03/01/2017

Resenha: Ler, Viver e Amar em Los Angeles - Jennifer Kaufman & Karen Mack

Título original: Literacy and Longing in L.A.
Gênero: Romance/Chick-lit
Páginas: 320
Editora: Casa da Palavra
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Ler, Viver e Amar em Los Angeles, escrito a quatro mãos pelas autoras Jennifer Kaufman e Karen Mack e que figurou no primeiro lugar da lista dos mais bem vendidos do Los Angeles Times, nos traz um romance moderno, recheado de livros e muito humor. No melhor estilo chick-lit, acompanhamos a vida de uma bookaholic de carteirinha que já passou por dois casamentos e que ainda sonha com o príncipe encantado, tal como enxerga nos seus amados livros.

As pessoas possuem vícios, tais como comida, compras, álcool, tabaco, entre outros e muitas vezes passam um bom tempo sendo observadas por seus terapeutas. No caso de Dora isso é diferente: para curar sua tristeza, ela passa dias e mais dias lendo, muitas vezes de forma ininterrupta.


Separada pela segunda vez, sua vida se resume a ficar na banheira curtindo uma boa leitura na companhia de um excelente vinho e seu gosto literário é bem variado, passando por Mark Twain, Tolstoi e Jane Austen. Durante uma de suas idas a livraria para alimentar seu apetite voraz por livros, ela conhece Fred. Fred é formado em literatura e lhe fornece excelentes dicas do meio literário, além de exalar um ar de príncipe encantado e conseguir despertar um novo sentimento no coração de Dora. Porém, a convivência com a família do namorado alcança outros patamares e faz com que a doce bookaholic tome decisões importantes como nunca antes.

Neste ínterim, Dora acaba ficando dividida entre Fred e seu ex-marido Palmer, que resolve ressurgir em um dos momentos mais cruciais da sua vida. Mais do que este impasse amoroso, Dora acaba beirando a linha tênue entre o ócio na banheira em meio aos livros e a sua carreira profissional, nos proporcionando uma história cômica, divertida e inusitada nas charmosas ruas de Los Angeles.

Ler, Viver e Amar em Los Angeles é uma obra para todos aqueles que são amantes inveterados de uma boa leitura e que já deixaram de sair de casa ou até mesmo de comprar uma roupa em prol de um bom e amado livro. Para fugir dos problemas e até mesmo da ansiedade, Dora mergulha em sua banheira com vários livros e os lê consecutivamente, como se fosse uma de suas últimas tarefas na face da terra. Com tal rito, ela consegue fugir da realidade e vivencia uma terapia intensa e revitalizante, aliviando suas dores e preocupações mais profundas. Narrado em primeira pessoa por Dora, de uma forma bastante divertida e charmosa, acompanhamos suas aventuras pela estonteante Los Angeles e nos inebriamos com belíssimas referências literárias.

"Eu coleciono livros da mesma forma que as minhas amigas compram bolsas de grife. Às vezes, só gosto de saber que os tenho e lê-los de fato não veem ao caso. Não que eu não termine lendo-os todos, um por um. Eu os leio. Mas o mero fato de comprá-los me deixa alegre - o mundo é mais promissor, mais satisfatório. É difícil explicar, mas eu me sinto, de alguma forma, mais otimista. A totalidade do ato simplesmente me faz feliz."

Dora é uma personagem extremamente humana e uma romântica de carteirinha. Além do seu forte amor e apreço pelos livros, ela é uma pessoa muito família e disposta a ajudar. Seus devaneios acerca da vida são divertidíssimos e as analogias que ela faz entre sua vida e as maiores histórias de ficção de todos os tempos são incríveis. Me senti muito próxima da personagem - apesar de não ter uma bela banheira de hidromassagem e nem tempo hábil para ler todos os livros que eu gostaria -, tanto pela sua forma de filosofar a vida quanto pelo seu romantismo nato. Apreciei todo o cuidado e carinho dela com Bea e Harper - mãe e sobrinha de Fred e apesar de algumas cabeçadas, aprovei suas atitudes dentro da trama, principalmente no que concerne ao desfecho final.

"Os livros ensinam você como outras pessoas pensam, o que estão sentindo e como se transformam de seres comuns em seres extraordinários. Muitas vezes elas são tão atraentes e inteligentes que você prefere passar o tempo lendo sobre elas a fazer outra qualquer coisa. E, diferentemente da vida, se não gostar do que está lendo, você pode fechar o livro com força e depois...Paz. Aquela voz amistosa e persuasiva fica emudecida até que você decida abrir o livro novamente."

Quanto ao núcleo masculino do enredo, não tenho tantas maravilhas a serem ditas. Apesar de ter um bom coração e de ser uma pessoa bacana, Palmer, o ex de Dora, é um homem muito indeciso e não passa toda aquela segurança que uma mulher deseja. Já Fred se mostrou um verdadeiro babaca, sendo egoísta, rude e uma pessoa deveras amarga. Toda a sua omissão e falta de bom senso com a família fizeram com que o personagem perdesse toda e qualquer empatia que eu sentia por ele.

Resumidamente, Ler, Viver e Amar em Los Angeles se mostrou uma grata surpresa e um livro exuberante, mesclando cultura, romance e muita comédia. Arrisco dizer que a obra de Jennifer Kaufman e Karen Mack é uma leitura indispensável para todo leitor que se preze e que, querendo ou não, você vai se identificar com pelo menos uma das situações vividas pela personagem no decorrer da trama, além de se divertir muito com suas peripécias. A capa é simples e nos traz uma moça mergulhada em sua banheira na companhia de um bom livro e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

15 comentários:

  1. Esse livro é bem a minha cara... rsrs
    Pelo que li na sua resenha, as autoras escolheram um assunto bem diferente para se tratar em um livro. Os gostos da personagem principal são peculiares!

    Um beijo.
    www.annecollise.com

    ResponderExcluir
  2. Amo comédia <3 com certeza eu ia amar <3 beijão
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
  3. Pensa só, se esconder da vida através dos livros? Hahah, se deixar até eu faria isso viu!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Confesso que não tinha ouvido falar nesse livro, mas fiquei bastante curiosa!! Afinal, a vida de uma bookaholic é super interessante! rsrs
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  5. Eu já tinha lido quotes desse livro, mas não tinha lido nada especificamente sobre ele, quando fui lendo a sua resenha os meus olhinhos chegaram a brilhar, que pena que o núcleo masculino não agradou, mas pretendo lê-lo mesmo assim.

    Bjs
    Amanda Nery
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  6. ainda não conhecia o livro, mas seus elogios me agradaram, Nessa
    vou procurar saber da trama para compra
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    já tinha visto a capa por ai e não tinha curtido tanto, mas adorei os quotes e resenha

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    Canal do Blog

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa, sua linda, tudo bem?
    Gente, se eu fosse ela não ficava com nenhum dos dois. É muito fácil se separar, e depois voltar. Sendo que voltou indeciso??? E o outro??? Sem comentários, risos... Já me identifiquei com o amor dela pela leitura. Parece ser uma história divertida!!! Sua resenha ficou ótima!!!

    Te indiquei para um prêmio:
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/2017/01/o-cantinho-foi-indicado-premio-dardos.html

    beijinhos.
    cila.

    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ah esse livro entrou para a minha lista de desejados com certeza! Já havia ouvido falar dele, mas nunca tirei de ir atras, mas agora com a sua resenha com certeza vou procurar para ler!
    Bjs, comenta por favor nessa resenha, ajudaria muito!
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2017/01/apenas-um-garoto.html

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa
    Faz bastante tempo que eu li este livro e eu ameii muito, tanto que esses tempos eu reli ele. Adoro as citações e dicas de livros que tem na história.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi! Li muitos livros assim, e acabei ficando com o pé atrás. Nem todos se mostraram bons. Mas sua resenha em si foi bem positiva, apesar dos homens não ter sido tão bons. Vou adicionar o livro ao skoob <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  12. Vanessa, pronto! Depois da tua resenha, mais um livro para a lista dos livros a adquirir em 2017 :-))) Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Nessa, tudo bem?

    Como assim eu não conhecia esse livro? hehehhehee amei a Dora só pela descrição! Já quero uma banheira pra fazer o mesmo que ela <3 Acjo que vou adorar esse livro!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  14. Oi Nessa,
    Um livro pouco conhecido mas que parece que me conquistou apenas pela sua resenha.
    Estou super interessada nele. Vou procurar para comprar.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Nessa,


    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no blog, gostei demais da premissa e sua resenha me deixou com uma grande curiosidade, dica anotada....abraço.



    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir