19/08/2016

Resenha: Se Eu Morrer - Amy Plum

Título original: If I should die
Gênero: Romance sobrenatural
Páginas: 512
Editora: Farol Literário
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em Se Eu Morrer, terceiro e último volume da trilogia Revenants, de Amy Plum, encontramos muita adrenalina, romance e ação. Kate e Vincent passam por grandes provações que desafiam a vida e a morte, enquanto uma terrível batalha se aproxima e coloca em jogo o destino da humanidade. Em meio a sacrifícios e lutas sangrentas, o livro fechou a trilogia com chave de ouro, nos propiciando muitas aventuras e emoção à flor da pele. A autora soube explorar ainda mais a mitologia que permeia a história, bem como os belíssimos pontos turísticos de Paris.

Parece que o belo e sonhado futuro que Kate e Vincent sempre almejaram pode ter se despedaçado de vez. Depois de serem traídos por Violette - alguém em que tanto confiavam - Kate pode ter perdido para sempre o homem que tanto ama. Acreditando que Vincent seja o Defensor e querendo se apossar de seu espírito, Violette queima o corpo do revenant em um ritual macabro. Porém, nada sai como o planejado e Vincent fica vollant, com o espírito vagante.

Desafiando todas as leis da física e seguindo fielmente seu coração, Kate faz de tudo para salvar Vincent. Para isso, ela mergulha em um universo completamente desconhecido, repleto de história e misticismo, onde enfrenta perigos mortais e avassaladores...

Se Eu Morrer nos traz uma conclusão incrivelmente satisfatória para a saga de Amy Plum. Com uma mescla de romance, magia, misticismo e cenas dotadas de adrenalina e ação, o livro encanta por sua bela e esplêndida ambientação e por descrever de modo tão convincente e prazeroso a mitologia dos revenants - seres sobrenaturais que dão sua vida pelos outros e, com isso, ganham o dom da imortalidade. Senti que o romance de Kate e Vincent acabou ficando em segundo plano devido a todo o volume explorado na trama e isso não me desagradou, muito pelo contrário, trouxe ainda mais curiosidades surpreendentes a respeito da história. Narrado em primeira pessoa por Kate, de forma fluída e bem detalhada, o livro conseguiu me agradar e propiciar um desfecho bastante agradável para a trilogia.

Kate tem o seu amor por Vincent provado ao extremo e por ele é capaz dos maiores sacrifícios. Achei que sua desenvoltura dentro da história teve até mesmo ares heroicos e mostrou toda a força da personagem. Não que ela seja uma protagonista badass, mas alguns de seus valores foram bem acentuados ao longo da trama. Por mais que o cerne do enredo tenha sido salvar Vincent, o romance do casal em si não teve toda aquela abordagem esfuziante dos primeiros livros e mostrou uma faceta mais madura, dando margem à luta contra os numa e toda a mitologia que envolve os revenants.

"Uma coisa era certa sobre nós: éramos mais do que apenas duas pessoas apaixonadas. O período em que estivemos juntos foi como uma das verdadeiras e raras belezas da natureza; como um raio impossível de sol perfurando nuvens negras, banhando de ouro o pedaço de terra a sua frente."

Vincent sofre muitos tipos de tortura nas mãos de Violette e no amplo sentido da palavra, se mostra um homem de espírito inquebrável. Seu amor por Kate é o que o sustenta e lhe dá forças para ainda permanecer vivo, mesmo em sua forma vollant. Achei que o personagem, por mais que esteja nesta situação de vida e morte, não foi tão explorado pelo fato do livro ter sido quase que todo centralizado na Kate, mas isso não fez com que ele perdesse seu charme e nem o seu carisma dentro da trama. Ele se mostrou um verdadeiro guerreiro ao longo do enredo, lutando com toda a sua alma e coração.

Em síntese, Se Eu Morrer é um livro repleto de sacrifícios, amor, emoção e batalhas ferozes e mortais. Acompanhar o desfecho final da saga com suas perdas e ganhos foi bem gratificante e me deixou em muitos momentos com o coração na mão. Os personagens foram bem construídos e mostraram toda a sua importância ao longo da história, cumprindo seus papéis heroicamente e com determinação. A capa do livro é incrivelmente bonita e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho, revisão de qualidade e ilustrações de arabescos no começo de cada capítulo. Recomendo, com certeza!

Confiram as resenhas dos volumes anteriores da trilogia Revenants:

►MORRA POR MIM
►ATÉ QUE EU MORRA

11 comentários:

  1. Oi Nessa!
    Eu ainda nem li o segundo volumes dessa trilogia. Preciso comprar o terceiro e ler em sequência.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  2. Aaaaah é outra coisa quando a gente ler uma resenha falando sobre o desfecho de uma trilogia e a leitora tem uma boa opinião e fala com tanta paixão do livro. Eu fico profundamente instigada e cheia de vontade de ir atrás dos livros para ler. Aliás, gostei de saber que apesar de se amarem e isso ficar claro no livro o romance fica em segundo lugar em dados momentos de tensão, porque acho que na vida é assim, dependendo da dificuldade que a gente enfrente com nosso parceiro as vezes o romance fica para depois e a prioridade é vencer os desafios que aparecem... Gente para mim é muito nada haver aquelas histórias onde o mundo está acabando e os personagens só querem ir para a pegação... kkk

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oiii Nessa

    Dessa vez li a sua resenha bem por cima, pois tenho os dois ultimos livros da série ainda pendentes e não queria comer nenhum spoiler.
    Essa notaça dada me alegra muito! Espero gostar tanto quanto vc. Por agora, gostei do primeiro apesar de que o amor instantâneo não termina por convencer...

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa!
    eu adoro a capa desse livro e de seus antecessores! são um charme a parte, mas o enredo em si não me chama a atenção...para mim não teve aquela quimica!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa!
    Eu lembro de ter lido algumas resenhas de "Morra por Mim", mas não lembro de ter visto o segundo livro ser lançado. Que bom que o desfecho da trilogia foi satisfatório.
    PS: A capa é mesmo muito bonita (aliás, de toda a trilogia, né?)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa, sua linda, tudo bem?
    Eu acho as capas dessa trilogia lindas e delicadas. Achei linda também essa mitologia, dos seres darem suas vidas pelos outros. Mas fiquei curiosa, eles fazem isso só para ganhar a imortalidade? Pela sua empolgação, fica difícil resistir. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nessa!
    Li o primeiro livro dessa série, e gostei bastante ainda sonho em terminá-la!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie Nessa =)

    Sempre leio resenhas positivas dessa série, mas confesso que nunca senti aquela curiosidade em ler ela. A premissa parece interessante e como ponto positivo a autora soube como finalizar a trama de forma satisfatória, algo que ultimamente não anda aconteceu, ao menos nas ultimas séries que finalizei rs...

    Quem sabe mais para frente eu acabe dando uma chance para ela ;)

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Oi Vanessa, tudo bem?
    Não conheço a série, mas que bom que o final foi satisfatório. É triste quando um autor não faz um bom desfecho.
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  10. Olá Nessa,

    Já vi muito por ai essa série mas não dei devida atenção, as capas não me agradam muito, mas vou ver os anteriores, sua resenha me animou...abçs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Agora que eu sei que está terminada, posso ler esse série. Não tenho mais cabeça pra ficar esperando continuações, rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir