01/07/2017

Resenha: A Cruz de Fogo Parte 1 - Diana Gabaldon

Título original: The fiery cross
Gênero: Romance histórico
Páginas: 720
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em A Cruz de Fogo Parte 1, primeira parte do quinto volume de Outlander, de Diana Gabaldon, acompanhamos as novas aventuras de Claire, Jamie, Brianna e Roger no século XVIII. Em vista do livro anterior, senti que a história se tornou mais encorpada e gostei das participações ativas de Claire e Jamie na trama. Brianna e Roger ainda não conseguiram me encantar como eu gostaria, mas acompanhar a adaptação de dois jovens do século XX transportados para o século XVIII se mostrou bastante corajosa e inteligente e, em alguns momentos, um pouco irônica.

Na Carolina do Norte de 1771, um frágil e tênue equilíbrio se mantém entre a aristocracia colonial e os esforçados pioneiros. Porém, esses dois lados estão prestes a entrar em conflito e interligado à eles se encontra Jamie Fraser, um guerreiro corajoso e honrado que se encontra exilado da sua amada Escócia. Intimado a liderar uma milícia com o propósito de conter possíveis insurgências, ele sabe que se quebrar o juramento feito à Coroa inglesa se transformará em um traidor, mas nas profundezas de seu coração têm a certeza de que se manter o pacto de outrora, acabará em ruína.

Com o vasto conhecimento que possui, Claire Randall confirma para seu esposo que a guerra irá eclodir. Mesmo não querendo acreditar neste trágico futuro, Jamie sabe que não pode ignorar as informações de uma viajante do tempo, afinal as visões de Claire já o colocaram em risco, mas também já salvaram inúmeras vezes sua vida...

A Cruz de Fogo Parte 1 se mostrou uma história envolvente, majestosa e com um embasamento histórico rico e bem orquestrado. É evidente que em vista do volume anterior, a trama se tornou mais vigorosa e atrativa e arrisco dizer que graças às participações mais ativas e empoderadas de Claire e Jamie no enredo. Jamie se torna um líder responsável e voraz, fazendo o melhor para proteger sua família e comunidade, enquanto tenta manter suas terras à salvo nas vésperas de uma terrível batalha épica. Durante essa  sua jornada de esforço e precisão, ele conta com a ajuda de sua sábia esposa Claire, de sua filha Brianna e também de seu genro, Roger MacKenzie. Narrado em primeira e terceira pessoa. o enredo se mostrou extremamente convidativo e atrativo, com uma escrita primorosa e uma riqueza de detalhes históricos surpreendentes.

Claire mantém a mesma suave sabedoria de outrora e um espírito extremamente benevolente. Dia após dia, ela busca auxiliar todos ao seu redor, sempre de maneira resoluta e prática, fazendo o melhor pela sua comunidade ao lado do marido. Acompanhá-la como avó foi muito gratificante, bem como desfrutar dos seus sábios conselhos para a filha Brianna. Brianna, por sua vez, ainda não perdeu muito da sua personalidade bipolar, mas a maternidade lhe despertou alguns talentos e qualidades até então admiráveis.

"Sobrevivi à guerra e perdi muito. Sei pelo que vale e pelo que não vale a pena lutar. A honra e a coragem estão entranhadas em nossos ossos, e aquilo por que um homem mata é também, por vezes, aquilo pelo que morre. E por isso, ó homem, as mulheres têm ancas largas: aquele mesmo abrigo ósseo será lugar tanto do homem quanto do filho que ele gera. A vida de um homem surge dos ossos de uma mulher, e no sangue dela a honra dele é batizada. Só pelo amor eu voltaria a atravessar o fogo."

O espírito destemido de um guerreiro valente e honrado está cada vez mais aflorado em Jamie, mesmo já sendo pai e avô, afinal, quem é rei nunca perde a majestade. Ele se encontra entre a cruz e a espada, mas decide agir com sabedoria e prudência graças aos sábios conselhos da esposa. Tal como o vinho - quanto mais velho, melhor -, Jamie exala muita sensualidade e paixão, mesmo já não sendo mais um garoto e protagoniza cenas evocativas e impecavelmente charmosas ao lado de Claire. Roger vai sendo lapidado pouco a pouco pelas circunstâncias e mesmo não sendo aquele personagem marcante e vigoroso, é um homem honrado e que trata Brianna com bastante amor e afeto.

Em suma, A Cruz de Fogo Parte 1 trouxe novo fôlego e vigor para Outlander e enalteceu ainda mais as presenças de Claire e Jamie no enredo, além de nos agraciar com uma história sobre lealdade e paixão. Mais uma vez, Diana Gabaldon soube trabalhar o pano de fundo histórico da trama com maestria e afinco, além de torná-lo envolvente e absolutamente viciante - apesar das mais de setecentas páginas do livro. A capa é muito bonita e segue o mesmo padrão das anteriores, com uma bela árvore ao fundo e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo ☺

Confiram as resenhas dos volumes anteriores de Outlander:

►A VIAJANTE DO TEMPO
►A LIBÉLULA NO ÂMBAR
►O RESGATE NO MAR PARTE 1
►O RESGATE NO MAR PARTE 2
►OS TAMBORES DE OUTONO PARTE 1
►OS TAMBORES DE OUTONO PARTE 2


8 comentários:

  1. Oi, Vanessa! Eu tenho muita vontade de ler esse livro e parece ser uma leitura desafiadora pela quantidade de páginas. Mas acima disso está a proposta do enredo, uma mulher viajante do tempo e que formou uma família com alguém de outro século. Ansiosa para ter os livros e assistir a série. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa!
    Esse, para mim, foi um livro de promessas.
    Estou aguardando ansiosamente o preço do Parte 2 abaixar um pouquinho para conseguir comprá-lo.
    Quero muuuuito ler!!!!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanessa,
    Que bom que Claire e Jamie tiveram um maior destaque nesse livro e com isso a trama ganhou um ritmo mais interessante. Ótima resenha!!

    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. é bom saber que tem gostado, Nessa, realmente a trama é bem envolvente e a série tem milhares de fãs!
    em algum momento lerei!!!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa, tudo bem?
    Fico impressionada como essa série ganha elogios e mais elogios a cada (enorme) volume haha! Um dia vou ler. =)
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa, tudo bem?
    Acredita que ainda não li nada dessa série!? Preciso começar urgente haha
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Essa série parece ser muito boa. Adorei sua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  8. Oi!

    Eu sempre estou de olho nessa série mas acabo não comprando haha. Vou dar um jeito de ler ele.
    Ah, eu adorei a resenha!

    Beijos.
    Perdida em Livros

    ResponderExcluir