no amante uma oportunidade de liberdade e de desfrutar prazer naquilo que um dia lhe causou tanta dor e sofrimento. O que mais admirei na personagem foi sua coragem e caráter. Longe de mim apoiar a infidelidade, mas Erasmo era um crápula da pior espécie e frequentador assíduo de bordéis, então por que Glória não poderia ter uma mínima chance de ser feliz? É claro que mesmo se entregando ao prazer de modo desenfreado - afinal, ela é como uma criança que prova um doce pela primeira vez - chega um ponto que Glória começa a se questionar sobre o que é certo e errado e passa a agir com cautela e precisão, principalmente quando Marina incentiva a libertinagem da amiga. Acima de tudo, a protagonista se mostrou uma mulher forte, guerreira e determinada, merecedora da felicidade e de suas conquistas.

Erasmo, infelizmente, não é muito diferente de alguns homens atuais, mesmo com séculos de diferença os separando. Mesmo com toda a modernidade e o avanço da tecnologia, ainda temos muitos casos de violência doméstica, que muitas vezes levam a vítima a morte. Ao longo do livro, dá-se a entender que ele passou por um grande trauma de infância e que isso acabou moldando o seu caráter agressivo e doentio, mas acredito que isso não seja uma justificativa plausível para o seu temperamento descontrolado e violento. Fernando, tal como o seu irmão César, é um notório libertino. Mesmo se sentindo fortemente atraído por Glória, ele não é capaz de suprimir os seus instintos e lascividade por ela. Marisa, a fogosa amiga da protagonista, também vive uma vida bastante desregrada e até mesmo pervertida e encontramos indícios em sua infância que determinam certos fatores. Marcelo, o médico da região e também primo de Erasmo, se mostra um nobre cavalheiro e admirei bastante sua gentileza e afeto para com Glória.

Em síntese, Onde o Amor se Esconde se mostrou um romance esplêndido, que nos guia tanto pelo caminho da dor quanto do amor, nos mostrando que é possível sim ser feliz, mesmo depois de tantas coisas ruins e atrozes; basta querer e batalhar por isso. O pano de fundo da trama de Veridiana Maenaka também é muito rico e descritivo, passando por pontos estratégicos de São Paulo, como o Viaduto do Chá e a Estação da Luz, mantendo todo o requinte e essência do começo do século XX. A capa é muito bonita e simboliza tanto a época em que a história se passa como as descobertas na vida da protagonista e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺

19 comentários:

  1. Não conhecia o livro, nem a autora. Achei muito legal, principalmente por se tratar de um histórico nacional. Deve ser mesmo bom!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  2. Oi Vanessa,
    Que premissa forte, ainda não tinha lido resenha sobre esse livro e senti revolta pela protagonista. O fato de ser histórico nacional, me deixou mais curiosa. Ótima resenha.

    tenha um ótimo domingo.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Confesso que a capa, título e subtítulo não me chamam muita atenção, mas seu ponto de vista sobre a obra me agradou. Parece uma história envolvente, mesmo que siga um gênero do qual não sou muito adepto. Quem sabe um dia, não é?

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Vanessa!
    Não lembro de já ter visto resenha deste livro em outro blog.
    Parece que a autora soube dosar bem o histórico com o drama, o romance e o erótico.
    Esse período é uma ótimo para explorar personagens femininas fortes que, como você disse, não tinham espaço e se submetiam às vontades dos maridos.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro e nem a autora, mas a sua resenha está tão maravilhosa que me despertou bastante interesse pelo livro, ainda mais por se tratar de um histórico nacional.
    Beijos ♥
    www.jeniferalves.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa,
    não conhecia o livro, mas parece ser muito bom
    Gostei bastante da resenha

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nessa, parece um livro forte e marcante. Livros que retratam violências contra a mulher sempre me enchem os olhos.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br - Participe do Top comentarista. O vencedor ganhará dois livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa, tudo bem?
    Nunca li nenhum romance de época, mas super leria.
    Gostei da dica, parece bacana o autoconhecimento que a protagonista adquire.
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa!
    Primeira vez que ouço falar do livro e da autora. E confesso que as tuas impressões sobre a história me despertaram a curiosidade.
    O estilo não é o que leio sempre mas é sempre bom ter esse paralelo de amor e ódio em uma trama. Leria com certeza!
    Adorei a dica! Beijos!
    Lua.

    http://www.luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Então achei interessante o enredo do livro realmente hoje em dia infelizmente ainda temos situações como essa vivenciada pela protagonista o que é uma pena. Gostei da dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Amei a capa desse livro e a sua resenha... Porém, o enredo não despertou o meu interesse.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie Nessa =)

    Não conhecia o livro, mas como adoro romances de época já fiquei curiosa para conhecer a história.Ainda mais que a história se passa no Brasil =D
    Adorei a dica ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  13. Oi! Ainda não conhecia esse livro, como se trata de um romance de época já estou querendo lê-lo! *-*
    Beijos

    Elidiane
    Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Nessa, sua linda, tudo bem?
    Nossa, que história forte, que marido cruel. Dá um aperto no coração se formos imaginar por tudo o que ela passou. Que bom que encontrou alguém que goste dela e torço para que ele a salve no final sem uma tragédia. Adorei sua resenha, foi colocar na lista com certeza.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Nessa tudo bem? amo romances históricos, apesar de não ser muito fã de romances nacionais (além da diva Carina Rissi) mas pela sua resenha fiquei tentada a conhecer este.

    Bjs

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Van
    Ainda não conhecia este livro e tem um tema bem interessante, mas não sei se o leria no momento.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi,
    Adoro romances de época e quase não vejo histórias que se passam no Brasil!! Fiquei bastante curiosa!!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  18. Eu gosto e romances de época, principalmente passando no Brasil. Pela a sua resenha parece ser uma obra super bem escrita.

    Ótimo texto


    Beto


    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Olá Nessa,

    Não conhecia o livro e nem a autora, gostei da premissa e pela sua resenha vale a leitura.

    Abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir