11/03/2017

Resenha: Os Tambores do Outono Parte 1 - Diana Gabaldon

Título original: Drums of autumn
Gênero: Romance histórico
Páginas: 576
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em Os Tambores de Outono Parte 1, primeira parte do quarto volume da série Outlander, de Diana Gabaldon, acompanhamos as aventuras de Claire e Jamie na América e temos em paralelo a história de Brianna e Roger que se desenrola no final da década de 60. Ao contrário do volume anterior, desta vez não nos deparamos com muitas surpresas e novidades, apesar da trama alcançar um novo ápice com as participações ativas de Brianna e Roger. Senti que neste livro o objetivo de Diana foi introduzir novos personagens na história e nos narrar alguns detalhes sobre a América colonial, principalmente no que se refere à escravidão.

Após tomar a árdua decisão de deixar a filha no século XX e viajar no tempo para reencontrar Jamie, o seu grande amor, Claire Randall se depara com mais um desafio: estabelecer raízes na América colonial do século XVIII ao lado do seu amado guerreiro escocês. O casal parte rumo à Carolina do Norte para firmar o seu novo lar e contam com a ajuda de Jocasta Cameron, tia de Jamie e dona de uma grande propriedade na região.


Em 1969. Brianna Randall se une ao jovem professor de história Roger Wakefield - descendente do clã Mackenzie - com o objetivo de encontrar respostas sobre sua origem e informações sobre Jamie Fraser, o pai biológico que a moça nunca conheceu.

Em meio às buscas, eles descobrem vestígios sobre um incêndio envolvendo os pais de Brianna. Roger sabe que não pode lhe contar isso, pois ela faria de tudo para evitar o desastre, retornando até mesmo no tempo para salvá-los. Porém, Brianna também tem ciência de tal descoberta e resolve não compartilhá-la, pois sabe que o historiador tentaria impedi-la de todos os modos possíveis.

Os Tambores de Outono Parte 1 se mostrou um livro interessante, enérgico e norteado de intrigas e detalhes históricos. Apesar de não nos trazer tantas novidades e surpresas quanto no volume anterior, acompanhamos mais uma vez toda a força e o fulgor do amor de Claire e Jamie e a luta implacável e corajosa da filha do casal com o objetivo de mudar o destino e salvá-los. Narrado em primeira e terceira pessoa por Claire, a história conta com um embasamento histórico rico e detalhado e mostra toda a força e a desenvoltura de seus personagens.

Claire continua sendo uma mulher forte, guerreira e corajosa. Sua destreza e senso de justiça se aguçam cada vez mais e é muito gratificante acompanhar toda a sua importância e papel na trama de Outlander. Seu romance com Jamie acontece a todo vapor e fiquei encantada ao presenciar a personagem declamando literatura inglesa para o seu amado, especialmente Shelley. Brianna mostrou que o sangue que corre em suas veias é realmente de um highlander e não poupa esforços na tentativa de proteger os seus pais, se delineando uma jovem determinada e cheia de confiança. Seu romance com Roger é dotado de uma beleza peculiar e gostei de acompanhar a química do casal.

"Os fantasmas passam por nós e através de nós o tempo todo, escondendo-se no futuro. Ao olharmos no espelho, vemos a sombra de outros rostos olhando para trás no decorrer dos anos; vemos a silhueta da lembrança, sólida numa entrada vazia. Por sangue e por escolha, criamos nossos fantasmas; nós nos assombramos."

Jamie nos agracia com a sua imagem de guerreiro forte e implacável e com todo o seu amor e cuidado para com Claire. Ele enfrenta tudo e a todos para proteger sua amada, com uma força voraz e muita determinação. A estadia na América colonial e os seus costumes não se mostram nada fáceis para ele, mas com a ajuda de sua tia Jocasta Cameron, ele consegue se estabelecer e conhecer um pouco mais sobre o mundo americano, além de se horrorizar com a cruel e implacável escravidão. Roger surge de forma tímida na história, mas é visível todo o amor e afeto que ele sente por Brianna. Sua inteligência e perspicácia o levam longe e acredito que nos próximos volumes teremos muitas surpresas emocionantes envolvendo este personagem.

"Você é minha coragem, assim como eu sou sua consciência. Você é meu coração, e eu, sua compaixão. Sozinhos, não somos inteiros."

Em suma, Os Tambores de Outono Parte 1 nos apresenta um apanhado histórico rico e detalhado, além de ter introduzido com destreza Brianna e Roger na história e pincelado a importância dos dois no desfecho da saga. Os personagens continuam vibrantes e cativantes e Jamie - apesar de ter me decepcionado um pouco com suas atitudes e decisões no volume anterior -, se mostra cada vez mais irresistível e apaixonante. A capa é muito bonita e segue o mesmo padrão das anteriores e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺

Confiram as resenhas dos volumes anteriores de Outlander:

►A VIAJANTE DO TEMPO
►A LIBÉLULA NO ÂMBAR
►O RESGATE NO MAR PARTE 1
►O RESGATE NO MAR PARTE 2

10 comentários:

  1. eu ainda não li nenhum dos livros que compõe a série, Nessa, mas confesso que tenho curiosidade, o enredo geral me agrada
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa! Eu ainda não acompanho essa série de livros e nem a de TV, mas uma colaboradora do blog ama de paixão. Acho fascinante essa história de viajar no tempo e ainda vou conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    poxa, ainda não comecei a ler esta série, mas vejo muita gente falando muito bem dela.
    Comecei a assistir na netflix, mas agora não tem mais :(

    bjs
    Blog Vanessa Sueroz
    Canal no youtube

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa
    Que saudades me deu do Jamie, amo esta série. Preciso com urgência me organizar para ler o restante da série, li o segundo livro, me falta todo resto hehehehe.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Parece um livro muito intenso!!! Queria muito ler a série ;D

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie Nessa =)

    Eis uma série que preciso dar continuidade. Parei no segundo livro e não li mais nada. Preciso ver isso urgentemente.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  7. Oie Nessa,
    Confesso que só passei os olhos por cima da sua resenha rsrsrs pois ainda não iniciei essa série. Acreditas que tenho o primeiro livro em casa? Mas o tamanho dele ainda me intimida. Quem sabe eu leia após o TCC.
    Bjs
    Amanda Nery
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa, tudo bem?
    Adorei a dica! Eu não tive coragem de ler Outlander ainda, sinto que vou levar 20 anos pra terminar hahaha! Mas adoro a série. <3
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa,
    Assisti um epi da série e até fiquei interessada nos livros.
    O que me assusta é essa grossura sos haha espero curti-los!

    tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Oi Nessa!
    Sou apaixonada por Outlander <3
    Quando vi essa resenha meu coração já acelerou.
    Beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir