26/06/2016

Resenha: Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson

Título: Wintergirls
Gênero: Romance/Sick-lit
Páginas: 272
Editora: Novo Conceito
Classificação: 5/5
O livro Garotas de Vidro, da norte-americana Laurie Halse Anderson, nos traz um assunto forte e delicado que assola milhares de jovens ao redor do mundo: a busca doentia pelo corpo perfeito, pela "identidade perfeita." Narrado de uma forma bastante realista e por vezes, até mesmo intoxicante, a autora retrata a dolorosa condição de jovens que sofrem de transtornos alimentares e que também se autoflagelam devido a sua relação complicada e complexa não só com o espelho, mas, acima de tudo, com a sociedade que os cercam, tendo como base relatos profundos de seus próprios leitores que enfrentam esse dilema.

Lia está muito doente e sua obsessão demasiada pela magreza acaba lhe deixando perdida entre o que é real e o que é mentira. A jovem acaba perdendo totalmente o controle quando Cassie, sua melhor amiga, é encontrada morta em um quarto de motel sozinha. E o pior de tudo: Cassie ligou para Lia trinta e três vezes, mas não obteve retorno.

O que começou como uma simples aposta entre duas amigas adolescentes, que disputavam entre si quem se tornaria mais magra, acabou se transformando em um pesadelo cruel e tornando as jovens reféns de seus próprios corpos.

Ao negar o seu problema, Lia mergulha em um regime rígido, onde não basta apenas cortar calorias. Tentando omitir seu desespero, ela passa a se cortar, tentando, assim, aliviar seus tormentos internos. Seus pais e sua madrasta tentam a todo custo ajudá-la, mas suas tentativas se mostram em vão. Nem mesmo sua doce irmã Emma é capaz de fazer com que ela pare de se destruir. Lia precisa desesperadamente encontrar um modo de lidar com os seus fantasmas e com a morte de Cassie, antes que isso acabe lhe destruindo...

Garotas de Vidro se mostrou um livro forte e com uma leitura um pouco difícil devido ao tema abordado, porém uma obra interessante e indispensável na estante de vários pais e adolescentes. Como a própria autora relata, tanto a bulimia quanto a anorexia são doenças silenciosas e camufláveis e quando realmente vêm à tona, muitas vezes já se encontram em estágios muito avançados. Através do relato de Lia e da experiência dolorosa de Cassie, temos uma visão apurada do problema, sobretudo suas causas, muitas delas associadas ao temível bullying e à busca cega e mal alicerçada pela própria identidade. Narrado em primeira pessoa por Lia, de forma um tanto pungente quanto dolorida, o livro salienta a autorrepugnância dos jovens e suas complexidades mais profundas.

Lia é filha de pais separados e é visível o quanto ela se sente desfocada convivendo com ambas as famílias. Por mais que ela seja próxima tanto da mãe quanto do pai, os seus progenitores estão absolutamente imersos em suas carreiras profissionais, o que acaba lhes cegando quanto a alguns comportamentos da adolescente. O bullying sofrido no colégio onde estuda se torna a válvula propulsora de sua doença, bem como sua aposta excêntrica com Cassie. Mesmo extremamente doente, Lia é paranoica e se preocupa com cada caloria ingerida, informação esta que foi anexada perfeitamente ao texto, nos situando de forma ampla ao sofrimento da protagonista.

"Minhas mãos leem um mapa em braile lavrado em osso, começando com meus seios ocos fiados com rios de veias azuis cheias de gelo. Conto minhas costelas como contas de um rosário, murmurando encantamentos, meus dedos se enrolando por baixo da caixa de ossos. Eles quase conseguem tocar o que está lá dentro."

Em suma, Garotas de Vidro não é uma leitura fácil e como o próprio subtítulo sugere, nos mostra uma verdade camuflada por detrás do espelho e muito mais complexa do que se possa imaginar. É notável o quanto a autora pesquisou e se aprofundou no tema para trabalhá-lo em sua obra, resultando em uma obra clara, sucinta e escrita para realmente chocar e alertar seu público. A capa é muito bonita e seu retrato abstrato tem muita coerência com o teor abordado e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺

Confira o booktrailer de Garotas de Vidro:



13 comentários:

  1. Oi Nessa,
    li este livro faz algum tempo, mas confesso que não curti muito não.
    Achei bem arrastada a leitura.

    bjs
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Vanessa!
    A capa desse livro é linda e o enredo parece ótimo, apesar de forte. Super leria!
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Já faz algum tempo que eu quero ler esse livro, pois apesar de serem tristes, gosto de livros com temas mais fortes. Adorei a resenha e vou dar um jeito de ler logo o livro!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. acho um livro informativo muito importante, toca os jovens traz um tema especial e delicado
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa, sua linda, tudo bem?
    Nossa, adorei sua resenha!!! Está tao forte como a proposta da autora, concordo com você, esse é um assunto difícil de se ver. Acho muito importante os autores usarem suas histórias para fazerem alertas, esse é um assunto muito grave e geralmente os pais não sabem o que fazer e realmente às vezes é tarde demais. Não vejo a hora de ler.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie Nessa =)

    Da autora eu só li Fale, e fiquei bastante comovida com a escrita da autora. Parece que a Laurie sabe como escrever histórias que nos chocam e nos levam a refletir de forma leve e impactante ao mesmo tempo.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  7. A capa desse livro é lindíssima e o enredo é muito interessante. Tenho vontade de ler sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2016/06/resenha-do-filme-como-nao-esquecer-essa.html

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa
    O livro parece interessante, mas neste momento eu não leria. Quem sabe em outra oportunidade.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa!
    To bem curioso pra ler esse livro tem tempo, super me arrepende de não ter comprado naquela promo da saraiva. Enfim, adore a resenha, espero gostar também pois preciso me inteirar mais do assunto.

    Abraço!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Juro que nunca, nunquinha imaginaria que o livro se tratava de algo assim, com essa capa e nome jurava ser uma fantasia e sempre passei longe do livro e até mesmo de resenha ao seu respeito, hoje quando entrei no seu blog e de relance vi a palavra "bullying" me surpreendi e comecei a ler a resenha e UAL! Não acredito que eu estava deixando esse livro passar despercebido, trata sobre um assunto que nunca li, distúrbio alimentar e tudo que vem junto à ele, quero demais ler! Sua resenha me animou e me instigou a lê-lo, vou agora mesmo colocar na minha lista de desejados! Amei!

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
  11. Oi Nessa!
    Realmente, a leitura desse livro é bem indigesta. Um assunto atual e ao mesmo tempo, que incomoda. Um ótimo livro.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Oi Nessa!
    Faço faculdade de Psicologia e tive que fazer um trabalho sobre anorexia então por indicações li esse livro, realmente é uma leitura indispensável e acredito que não só para pais e adolescentes mas para todos porque de qualquer forma é um assunto pouco comentado e muitas vezes as pessoas não tem conhecimento algum ou menos alguma ideia de como lidar com isso. É um livro ótimo.

    Beijos.
    Lari | Feminices da Lari

    ResponderExcluir
  13. Oláa nessa ♥♥
    Poxa! Um livro impactante! Eu confesso que ainda não li Garotas de Vidro, mas está na minha lista á um tempo. Sem dúvida deve ser uma leitura bem válida e que nos abre os olhos para esse tipo de problema. Nos fazendo enxergar e encarar as coisas diferente,Infelizmente esta é ainda uma triste realidade, Acho que esse é aquele livro que TODO MUNDO deveria ler, igual Os 13 Porquês .. Por ser bastante reflexivo e produtivo !! Sua resenha me deixou com ainda mas vontade de conhecer a obra ♥

    ResponderExcluir