15/02/2017

Resenha: Uma Questão de Confiança - Louise Millar

Título original: The playdate
Gênero: Suspense psicológico
Páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Classificação: 3/5
Comprar: Submarino
O livro Uma Questão de Confiança, da autora Louise Millar, nos traz um suspense envolvendo uma mãe solteira, sua filha e a vizinhança que as cerca. Apesar de ter uma sinopse atrativa à primeira vista, o livro deixou a desejar em alguns pontos, principalmente no que concerne a construção de seus personagens. O enredo, apesar de ter um mote interessante, poderia ter sido um pouco mais desenvolvido e sintetizado em alguns aspectos.

Em um subúrbio pacífico de Londres, várias mães se ajudam entre si, compartilhando amizade, favores e claro, as velhas e boas fofocas. Porém, nem todas elas são confiáveis e algumas parecem manter trancados segredos obscuros à sete chaves.

Quando Callie se muda para o novo bairro,  acredita que a adaptação ao local será fácil. Porém, os pais e as mães a tratam com certa hostilidade e até sua filha, Rae, sente na própria pele a rejeição dos colegas de escola. A única família que lhe estendeu a mão é a de Suzy, que conta com seu marido rico e os três filhos. No entanto, após alguns anos, a amizade entre Callie e Suzy começa a ficar tensa, principalmente quando Rae sofre um acidente e a polícia paira pelas redondezas.

Callie e Rae não sabem o que devem esperar com todos esses acontecimentos e muito menos imaginam em que devem confiar. Em meio as minúsculas casas do bucólico bairro se escondem segredos e mentiras devastadores e cruéis...

Uma Questão de Confiança é o tipo de livro que te chama a atenção pela sinopse instigante e intrincada por mistérios e segredos, mas, no entanto, ao iniciar a leitura logo percebemos pequenas falhas na elaboração da história. Em alguns momentos, o enredo se torna um pouco lento e carente de adrenalina e os personagens não se mostraram tão bem construídos quanto eu gostaria, sendo extremamente fácil numerá-los dentro da trama e identificar seus aspectos principais. Narrado em primeira e terceira pessoa sob os pontos de vista de Callie, Suzy e de Debs - uma das vizinhas que permeiam o enredo de Louise Millar -, o livro possui seus atrativos, mas poderia ter sido um pouco mais desenvolvido.

Callie é uma mãe solteira que luta para cuidar de sua filha e de certa forma tentar buscar sua independência. Como não conhece ninguém e é tratada com apatia pelos vizinhos, resolve se isolar com Rae até que Suzy aparece em sua vida. Apesar de ser mãe de três filhos em período integral, a veterana vizinha se mostra extremamente disponível e oferece sua ajuda sempre que pode. Callie foi uma personagem da qual não consegui me afeiçoar e acredito que o motivo disso tenha sido sua desconstrução dentro da história, trocando sua posição de vítima para precursora da situação.

Suzy, por sua vez, tem uma faceta interessante. Ela é o retrato quase que palpável da rejeição e da dor e por mais que não apoiasse boa parte de suas atitudes, reconheço que se tratam de frutos de muito sofrimento e retaliação. Apesar do jeito soturno e até mesmo doentio de Debs, gostei dos princípios adotados pela personagem e sobretudo da sua coragem e determinação que surgiram nos momentos oportunos.

Em suma, Uma Questão de Confiança nos traz um suspense que explora a vida cotidiana, mas que infelizmente não se mostrou tão intrigante quanto a sinopse prometia. A escrita de Louise Millar é bem clara e objetiva, porém faltou desenvolvimento em alguns momentos e também um aprofundamento maior no que concerne as características e papéis dos personagens no contexto da história. A capa é muito bonita e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Apesar das ressalvas, não deixo de recomendar.

Confira o booktrailer de Uma Questão de Confiança:



12 comentários:

  1. eu não estava muito curiosa por esse livro assim de cara, mas sua resenha mostrou uma outra face dele, mais intrigante e mais acelerada!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa
    Sempre fiquei curiosa por este livro, tem um enredo instigante e curioso.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Nessa,

    Parabéns pela resenha, esse livro está na minha lista de espera, super curioso....abraço.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie...não sei porque mas nunca despertei muito interesse por esse livro. A história parece ser meio água com açúcar. Mas a sua resenha ficou muito bem escrita.
    Bjss

    http://www.livrosemarshmallows.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi nessa! Puxa, a sinopse realmente promete uma boa história, que pena não é tão bom assim, mas acontece, com frequencia aliás hehehehhehe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oie Nessa =)

    Apesar da sua ótima resenha, esse é um livro que infelizmente nunca chamou a minha atenção.Fico feliz em saber que apesar dos detalhes que possam ter te incomodado durante a leitura, você curtiu o livro.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa,
    Nem imaginava que esse livro tinha um lado de suspense.
    A capa me passava ser um super drama. Acho que tenho ele por aqui.

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa,
    Já vi esse livro em promoção nos sites literários, mas nunca chamou minha atenção. Acho que fiz uma boa escolha em priorizar outras leituras, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiii Nessa

    Jurava que esse livro era romance puro, estilo romance florzinha, gostei de saber que tem um lado mais misterioso... Uma pena que o autor não soube desenvolver bem esse suspense, poderia ter sido bem legal se tivesse sido bem aproveitado.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oii Nessa!
    Eu tenho esse livro já faz um tempão encostado aqui na minha estante e nunca tive muita vontade de ler... Eu adorei a sua resenha e uma pena a obra ter algumas falhas na história e os personagens não serem tão bem construídos.

    Beijinhos

    Lylu - Menina Lylu

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    É muito chato quando um livro acaba nos decepcionando um pouco, principalmente quando a hist tinha tudo para ser "perfeita".
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  12. Oi, Nessa!
    Tenho esse livro mas nunca me interessei em lê-lo, uma pena ele não ter atingido suas expectativas.

    Beijos!
    Eli – Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir