18/07/2016

Resenha: Espada de Vidro - Victoria Aveyard

Título original: Glass Sword
Gênero: Distopia
Páginas: 494
Editora: Seguinte
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em Espada de Vidro, segundo volume da saga A Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard, a rebelião entre os prateados e os vermelhos se torna ainda mais acirrada e mortal e Mare descobre uma legião de sanguenovos tão poderosos e enigmáticos quanto ela. A adrenalina corre solta neste volume da série, que também nos revela muitas surpresas, além de nos trazer fortes emoções. Tão bom quanto o livro anterior, aqui nos deparamos com mais batalhas, perigos e crueldades, dispostos em um ritmo alucinante.

Apesar do sangue de Mare Barrow ser vermelho e dela ter sido criada como plebeia, a habilidade da jovem de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite prateada. Depois que essa revelação bombástica foi noticiada em rede nacional, Mare se tornou uma arma poderosa e enigmática que a corte real faz de tudo para controlar e esconder.

Quando, à muito custo, a jovem consegue escapar do palácio real, descobre algo surpreendente: ela não é a única vermelha com poderes especiais. Enquanto foge e luta pela própria vida e a de sua família e de seus amigos, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros jovens assim como ela para que possa formar um verdadeiro exército contra a nobreza opressora. Sua jornada se mostra cada vez mais perigosa e sangrenta e Mare terá que tomar todo o cuidado possível para não se transformar no tipo de monstro que ela mais teme...

Espada de Vidro se mostrou uma sequência à altura de A Rainha Vermelha. A autora conseguiu manter a mesma tensão e adrenalina de outrora, o que tornou a leitura auspiciosa e eletrizante. Os perigos para Mare e seus amigos se intensificaram e desta vez a jovem carrega dentro de si a culpa por não conseguir salvar o maior número de pessoas possíveis e acaba extravasando seu poder de modo irrefreável em virtude disso. Acima de tudo, a personagem se mostrou uma verdadeira guerreira, ao ponto de até mesmo se sacrificar por aqueles que ama. Narrado em primeira pessoa pela protagonista, o livro se mostrou repleto de batalhas sangrentas e vorazes e com um desfecho bastante promissor.

"Mas sou uma só, uma menininha que já não pode mais sorrir. Escondo-a dos outros, atrás da minha máscara de eletricidade. Mas ela continua aqui, irrequieta, atônita, medrosa. Eu a afasto o tempo todo, mas ela ainda me assombra. Nunca vai embora."

Além de todo o estopim advindo da rebelião e de enfrentar até mesmo a desconfiança da Guarda Escarlate devido aos seus poderes inexplicáveis, Mare tem que lidar com seus próprios fantasmas e medos. Quando vai parar em suas mãos uma lista com o nome de sanguenovos tão poderosos quanto ela e espalhados por todo o território de Norta, ela inicia uma batalha implacável para salvá-los da corte real e recrutá-los para sua causa. Mas nem tudo é tão fácil quanto ela imaginava e ela se depara com muitas mortes e atrocidades no meio do caminho. A triste crueldade de sua jornada lhe desperta um forte sentimento de culpa por não ter conseguido resgatar todos que gostaria e essa mágoa se transforma em uma fúria implacável. A humanidade da personagem foi bem explorada e através de seus conflitos psicológicos percebemos o quanto a vingança, mesmo em prol de uma boa causa, pode contaminar alguém com o ódio. Apesar de todo esse abalo no sistema emocional da protagonista, é notável o quanto ela é guerreira, forte, determinada e disposta a tudo para salvar aqueles que ama.

"Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar."

Cal sofreu bastante com os últimos acontecimentos, mostrando um lado intrigante e até mesmo obscuro. Ao contrário de Mare, ele não é de extravasar a sua fúria, mas age com ponderação e precisão. Seu apoio para com a Guarda Escarlate se mostrou fundamental, mesmo enfrentando todo o preconceito de ser um prateado e carregando o trágico histórico que Elara e Maven lhe incutiram. Apesar de algumas leves faíscas, seu romance com Mare ainda não desponta, mas deixa algumas migalhas de pão bem promissoras. Diana Farley é outra personagem  que se mostra uma exímia guerreira e luta com cada fibra de seu ser em prol de sua causa e de seu povo, arriscando o próprio pescoço para isso. Sagra-se também como um grande coadjuvante neste volume, Shade, irmão de Mare. Ele se mostra tão poderoso quanto sua irmã com os seus saltos rápidos e vorazes e um rapaz forte, corajoso, protetor e leal. E, por falar em poderes, os sanguenovos brilham com maestria na trama. Entre eles, temos corpos indestrutíveis, poderes de se metamorfosear de aparência completamente, voar pelo horizonte, dentre outros.

Em síntese, Espada de Vidro foi uma leitura rica e eletrizante, que conseguiu prender a minha atenção do início ao fim. Victoria Aveyard mostrou uma desenvoltura fantástica ao compor a série, nos trazendo uma distopia original, personagens fortes e corajosos e um ritmo alucinante para ninguém botar defeito. O desfecho final trouxe um misto de insanidade e crueldade dilacerante e mal posso esperar para ter a sequência da série em minhas mãos. A capa segue o mesmo padrão das anteriores, com uma coroa formada de espadas gotejantes de sangue e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho, revisão de qualidade e a miniatura de uma espada no começo de cada capítulo. Recomendo.

Confiram as resenhas dos volumes anteriores da série A Rainha Vermelha:

►A RAINHA VERMELHA
►COROA CRUEL 

19 comentários:

  1. Oi Nessa,
    também gostei bastante desta sequencia. Fico muito boa.
    Adorei a série. Bem montada

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Nessa, tudo bem?

    Vou falar para você que eu não dava nada para essa série, mas sua resenha me deixou com uma curiosidade imensa e mais ainda em saber que todos os livros são bons, ótima resenha, dica anotada.

    Abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Todo mundo falando dessas sequencia de livros e eu ainda não li nem a primeira! Preciso começar logo <3

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com ❥ Facebook ❥ Twitter

    ResponderExcluir
  4. oi Nessa, eu não curto muitos livros com essa proposta, mas esse enredo da Averyard é muito bom, meio viciante e totalmente chamativo, eu estou doida para lê-lo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sempre vejo resenhas positivas dessa série! Pela sua resenha fiquei ainda mais curiosa para poder ler, a capa é perfeita <3 Adorei a resenha!
    Já estou seguindo o seu blog, poderia retribuir, seguindo o meu?
    Beijos
    http://palavrass-ao-vento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu já vi vários comentários positivos sobre a saga, e gostei bastante da tua resenha <3

    Beijos
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. boa tarde, tudo bem?
    Já vi bastante leitores falando sobre esta série e realmente ela parece ser bem bacana.
    Que bom que a sequência conseguiu se manter no nível do livro anterior. É um desafio ENORME para o escritor. Afinal, o público já conhece e já está mais "exigente".


    SIGA BIO-LIVROS | PÁGINA | Produtos Natura

    ResponderExcluir
  8. Oie Nessa =)

    Eu gostei mais desse livro do que do primeiro. Continuo detestando a protagonista com todas as minhas forças rs... e realmente espero que no próximo livro a Victoria intercale a narrativa entre ela e o Cal.

    É visível que a história deu uma melhorada do primeiro livro para essa, mas ainda tem muitos pontos na narrativa que me incomodam.


    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Eu já li esse livro e gostei bastante da evolução da história. Foi um dos melhores livro que li do ano, e aguardo ansiosa pela continuação.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oi Van!!

    Ando meio que fugindo de distopias, confesso, mas falam tão bem da série que fico até com vontade e bem, adoro uma narrativa eletrizante rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oi Nessa!
    Quando A Rainha Vermelha saiu eu decidi esperar para ver as opiniões sobre os outros livros da série. Tantas vezes já me decepcionei com séries que começavam bem e os livros seguintes eram ruins que fiquei ressabiada, rsrs. Se os livros seguintes se mantiverem à altura destes dois primeiros, vou querer dar uma chance.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Nessa!
    Quero muito começar a ler essa série, a cada resenha positiva fico mais curiosa!

    Beijos,
    Elidiane - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Nessa, sua linda, tudo bem?
    Gente, que história é essa tão eletrizante, cheia de batalhas, perigos e crueldade??? Gostei muito de saber que ela irá descobrir outros como ela e tão poderosos ou até mais do que ela. Já vi que a autora irá me emocionar quando tiver que colocar a protagonista se sacrificando por aqueles que amam. Distopias sempre mexem muito comigo, nos fazem refletir sobre várias questões. Não vejo a hora de ler!!! Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Essa sequência de Rainha Vermelha é muito boa,adrenalina pura, gostei na vdd dos dois livros.

    ResponderExcluir
  15. Oi Nessa
    Não sei se ja falei aqui que ganhei o primeiro livro e não consegui engrenar na leitura, mas sempre que vejo alguma resenha da série fico curiosa. Quem sabe um dia eu retome a leitura.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Louca para ler essa série. Parabéns pela resenha. Bjos!

    BLOG LITERÁRIO 2

    ResponderExcluir
  17. Eu sou LOUCA pra ler essa série, minhas amigas indicaram muito e todas as resenhas que vejo são positivas! Mal posso esperar pra ter o gostinho dessa leitura ^^
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  18. Mare Barrow parece estar melhor ainda neste livro!! A protagonista está determinada a criar um exército para combater a nobreza!! A trama é cheia de ação, e os personagens são bem construídos!! Com certeza quero ler!!

    ResponderExcluir
  19. Meu deusss!!! Essa série é maravilhosa, não consigo nem explicar palavras para descrever ela!! a trama da história então vou nem comentar hahaha
    é um livro maravilhoso e amei a resenha que você fez !! :)
    bjss
    https://wonderbookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir