21/06/2016

Resenha: Prometo Falhar - Pedro Chagas Freitas

Edição: 1
Ano: 2015
Gênero: Crônicas
Páginas: 400
Editora: Novo Conceito
Classificação: 4/5
Comprar: Submarino
O livro Prometo Falhar, do autor português Pedro Chagas Freitas, nos traz várias crônicas tendo como base o amor, a vida, as decepções, as ilusões, as alegrias e as saudades. Escrita como se fosse uma espécie de "colcha de retalhos", onde cada texto automaticamente remete ao outro, sem ter título ou divisão por tema, a obra de Pedro Chagas é dotada de romantismo e sentimento e a escrita do autor consegue encantar. Porém, tal como acontece com qualquer livro de contos e de crônicas, tive os meus textos favoritos, enquanto outros não conseguiram me agradar.

O que mais me encantou no livro de Pedro Chagas foi a pungência de sua escrita. Ora doce e romântica, ora exclamando sua dor e xingando a plenos pulmões, sua narrativa é rica e intensa, embora, em alguns momentos, traga traços um pouco repetitivos. A forma do autor abordar o amor, de modo universal e enaltecendo todas as suas facetas, foi um tanto bonita quanto poética, se tornando um dos maiores destaques do livro.

Outro ponto que vale a pena ser ressaltado é a descaracterização da perfeição. Pedro Chagas afirma em seus textos que quando desistirmos de alcançar a perfeição em sua totalidade, vivenciaremos o verdadeiro amor em toda sua plenitude. Trocando em miúdos, quando aceitarmos nossas falhas e defeitos, sem camuflá-los e mostrando sinceridade para nós próprios, acima de tudo, estaremos realmente prontos para amar.

"Os loucos veem no impossível todos os motivos para continuar enquanto os outros veem todos os motivos para desistir, e ainda são chamados de malucos."

Prometo Falhar se mostrou uma obra promissora e um verdadeiro acalento para leitores românticos e sensíveis. O autor sabe poetizar o amor com maestria, seja contando o amor de um pai para um filho, de um filho para o pai, entre duas almas gêmeas e entre aquele que foi abandonado e desprezado.

"Intragável é não estar apaixonado. Por uma mulher, por um homem, por um gato, por um cão, por um cheiro, por um sol, por uma casa, por uma pele, por um sabor, por um sonho, por um trabalho, por um caminho, por um desejo, por um pecado. Apaixonado. Como um louco. Apaixonado. Inconsequentemente, desvairadamente. Sem parar. Apaixonado. Com todas as veias à procura da paixão, com todo o corpo à procura do prazer."

As crônicas de Pedro Chagas conseguem tocar fundo em nossa alma. O autor aborda diversos elementos e cenas, fazendo com que em seus textos o leitor enxergue algo pelo qual tenha passado na vida. Seja um amor não correspondido, seja uma traição; seja uma paixão inebriante, seja a acidez da solidão; seja um almoço especial em família, seja o fantasma da cruel atração.

"Eu podia inventar uma Bíblia só para a minha fé por você, mas não me livre do mal, amém."

Em suma, Prometo Falhar se mostrou um livro excêntrico, intenso e vorazmente poético. Algumas das crônicas me despertaram enorme paixão, porém outras acabaram soando extremamente repetidas e complexas, mas o meu saldo final a respeito da obra foi bastante positivo. A capa é linda e bem condizente com o teor dos textos do autor e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo.

9 comentários:

  1. Oi Nessa, sua linda, tudo bem?
    Eu não costumo ler crônicas, mas esse é um livro que está na minha lista, todas as resenhas que li até agora são só elogios. Pelo o que você comentou, tenho certeza de que ele irá tocar fundo e me emocionar.
    Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie Nessa
    não sabia que era um livro de crônicas. Gosto muito desse gênero, e já coloquei na lista de querência.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa!
    Esse livro parece ser uma ótima compilação de poemas e contos do amor, to com ele aqui mas não sei quando lerei, por conta de tempo :/. Amei a resenha!

    Abraço!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nessa, não sei porque, mas não simpatizei muito com a escrita de Pedro, foi um livro que tentei ler, mas não fluiu
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu já li esse livro e ele é bem diferente do que estou acostuma com relação a narrativas. Gostei bastante de diversos textos no livro \o/
    Bjs!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa,
    que bom que gostou do livro, eu mesma não curti muito não. Achei bem mais ou menos

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Nessa,

    Não sabia que era um livro de crônicas, parece interessante mas não é para o momento.....abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Nessa =)

    Sempre leio boas resenhas desse livro, mas infelizmente sabe quando não bate aquela vontade de ler? É mais ou menos assim que acontece comigo nesse caso.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  9. Nossa, que legal! E, puxa, eu vi esse livro na Bienal ano passado, ganhei marcadores dele e tudo, mas nem cheguei a olhar a sua sinopse. Que pena, tive a chance de levá-lo e deixei passar. Ainda bem que nunca é tarde demais para adquiri-lo, né?!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir