13/07/2017

Resenha: O Perfume da Folha de Chá - Dinah Jefferies

Título original: The Tea Planter's Wife
Gênero: Romance histórico
Páginas: 432
Editora: Paralela
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro O Perfume da Folha de Chá, da autora Dinah Jefferies, nos traz um  romance da década de 20 permeado por erros e acertos e com um clima de suspense magistral. Seus personagens são complexos e intrinsecamente humanos e a trama foi elaborada com maestria e uma riqueza de detalhes surpreendentes.

Em 1925, a jovem Gwendolyn Hooper deixa a Escócia de navio rumo ao Ceilão (atual Sri Lanka), onde irá morar com seu marido do outro lado do mundo. Apaixonados e recém-casados, eles são o retrato fiel de um verdadeiro casal da aristocracia: uma belíssima dama britânica e o dono de uma das fazendas de chá mais prósperas do Império.


Porém, ao chegar na mansão da família Hooper, nada é como Gwen imaginava: os funcionários são calados e raivosos e os vizinhos bastante perniciosos. E Laurence, seu marido, é um homem afetuoso que guarda segredos sombrios do passado e evitar falar a respeito. Quando se descobre grávida, Gwen se sente pela primeira vez feliz desde que chegou ao Ceilão. Porém, no momento do parto, algo se revela e ela se vê obrigada a guardar um segredo cruel e dilacerante, capaz de desmoronar toda a sua família.

O Perfume da Folha de Chá nos traz um romance bem elaborado e com personagens fortes, humanos e dotados de qualidades e defeitos. O pano de fundo da trama é quase que palpável devido a tamanha riqueza de detalhes que a autora dotou o enredo e encanta com todas as suas cores, aromas e sensações. Narrado em terceira pessoa de uma forma bastante envolvente e por vezes angustiante, O Perfume da Folha de Chá se mostrou um drama familiar comovente e recheado de amor - principalmente o materno.

Gwen se apaixonou por Laurence desde o primeiro dia em que o viu e o seu casamento com o proprietário de uma rica e iminente fazenda de chá se tornou um dos momentos mais felizes e marcantes de sua vida. Para viver ao lado do homem que ama, ela decide deixar a Escócia e acompanhar o seu esposo rumo ao Ceilão, pois sabe que o coração de seu amado repousa na fazenda de chá. Chegando no novo país, logo Gwen estranha os costumes e as tensões sociais vividas no Ceilão. A alta sociedade - aparentemente acolhedora - se mostra soberba, fútil e extremamente interesseira e os conflitos entre os trabalhadores da lavoura e os senhores de terra se revelam cada vez mais vorazes e violentos. Como se não bastasse tanta estranheza, os empregados da fazenda ostentam ares taciturnos e até mesmo Laurence adquire um comportamento controverso do homem que ela sempre julgou conhecer. Gwen começa a se sentir cada vez mais solitária na bela mansão e juntando algumas pistas sobre o primeiro casamento de seu marido descobre um baú empoeirado repleto de vestidos e um pequeno túmulo no jardim da família. Intrigada com os fragmentos daquele que pode ser um segredo tenebroso de Laurence, Gwen engravida, mas não imagina que está à mercê de uma escolha dilacerante que irá lhe atormentar pro resto da vida. Gostei da força e da temperança da personagem e apesar dela ter feito uma escolha difícil  - e até mesmo um pouco polêmica - é perfeitamente possível compreendê-la, visto que na década de 20 vivíamos em uma sociedade completamente diferente da atual e permeada por regras e conceitos um tanto puritanos quanto preconceituosos. O sentimento de culpa e remorso que a personagem carrega é visceral, salientando toda a sua humanidade e lado materno e o seu romance com Laurence é maduro e vai se descortinando pouco a pouco, à medida que os segredos vão emergindo na trama.


"Nada teria sido capaz de prepará-la para o choque do calor do Ceilão, nem para as cores marcantes, nem para o contraste entre a fortíssima luz do sol e a escuridão profunda das sombras."

Laurence é  um homem atormentado pelo passado e surge na trama como uma verdadeira incógnita para o leitor. Por mais que ele seja carinhoso e atencioso com Gwen em alguns momentos, é perceptível que ele não tem paz consigo mesmo e isso acabou me assombrando até os capítulos finais, visto que a postura dele era no mínimo duvidosa. Verity, sua irmã, não chega a ser propriamente uma vilã, mas manteve um comportamento detestável na trama e achei a permissividade do irmão com ela intolerável e indigesta.

"Sabia muito bem que a culpa era capaz de consumir uma pessoa por dentro, e que era uma presença persistente, invisível a princípio, mas que ia crescendo até ganhar vida própria."

Em síntese, O Perfume da Folha de Chá se mostrou um romance intrigante e repleto de reviravoltas e segredos obscuros. Seus personagens são bem complexos e controversos e isso colaborou para tornar a trama ainda mais enigmática e envolvente, sem contar o clima de suspense magistralmente arquitetado ao enredo. A capa é belíssima e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

7 comentários:

  1. esse livro tem me intrigado, eu gostei da trama e de seus segredos, por isso creio que leria sim
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa, tudo bem? Uma amiga leu lá no blog e pela resenha dela e a sua realmente parece um romance com personagens bem trabalhados, o enredo cheio de reviravoltas me chama atenção, adoro quando essas coisas acontecem. E parece ser tb um livro bem maduro com uma boa trama. Quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa,
    Minha mãe está lendo esse livro agorinha, já quero conferir a obra também!
    Beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Nessa, tudo bem?

    Gosto demais dessa capa e estava curioso em relação a história, sua resenha tirou minhas dúvidas, vai para a lista.

    Abraço.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nessa!
    Esse livro faz o meu gênero, sem gostar que possui suspense e reviravoltas coisas que amo em uma boa leitura.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi! Estou muito ansiosa para ler esse livro, um romance de época recheado de mistérios e questões sociais. Bjos ❤

    Oi! Alguns lançamentos me chamou a atenção, os livros plano vermelho, em busca de abrigo e amor & gelato. Dica anotada! Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa, tudo bem?
    Adorei a dica! Parece mesmo um romance cheio de nuances e segredos. Fiquei bem curiosa pra saber o que o marido da protagonista esconde.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir