15/03/2017

Resenha: Ligeiramente Pecaminosos - Mary Balogh

Título original: Slightly Sinful
Gênero: Romance de Época
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em Ligeiramente Pecaminosos, quinto volume da série Os Bedwyns, de Mary Balogh, conhecemos a história de Alleyne e Rachel. Repleta de perigos, artimanhas e muita sedução, o livro conseguiu me conquistar e trazer uma história bem articulada, envolvente e deveras apaixonante.

Durante a Batalha de Waterloo, o lorde Alleyne Bedwyn é ferido gravemente e dado como morto para a família. Porém, ao acordar, ele se vê num quarto de bordel, sem ter lembrança alguma de quem ele seja ou de como foi parar ali. A única certeza que o acompanha dia e noite é o desejo de conquistar o coração do nobre anjo que cuida dele diariamente.

Entretanto, assim como ele, Rachel York não é quem parece ser. Depois de amargar uma situação difícil que a obrigou a viver em um prostíbulo, a bela e sagaz moça precisa recuperar seu dinheiro e as economias de suas amigas prostitutas que foram roubadas maquiavelicamente por um falso clérigo. E, para completar a situação, o belo e robusto soldado de quem vem cuidando parece ser o homem ideal para se passar por seu marido e auxiliá-la no ousado e audacioso plano.

Mesmo tendo perdido toda e completamente a memória, Alleyne não perdeu o charme e a sedução que sempre esbanjou e quando retorna à Londres, se envolve em um escândalo completamente pecaminoso com Rachel, esquecendo que o relacionamento dos dois não passa de uma simples farsa e vivenciando uma tórrida e esfuziante paixão...

Ligeiramente Pecaminosos se mostrou um livro sensual e envolvente e ao contrário de outros romances de época, inicia a sua história em um cenário doloroso e devastado cruelmente pela guerra, mais precisamente pela Batalha de Waterloo. O encontro entre Alleyne e Rachel é extremamente inusitado e tem ares bem atrativos logo de início, nos trazendo um romance sólido, bem articulado e incrivelmente sensual. Narrado em terceira pessoa de uma forma bastante refinada e fluente, o livro nos trouxe um enredo encantador, envolvente e repleto de humor.

Alleyne é um dos membros mais despojados e simpáticos dos Bedwyns e acompanhar sua história foi algo delicioso e prazeroso. Após os últimos acontecimentos narrados em Ligeiramente Seduzidos, em que ele vai até à Bruxelas com Morgan, a caçula da família e é atingido por um tiro durante a Batalha de Waterloo - caindo do cavalo e batendo fortemente a cabeça, lhe causando a perda de memória - Alleyne passa por muitas peripécias e uma delas é achar que está no paraíso ao acordar em um bordel rodeado por prostitutas. Ele logo se encanta por Rachel e acredita que a moça também venda o corpo para sobreviver, fato este que ela não desmente. Entre olhares e trocas de carinhos, os dois acabam pouco a pouco se apaixonando e levando o seu falso romance para um patamar mais elevado.

"Ela parecia de fato a inocente que fingia ser e ele se sentiu ligeiramente pecaminoso por desejá-la de maneira tão desesperada."

Rachel é uma mulher forte, corajosa e que carrega uma bagagem emocional vasta apesar da pouca idade. Órfã de mãe e criada à mercê de um pai viciado em jogos - o que lhe propiciou uma infância cheia de altos e baixos -,  a jovem acabou de passar por uma forte desilusão, deixando todo o seu dinheiro com o então noivo, que se tratava de um falso clérigo e persuadindo suas amigas a fazerem o mesmo com suas economias, visto que elas seriam "confiavelmente" depositadas em uma conta segura. Carregando o peso de ter se enganado brutalmente e levado suas amigas a fazerem o mesmo, Rachel tenta de tudo para desfazer ou ao menos amenizar o mal que acredita ter causado e não pensa duas vezes quando uma de suas amigas do bordel a convence a tentar saquear os corpos dos soldados mortos na Batalha de Waterloo. Quando ela vai até o campo de guerra, se depara com Alleyne completamente nu e desfalecido e resolve dar abrigo para o rapaz no bordel. O romance entre os dois vai acontecendo de forma uniforme e equilibrada, mas alcança altos ápices, se mostrando extremamente sensual e irresistível.

"Quando amamos alguém, não vemos mais essa pessoa objetivamente. Nós a vemos com o coração."

Em suma, Ligeiramente Pecaminosos se mostrou um livro exuberante e bem escrito, com um romance arrebatador e incrivelmente articulado. Seus personagens são carismáticos e possuem doses elevadas de humor, tornando a trama convidativa e divertida. A capa é belíssima e segue o mesmo padrão das anteriores e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

Confiram as resenhas dos volumes anteriores da série Os Bedwyns:

►LIGEIRAMENTE CASADOS
►LIGEIRAMENTE MALICIOSOS
►LIGEIRAMENTE ESCANDALOSOS
►LIGEIRAMENTE SEDUZIDOS

10 comentários:

  1. Oi, Vanessa!
    Tenho muita vontade de ler essas séries, mas são tantos livros na estante que acabo enrolando. Gostei muito da resenha, esse parece ser um ótimo livro, fico feliz em saber que te agradou.

    Obrigada pelo carinho. Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa, tudo bem? Eu adoro a Mary Balogh, acho a narrativa dela incrível! Gostei bastante desse volume, principalmente das quatro amigas da Rachel, elas são bem engraçadas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. alleyne é o meu queridinho até agora, apesar de não ser o meu favorito da séria, pois Morgan é muito arrasadora tanto como personagem como em sua história, Alleyne e Rachel me conquistaram de cara pela quebra de tabus, pela mescla do real e ficcional, pelo romance no ar, pelas partes mais divertidas com o humor de Balogh, foi um ótimo livro
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    comecei a ler a série, mas confesso que desisti.
    Gostei da resenha, mas ainda estou com um pé atrás com ele.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    Canal no youtube

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa
    primeiramente feliz Aniversário, que você consiga realizar todos os teus sonhos, adoro seu blog e vc é uma querida.

    Sobre o livro, preciso com urgência ler esta série, uma das unicas de romance que ainda não li.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nessa!
    Eu amei tanto esse livro, o protagonista é tão divertido! <3
    A autora sempre nos envolvendo com a sua escrita!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gosto bastante dos romances de época da arqueiro e esse já está na lista há algum tempo. Espero poder comprá-lo logo! =D

    Abraço!
    http://entremundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa!
    Eu quero muito ler essa série, eu e minha mãe, na verdade, rs.
    Vejo muitos elogios e sou fã de romances de época.
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Aii deve ser um romance sensacional! Eu queria muito ler, mas embarcar em uma série agora nao é o caso. Acho que essas cenas da guerra devem ser bem emocionantes.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa, tudo bem?
    Gostei da resenha! Leio muitos elogios a essa série, mas ando com um pouco de preguiça de encarar uma série de romance de época mais longa.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir