26/02/2017

Resenha: O Cisne e o Chacal - J. A. Redmerski

Título original: The Swan and the Jackal
Gênero: Suspense
Páginas: 248
Editora: Suma de Letras
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em O Cisne e o Chacal, terceiro volume da série Na Companhia de Assassinos, de J. A. Redmerski, encontramos um suspense muito bem arquitetado e com um desdobramento inimaginável. Neste livro, conhecemos a história do assassino Fredrik Gustavsson e o triângulo amoroso vivido por ele, sua ex-esposa Seraphina e a doce e inocente Cassia. Repleto de perigos, surpresas e muita adrenalina, este foi um dos volumes mais eletrizantes da série até aqui e com um desfecho incrivelmente surpreendente.

Fredrik Gustavsson nunca cogitou a possibilidade de se apaixonar, afinal, nenhuma mulher entenderia seu estilo de vida sangrento e sombrio. Até que Seraphina - uma mulher tão perversa e sangue frio quanto ele - cruza o seu caminho. Os dois permanecem juntos pelo período de dois anos, até que Seraphina desaparece misteriosamente.

Seis anos depois, Fredrik ainda tenta de todas as formas reencontrar a mulher que virou o seu mundo de cabeça para baixo. Quando está prestes a descobrir o seu paradeiro, ele se depara com Cassia, a única pessoa capaz de lhe dar a informação que ele tanto almeja. Porém, Cassia está ferida após escapar de um incêndio e não se recorda de absolutamente nada.

A única alternativa de Fredrik é manter a moça por perto até que ela consiga recuperar sua memória. Porém, após um ano convivendo com o jeito doce e comovente da jovem, ele se descobre em uma verdadeira batalha interna entre os seus sentimentos por Seraphina e por Cassia. E ele sabe que, para manter o amor de uma delas, a outra deve morrer...

"O amor é um jogo perverso."

O Cisne e o Chacal se mostrou um suspense meticulosamente construído e norteado por adrenalina do início ao fim. Conhecer o passado dos personagens, bem como suas cicatrizes emocionais e traumas mais profundos tornou a trama rica e intrincada de mistério e suspense. O desenvolvimento do enredo foi magistral e todas as peças distribuídas ao longo da história foram perfeitamente encaixadas. Narrado em primeira pessoa, sob os pontos de vista alternados de Cassia e Fredrik, acompanhamos um enredo tenso, profundo e estarrecedor.

"O passado me transformou em um monstro. Um monstro de coração obscuro e alma morta."

Fredrik é um assassino frio e calculista e mestre na arte da tortura, tanto que esse seu "talento" o rendeu o apelido de "chacal". Ele não sossega quando necessita de uma informação e usa de todos os artifícios possíveis para obtê-la. Quando criança, ele foi abusado física e emocionalmente e tais mazelas acabaram construindo o seu caráter sanguinário e absurdamente obscuro. Seraphina foi a única mulher que tocou o seu coração e isso se deu justamente pelo fato dos dois terem muito em comum, tanto no que concerne ao passado quanto no presente. Inesperadamente, ela desaparece e Fredrik fica louco a sua procura, rastejando incansavelmente cada pista que possa levá-lo a sua amada. Apesar de ser um assassino meticulosamente frio e premeditado, Fredrik também é um homem apaixonado e sabe que em sua carreira este é um dos maiores pecados que poderia cometer. Confesso que demorei bastante tempo para entender o personagem e dissecar o seu lado masoquista e com o desenrolar do enredo compreendi perfeitamente todas as suas atitudes e o admirei por suas escolhas difíceis, porém sábias. Ele também se mostrou um homem bastante sedutor e perspicaz, protagonizando cenas de extremo fulgor e frenesi na trama.

"Estar apaixonado é estar morto, porque o amor é fatal."

Seraphina é uma mulher inescrupulosa e atroz, capaz dos atos mais cruéis e sanguinários. Ela mata antes e pensa depois e parece não se arrepender de nenhuma de suas proezas. Há seis anos atrás, ela desapareceu misteriosamente da vida de Fredrik, deixando o coração do assassino destroçado e carente por uma explicação. Já Cassia é uma moça delicada, doce e extremamente devotada a Fredrik. Com um temperamento inocente e piedoso, acaba pouco a pouco conquistando os sentimentos do assassino e o colocando em uma verdadeira berlinda. Apesar de serem tão diferentes entre si, Cassia e Seraphina têm uma ligação intensa e profunda e é justamente esse elo entre elas que torna o enredo tão convidativo e surpreendente.

Em síntese, O Cisne e o Chacal nos traz um enredo norteado por mistério e suspense psicológico e com um desfecho impressionante e estarrecedor. Contando com elementos como romance e erotismo em meio a uma trama permeada de crimes e assassinatos, o livro de J. A. Redmerski conseguiu me surpreender mais uma vez e me deixar boquiaberta com o desdobramento da história. A capa segue o mesmo padrão das anteriores, nos trazendo um homem vestido de terno e gravata e sujo de sangue e confeccionada em um material estilo "casca de ovo" e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺


Confiram as resenhas dos volumes anteriores da série Na Companhia de Assassinos:

►A MORTE DE SARAI
►O RETORNO DE IZABEL

11 comentários:

  1. Oi Nessa
    Gosto deste tipo de livro mistério e suspense psicológico e este parece ser bom.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Essa série parece ser muito boa, tenho vontade de ler ela! Gosto bastante de livros com mistério...

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio literário

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha visto a capa desse livro antes, mas é a primeira resenha dele que leio. Eu amo um final surpreendente, e esse tem um enredo de tirar o fôlego. A única coisa que me desanimou foi o triângulo amoroso. Ai, detesto, sempre passo raiva, rsrs....

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  4. oi Nessa, essa série em si não me atrai pelo tema que aborda em seus livros, mas agradeço pela dica
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    Eu confesso que a sinopse me atrai, porém minha experiência com a autora não foi muito boa.
    Acho ela um pouco repetitiva, então tenho medo de pegar uma série dela para ler.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie Nessa =)

    Esse livro destruí meu coração. Como o Fredrik sofre (...) e o modo como a autora finalizou o livro deixou meu coração realmente em pedaços.

    Espero que o personagem encontre algum tipo de redenção nos próximos livros da série. Por que ele merece encontrar a felicidade, mesmo sendo meio perturbado pelos fantasmas do passado.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    conhecia o livro pela capa, mas confesso que ele não me chama atenção.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    Canal no youtube

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nessa!
    O livro parece bem legal, mas confesso que não estou no clima pra esse tipo de romance. Tudo tem parecido muito forçado pra mim hehehe
    Adorei a resenha!
    Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa! Eu tenho curiosidade em relação essa série, acho que a mescla de romance erótico e suspense bem intrigante. Espero conferir em breve!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa, tudo bem?
    Essa série é muito elogiada e tem elementos bacanas como ação e suspense. Contudo, por algum motivo, não me sinto atraída por ela. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  11. Olá Nessa,

    Parabéns pela resenha, mas confesso que não me despertou interesse....abraço.



    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir